Terça-Feira, 01 de Setembro de 2015, 15h13
Dentistas de Cuiabá buscam apoio para nomeação de concursados

Da Redação

 

Com o apoio do vereador Paulo Araújo (PSD), uma comissão representante dos cirurgiões dentistas aprovados no concurso público de 2012, mas que inda não tomaram posse, utilizou a tribuna na Câmara Municipal de Cuiabá nesta terça-feira (1º de setembro) para cobrar da Prefeitura da Capital o chamamento dos classificados no certame.

A pedido do vereador, o plenário abriu espaço para a presidente do Sindicato dos Odontologistas de Mato Grosso (Sinodonto), Juliane Antunes Maciel, se pronunciar numa tribuna livre e expor a reivindicação da categoria. Ela destacou que a Prefeitura firmou compromisso de chamar todos os 116 aprovados de forma escalonada. No entanto, os 39 profissionais que precisam ser empossados ainda neste ano não têm qualquer informação sobre a data em que serão chamados.

Para 2016, outros 38 classificados aguardam para serem empossados. O prazo do certame, que já foi prorrogado, expira em 11 de março do próximo ano. O Sinodonto demonstra preocupação com a demora pois teme  que no ano que vem não haja tempo hábil para chamamento.

“Viemos aqui pedir a sensibilização e apoio dos vereadores para o chamamento dos dentistas classificados. Aqui nesta Casa o sindicato pediu a criação de 116 vagas que foram criadas por unanimidade. Foram divididas 39 para posse em 2014, este ano mais 39 e outros 38 em 2016. Ano passado conseguimos empossar todos, este ano marcamos várias reuniões com a gestão, tivemos apoio de alguns parlamentares, mas já estamos em setembro e infelizmente até agora nenhum classificado foi chamado”, relatou.

A diretoria do Sinodonto se reuniu com o secretário de saúde, Ary Soares,  há um mês e ele garantiu que irá  chamar todos os classificados. “Mas já se passaram 30 dias e não tivemos nenhuma resposta. Precisamos de uma data, afinal a saúde está morrendo. Fomos referência no país com a odontologia e hoje estamos quase em último lugar”, lamentou a sindicalista, explicando que em todas as clínicas odontológicas do município faltam profissionais para atender a população.

A profissional explicou que o resultado disso são filas intermináveis nas portas dos centros odontológicos e pessoas que dormem no local em busca de atendimento.

"O sindicato pede apoio e sensibilização para que sejam chamados.  Que deem qualidade de saúde bucal para a população cuiabana. Não tem coisa pior do que uma pessoa sem sorriso”, lamentou.

Paulo Araújo ressaltou que o chamamento dos aprovados no concurso não o gera aumento de custos ao município, pois os concursados vão  na verdade substituir profissionais contratados há vários anos para a prestação dos serviços. 

“Sabemos que é necessário concurso público para esse tipo de prestação de serviços. Pedimos apoio para o chamamento imediato dos concursados. O secretário se manifestou favorável, mas gera incerteza no setor, pois cria-se expectativa e os profissionais ficam aguardando sem prazo para chamamento. “Esperamos que seja dado prazo para o chamamento dos odontólogos”, ressaltou o parlamentar. 

 


Fonte: FOLHAMAX
Visite o website: https://www.folhamax.com/