03 de Julho de 2020,

Mundo

A | A

Sábado, 13 de Setembro de 2014, 02h:50 | Atualizado:

Procuradoria volta a pedir que Arruda seja impedido de continuar campanha

A Procuradoria-Geral Eleitoral (PGE) voltou a pedir hoje (12) ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que impeça José Roberto Arruda, candidato do PR ao governo do Distrito Federal, de continuar a fazer campanha. Ontem (11), o TSE negou recurso no qual Arruda pede para ter a candidatura liberada.

O candidato foi enquadrado pela Lei da Ficha Limpa por ter sido condenado, em julho, por improbidade administrativa pela Justiça do Distrito Federal. O processo é referente ao suposto esquema que ficou conhecido como mensalão do DEM.

No pedido, o vice-procurador eleitoral, Eugênio Aragão, alega que, embora caiba recurso ao Supremo Tribunal Federal (STF), a questão está definida perante a Justiça Eleitoral. Aragão também pede que a deputada Jaqueline Roriz (PMN-DF), que tenta a reeleição, e José Riva, candidato do PSD ao governo de Mato Grosso, sejam impedidos de continuar a campanha. Eles também tiveram a candidatura barrada ontem pelo tribunal.

No mês passado, a PGE fez o mesmo pedido ao tribunal, no entanto, a liminar foi indeferida, porque ainda estava pendente o recurso de Arruda que foi julgado na sessão de quinta-feira.

 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS