12 de Agosto de 2020,

Artigos

Mundo

A | A

Terça-Feira, 08 de Abril de 2014, 20h:51 | Atualizado:

Pró-russos mantêm 60 reféns em prédio de cidade ucraniana

Os cidadãos pró-russos armados que ocupam a sede dos Serviços de Segurança da Ucrânia (SBU, antigo KGB) na cidade de Lugansk, "plantaram minas e mantêm cerca de 60 pessoas como reféns".
Assim informou um comunicado do SBU citado pela imprensa local, no qual se assegura que "os separatistas mantêm à força cerca de 60 cidadãos. "Ou seja, estão usando métodos terroristas", acrescentou o comunicado dos serviços de segurança.
O SBU acrescentou que se exigiu dos ocupantes do prédio que liberem os reféns, entreguem as armas e eliminem os explosivos que colocaram.
A sede do SBU em Lugansk está ocupada há dois dias por manifestantes pró-russos que tomaram as armas que havia no local.
As autoridades de Kiev anunciaram uma operação antiterrorista para liberar este prédio, assim como a sede do governo regional na vizinha Donetsk, também uma província com uma ampla população russa étnica.



Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS