26 de Fevereiro de 2020,

Mundo

A | A

Quinta-Feira, 14 de Agosto de 2014, 12h:03 | Atualizado:

Caixa-preta de avião que caiu chega a Brasília

A caixa-preta do avião que caiu nesta quarta-feira em Santos, no litoral de São Paulo, chegou a Brasília nesta quinta-feira. O gravador de voz está no Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos), onde vai ocorrer a análise dos dados. O ex-governador de Pernambuco, Eduardo Campos, e outros seis morreram no acidente. 

Os peritos farão uma avaliação do gravador encontrado pelos peritos no local do acidente. As gravações serão fundamentais para desvendar o que motivou o acidente. 

Nesta quarta-feira a equipe de reportagem do Brasil Urgente conseguiu um dos áudios da última comunicação entre o piloto do jato de Eduardo Campos e o rádio de controle da pista de pouso em Santos.

Em linguagem técnica, o piloto diz que vai “fazer bloqueio de Santos e rebloqueio” na “pista 35”. Segundo o jornalista Fábio Pannunzio, que também é piloto, o comandante da aeronave afirmou à torre que tinha perdido o pouso e que iria realizar uma nova tentativa curvando pela esquerda.

O piloto aparentava tranquilidade no momento da comunicação e não mencionou nenhum problema técnico– testemunhas locais afirmam que a aeronave já estava em chamas antes de cair.

O acidente

O candidato do PSB à presidência, Eduardo Campos, de 49 anos, estava a bordo da aeronave que partiu do Rio de Janeiro e tinha como destino a cidade paulista para a realização de um compromisso de campanha.

Segundo testemunhas, a aeronave se desintegrou totalmente ao cair em Santos. O candidato estava acompanhado do assessor Carlos Percol e de equipes de filmagem.

 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS