11 de Julho de 2020,

Mundo

A | A

Terça-Feira, 02 de Junho de 2020, 22h:00 | Atualizado:

ESCONDEU CORPO

Mãe mata a filha deficiente de 4 anos

1_mullen_williams_92-17477707.jpg

 

Uma jovem de 23 anos foi presa na última quarta-feira acusada de matar a própria filha, de apenas quatro anos. O corpo da criança foi encontrado em uma gaveta da cômoda no quarto que a mulher, identificada como Jackleen Elizabeth Mullen, dividia com o namorado Audrevious Jarrell Williams, de 26 anos, que também foi preso.

Segundo o jornal Correio da Manhã, a pequena India Martin, de 4 anos, era deficiente e tinha necessidades especiais. O corpo foi encontrado na gaveta com sinais de agressão e estrangulamento. 

A polícia local recebeu uma denúncia anônima e resolveu investigar o casal, que já tinha histórico de negligência com os outros filhos. A família era acompanhada de perto pelas autoridades norte-americanas. No tribunal, onde o casal foi acusado de homicídio e negligência, o detetive responsável Keenan McCorey relatou que a mãe da menina "não mostrou qualquer emoção quando o corpo foi descoberto".

Em 2017, Jackleen já havia sido condenada por negligência após ter dado à luz o irmão de India, que testou positivo para a presença de cocaína no organismo. Com o casal viviam ainda um bebê de um ano (filho de ambos) e uma criança de sete anos (filha de Audrevious). As três crianças deverão ser entregues a familiares.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS