26 de Fevereiro de 2020,

Mundo

A | A

Quarta-Feira, 13 de Agosto de 2014, 13h:22 | Atualizado:

Morte de Eduardo Campos repercute no Twitter: "tragédia"

Após a confirmação de que Eduardo Campos estava no jato que caiu na manhã desta terça-feira em Santos, no litoral sul de São Paulo, o nome do candidato do PSB à presidência da República repercutiu no Twitter. A morte do político gerou comoção no microblog.

“É uma tragédia inacreditável. Que as famílias dele e das demais vítimas, alguns também fontes e colegas, encontre algum conforto”, escreveu @veramagalhaes. “Foi confirmada a morte do Eduardo Campos! To chocada.... Quanto desastre! Que Deus conforte o coração a família dele e das demais vítimas”, postou @jadeseba. “O pior: antes do candidato, morreu um pai de cinco filhos. Que tragédia pra família”, lamentou @expeditopaz.

Mensagens em tom de piada sobre o acidente foram rechaçadas pela maioria dos tuiteiros. “Não tenho paciência pra abutre de tragédia alheia. Gente, um cara - com família e amigos, e jovem! - faleceu. Respeito, please”, postou @Marcie14.

A expressão ‘Foi a Dilma’ entrou para a lista de assuntos mais comentados do microblog. “E "foi a Dilma" já está no trends do Brasil. Se a tragédia não fosse o bastante ainda temos q aguentar a ignorância alheia”, escreveu @lucas_salgado. “Isso é triste demais. Acho, que num momento como esse, não dá para ter papinho político. É uma tragédia”, defendeu @Fulviofeola.

O avião de pequeno porte partiu do aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, e tinha como destino a base área do Guarujá. Eduardo Campos cumpriu agenda de campanha na capital fluminense ontem e nesta quarta-feira participaria de uma entrevista coletiva às 10h30 na Praia do Mercado, em Santos, e do seminário Santos Export no Hotel Sofitel Jequitimar, no Guarujá.

 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS