Sexta-Feira, 09 de Maio de 2014, 20h48
ENCONTRO NO ARAGUAIA
DEM cobra respeito do PDT e lança Jaime ao Governo de MT
Partido se revolta com aproximação de Taques com PR e aposta em terceira via

CLÁUDIO MORAES
Enviado ao Barra do Garças

\"dem-barra.jpg\"

 

Em encontro regional do DEM em Barra do Garças na noite desta sexta-feira, a base do partido defendeu que o senador Jaime Campos (DEM) desista do projeto de disputar a reeleição e seja candidato ao Governo do Estado. O evento na Câmara de Vereadores reuniu representantes de outras legendas, como por exemplo o prefeito Roberto Farias (PSD) e o suplente de deputado federal Eduardo Moura (PPS).

 

A base democrata refutou a possibilidade do Partido da República passar a compor o grupo de oposição no Estado indicando o deputado federal Wellinton Fagundes (PR) como candidato a senador. \"Mato Grosso precisa de uma transformação política, administrativa e ética. Portanto, se queremos, fazer uma limpeza, temos que tomar muito cuidado com quem vamos caminhar\", declarou Eduardo Moura, demonstrando ser contrário a presença dos republicanos na chapa de oposição, mais precisamente na chapa que tende a ter o senador Pedro Taques (PDT) como candidato ao Governo.

O suplente de deputado federal Israel Rolamento (DEM) também defendeu que o senador democrata dispute o palácio Paiaguás. \"O senador Jaime está pronto para ser candidato ao Governo como uma alternativa séria\", comentou.

O deputado estadual Dilmar Dal\'Bosco (DEM) afirmou que o senador pedetista tem desrespeitado o DEM ao debater publicamente uma aliança com o PR que há 12 anos faz parte das gestões de Blairo Maggi (PR) e Silval Barbosa (PMDB). \"Não precisamos ir atrás de ninguém para pedir esmola de candidatura. Uma aliança política tem que ser como um casamento onde o respeito deve sempre prevalecer e, após a troca de alianças, os defeitos desaparecem em busca da felicidade\", comparou.

Para o parlamentar democrata, o DEM poderá construir um amplo arco de aliados em torno de Jaime Campos colocando num mesmo palanque PTB, PSDB, SDD, PSD e outras legendas de menor projeção. \"Não precisamos vender a alma para ninguém e vamos mostrar quem somos na eleição\", frisou.

Ponderado para não criar constrangimentos dentro do PSD, que tem o vice-governador Chico Daltro (PSD) como pré-candidato ao palácio Paiaguás, o prefeito Roberto Farias previu que o senador democrata será vitorioso neste ano em qualquer cargo eletivo que decidir disputar. \"Tenho a certeza de que o caminho que o senador tomar, ele será vitorioso pois tem trabalho prestado em todas regiões de Mato Grosso\", disse.

 


Fonte: FOLHAMAX
Visite o website: https://www.folhamax.com/