19 de Fevereiro de 2020,

Mundo

A | A

Sexta-Feira, 08 de Agosto de 2014, 13h:43 | Atualizado:

Professora lésbica pode enfrentar até 7 anos de prisão por sexo com aluna

Após admitir ter feito sexo com uma aluna de 15 anos, a professora de educação física Emily Fox, 26, foi condenada à prisão. A pena pode ir de 4 a 7 anos, segundo o jornal britânico Mail Online.

Num julgamento recente, houve a possibilidade de que a professora pague fiança e fique livre, desde que não tenha contato com crianças e jovens com menos de 16 anos e que apareça na escola onde o crime ocorreu.

A docente foi condenada por ter tido quatro encontros com a garota, que aconteceram enquanto ela lecionava numa tradicional escola particular só para meninas da Inglaterra, a Royal Masonic School. Emily foi professora por um ano na instituição cuja taxa é de  £24 mil ao ano, algo como R$ 92 mil.

O juiz Michael Baker, responsável pelo caso, quer que o nome da professora seja incluído na lista de agressores sexuais.

 

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Copacarioca | Terça-Feira, 19 de Agosto de 2014, 11h46
    0
    0

    Em país onde a soberania da legislação penal é posta acima de tudo e de todos, a execução das penas impostas por sentença condenatória tem de ser levada a sério, porque se trata de determinação inegociável. Não tem jeito. Já no Brasil...

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS