23 de Maio de 2019,

Mundo

A | A

Quarta-Feira, 15 de Maio de 2019, 22h:41 | Atualizado:

PERDIDO EM MATA

Após 15 dias sem rumo, homem é achado vivo

MATA3.jpeg

 

Um motorista de 57 anos foi resgatado de um matagal fechado no bairro dos Loiolas, em Limeira (SP), após ficar por 15 dias desaparecido. Segundo a Guarda Municipal, o homem foi localizado na tarde desta quarta-feira (15) por dois pescadores que passavam pelo local, que é de difícil acesso.

A corporação informou que o homem está desnutrido e com cortes nas mãos e na boca. Os ferimentos estão em decomposição e com moscas, conforme a guarda. Ele também não conseguia falar e as roupas estavam manchadas de sangue.

A família do motorista registrou um boletim de ocorrência em 5 de maio e relatou que ele havia desaparecido em 30 de abril. Na data, uma filha informou para a Polícia Civil que saiu de casa por volta de 16h e quando voltou, às 17h, não encontrou o pai.

A mulher registrou também que ele apresentava confusão mental e não conseguia falar com clareza.

O resgate encaminhou o motorista para a Santa Casa de Limeira. A guarda informou que, apesar de não conseguir falar, o homem estava consciente e se expressava por gestos quando foi resgatado.

A guarda foi chamada pelos pescadores e acionou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Como o local era de matagal alto e fechado, o Samu precisou da ajuda do Corpo de Bombeiros para o resgate.

Uma máquina foi usada para abrir o matagal e dar espaço para que o resgate chegasse no local onde o homem estava, que fica a cerca de 700 metros de uma estrada de terra. "Nós tiramos ele na prancha rígida, envolvemos em uma manta para preservar a temperatura dele e entregamos para o Samu que levou para o PS da Santa Casa de Limeira", explicou o sargento Jeff, do Corpo de Bombeiros.

O caso foi registrado no plantão policial e deve ser apurado pela Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Limeira. Como o homem não conseguia falar, ainda não há suspeitas do que ocorreu.

 

Galeria de Fotos

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS