17 de Setembro de 2019,

Mundo

A | A

Quinta-Feira, 23 de Maio de 2019, 23h:51 | Atualizado:

BELO EXEMPLO

Formada aos 70, ex-seringueira quer ensinar jovens

IVETE2.jpg

 

Filha de seringueiro, dona Ivete Souza, de 70 anos, se formou em Artes Cênicas na Universidade Federal do Acre (UFAC) na quarta-feira da semana passada. Ela, que começou a trabalhar aos seis anos, decidiu fazer o vestibular do Enem em 2013, incentivada por uma amiga, quando estava prestes a completar 65 anos. "Eu falei que já estava muito velha, mas minha amiga da igreja insistiu e resolvi fazer", conta.  

Dona Ivete nasceu na área rural de Xapuri, no Acre, onde trabalhava no seringal ajudando o pai junto com os sete irmãos. Aos 15 anos, decidiu se mudar para a cidade, no mesmo município, para estudar. Ela trabalhou como empregada doméstica e terminou o Ensino Fundamental. Com a família para a qual trabalhava, mudou-se para Rio Branco e interrompeu os estudos, que completaria aos 50 anos. 

Foi na capital que dona Ivete se encantou pelo teatro em 1987, aos 38 anos. Como atriz, participou da oficina do diretor e dramaturgo João das Neves, cofundador do grupo Opinião, com quem viajou pelo Brasil. Desde então, nunca mais largou o ofício. "Já me apresentei no Rio de Janeiro nos teatros Cacilda Becker e Glaucio Gil com os espetáculos Tributo a Chico Mendes e Caderno de Acontecimentos", lembra.  

O dinheiro com a dramaturgia era incerto e dona Ivete também trabalhou como auxiliar de enfermagem, faxineira, até conseguir emprego na Secretaria de Educação, onde trabalhou, fazendo serviços gerais e como merendeira até se aposentar em 2005.

Quando passou no vestibular, em 2013, a atriz ficou insegura com a idade, mas foi surpreendida com a acolhida dos colegas, que lhe homenagearam na colação de grau. Até o reitor da universidade, conta, a estimulou a ingressar o mestrado. "Eu me perguntava, será que vai dar certo? Mas, como já tinha passado para a faculdade, enfrentei o medo. Graças a Deus me receberam muito bem. Todos me apoiavam muito, uns me chamavam de mãe, outros de avó", conta.

Dona Ivete não pretende engatar o mestrado, mas tampouco quer saber de descanso. Ela está montando um espetáculo com colegas da UFAC e estreou ontem um canal de humor no Youtube, o Enock Cruz e o Canal da Patifaria Cruz.

Agora, o próximo desafio da atriz é dar aula. "Quero fazer uma área bem grande em casa para dar aulas e oficinas gratuitas para crianças. Estou buscando patrocínio", conta.

Galeria de Fotos

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Maria | Sexta-Feira, 24 de Maio de 2019, 08h27
    0
    0

    O mundo precisa de mais pessoas assim, com garra!

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS