13 de Agosto de 2020,

Mundo

A | A

Segunda-Feira, 22 de Janeiro de 2018, 22h:15 | Atualizado:

MALUCÃO

Taxista bêbado atropela ciclista, foge e é preso com garrafa de vodca em carro

bicicleta.jpg

 

Um taxista de 43 anos foi preso nesta segunda-feira (22) após atropelar uma ciclista no Núcleo Bandeirante, no Distrito Federal, e fugir. Segundo a Polícia Militar, o teste do bafômetro acusou presença de 1,16 mg de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões do homem – índice 251% superior ao necessário para configurar "crime de embriaguez", de 0,33 mg/L.

O motorista foi preso no Guará após ter o carro seguido por uma testemunha do acidente. No veículo, a PM encontrou uma garrafa de vodca pela metade, além de comprimidos. À polícia, o homem disse que é alcoólatra e os remédios eram, justamente, para tentar controlar o vício.

Segundo os militares, o taxista afirmou ter feito uso dos medicamentos e ingerido a bebida antes de assumir o volante. O motorista teria dito, ainda, trabalhar como vigilante em uma empresa. No porta-malas do carro, a PM encontrou uma farda ligada à profissão.

A bicicleta usada pela ciclista ficou com a roda da frente amassada. O veículo tinha uma cadeira para transportar crianças, mas a PM não informou se o assento estava ocupado no momento do acidente.

A vítima foi levada para o Hospital de Base com escoriações pelo corpo. O estado de saúde da mulher não foi informado.



Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS