06 de Agosto de 2020,

Mundo

A | A

Quarta-Feira, 24 de Janeiro de 2018, 14h:44 | Atualizado:

Após voto de relator contra Lula, presidente do PT diz que é hora de "radicalizar"

A presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann, discursava aos apoiadores de Lula na região próxima à sede do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) no momento em que relator do caso, desembargador João Pedro Gebran, concluiu o seu voto a favor do aumento da pena do ex-presidente para 12 anos e um mês. Gleisi afirmou que o voto já era esperado e que agora é hora de "radicalizar".

Na hora em que foi feito o anúncio, parte dos presentes gritou palavras de ordem a favor de Lula.

A presidente do PT acrescentou que Gebran seguiu o roteiro que os petistas já esperavam, "sem surpresas". Acrescentou que o relator "gastou mais de 200 páginas do seu voto para defender a sentença do (juiz Sergio) Moro".

Apesar de ter falado como se o julgamento já estivesse decidido, Gleisi disse acreditar que os outros dois desembargadores, Leandro Paulsen e Victor Laus, seguirão caminho diferente do de Gebran por serem "mais técnicos".

— Espero que os votos deles sejam pela Justiça e não pela política.

Após discursar, Gleisi embarcou para São Paulo, onde vai se encontra com Lula em ato programado para acontecer na Avenida Paulista, no começo da noite. Em São Bernardo do Campo (SP), o ex-presidente já discursou nesta quarta-feira e disse estar extremamente tranquilo com o julgamento.

Na semana passada, a presidente do PT causou polêmica ao dizer que para Lula ser preso "vai ter que prender muita gente, mais do que isso, vai ter que matar gente".

 

 



Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • alexandre | Quarta-Feira, 24 de Janeiro de 2018, 15h30
    0
    0

    isso é caso pra policia federal....

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS