Quinta-Feira, 20 de Agosto de 2015, 08h45
ATÉ QUE ENFIM
Viaduto da Sefaz já está liberado para tráfego

Da Redação

SEFAZ-LIBERADO.jpg

 

O tráfego sobre o viaduto Jamil Boutros Nadaf, conhecido como viaduto da Sefaz, foi liberado na manhã desta quinta-feira (20.08). A reabertura do elevado foi confirmada na tarde de quarta-feira (19.08), após conclusão do relatório realizado pelo setor de fiscalização da Secretaria de Estado das Cidades (Secid). Para orientar os motoristas, a Secretaria de Mobilidade Urbana de Cuiabá estará no local no período da manhã. 

Conforme o levantamento, os problemas que haviam sido apontados em avaliação técnica da empresa LSE Laboratório de Sistemas Estruturais foram corrigidos e atestados durante a última vistoria, realizada em 17 de agosto. A obra, que faz parte do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), é de responsabilidade do Consórcio VLT. Os reparos estruturais não tiveram custo para o governo estadual. 

Com 278 metros de comprimento, o viaduto precisou passar por reparos após confirmação de problemas estruturais. Os defeitos foram verificados em agosto de 2014, seis meses após o tráfego ter sido liberado para a população. Na época, o elevado foi interditado e permaneceu desta maneira até fevereiro deste ano, quando foram iniciadas as intervenções. 

Conforme cronograma inicial apresentado pelo Consócio VLT, o viaduto deveria ter sido liberado no dia 30 de julho. O fato é que a obra ainda contava com defeitos, que foram apontados durante avaliação da LSE. Devido aos problemas, o elevado permaneceu fechado. 

Para sanar as patologias, a Secid solicitou novo cronograma de obras, que tinha como prazo final o dia 21 de agosto. Com a conclusão antecipada dos serviços e o resultado da fiscalização, a liberação do tráfego foi autorizada para esta quinta-feira. Com a reabertura da pista elevada, os motoristas terão mais uma opção de retorno para o centro de Cuiabá e também para acessar o Centro Político Administrativo. 

“Não liberamos o viaduto em julho, como havia sido previsto, pois não tinha qualidade suficiente para ser entregue à população. Vamos continuar trabalhando desta mesma maneira em todas as obras do Estado. Nenhuma estrutura será liberada se não estiver 100% executada e com qualidade”, reforçou o secretário de Estado das Cidades, Eduardo Chiletto. 


Fonte: FOLHAMAX
Visite o website: https://www.folhamax.com/