Mundo Quarta-Feira, 01 de Maio de 2019, 22h:30 | Atualizado:

Quarta-Feira, 01 de Maio de 2019, 22h:30 | Atualizado:

Notícia

Haddad compara gestão econômica de Bolsonaro à de Temer

 

Terra

Compartilhar

WhatsApp Facebook google plus

O candidato derrotado à Presidência pelo PT em 2018, Fernando Haddad, fez duras críticas ao governo de Jair Bolsonaro e comparou a atual gestão econômica com a do ex-presidente Michel Temer.

"O governo que está levando à frente a agenda econômica de Temer, com corte de direitos sociais, corte de direito trabalhista e corte de direitos previdenciários", disse, durante ato do Dia do Trabalho em São Paulo.

Manifestantes foram às ruas em todo o País neste primeiro de maio para protestar contra a reforma da Previdência. O movimento, organizado pelas frentes sindicais, tenta marcar uma união da esquerda contra o governo Bolsonaro. O ato é uma organização conjunta de CUT, Força Sindical, CTB, UGT, Intersindical, CSB, CGTB, Nova Central, CSP-Conlutas, Frente Brasil Popular e Frente Povo Sem Medo.

Em São Paulo, o ato 1º de Maio unitário das Centrais Sindicais e Frentes ocupa o Vale do Anhangabaú. Estão previstos protestos em vários pontos no País, como Rio de Janeiro, Ceará, Bahia, Brasília e Mato Grosso.

Haddad questionou onde estavam os empregos que a oposição havia prometido. "Não era só tirar a Dilma? Cadê o emprego e a renda? só no mês passado perdemos 43 mil postos de trabalho com carteira assinada", disse o petista. Haddad lembrou ainda do ex-presidente Lula e pediu pela soltura do líder petista.





Postar um novo comentário





Comentários

Comente esta notícia






Copyright © 2018 Folhamax - Mais que Notícias, Fatos - Telefone: (65) 3028-6068 - Todos os direitos reservados.
Logo Trinix Internet