22 de Abril de 2019,

Opinião

A | A

Segunda-Feira, 15 de Abril de 2019, 11h:25 | Atualizado:

Lício Malheiros

Projeto humanista

Lício Malheiros.jpg

 

A implementação de políticas públicas em nosso país; passa necessariamente, pelas ações e programas que são desenvolvidos pelo Estado, para garantir e colocar em prática, direitos que são previstos na Constituição Federal e em outras leis. Agora, quando as Associações de Moradores de dois bairros periféricos,  Altos da Serra I e II, se unem, e  implementam um projeto social de altíssimo nível, acaba  suscitando na população, espanto e perplexidade, uma vez que, a omissão do poder público no que tange a implementação de políticas públicas sociais é latente.

As associações comunitárias ou de bairros são aquelas que têm como objetivo primordial organizar ou centralizar forças dos moradores e da comunidade para representar, de maneira eficaz interesses comuns.

As Associações de Moradores dos bairros Altos da Serra I e II, tendo como presidentes, Cezinha Nascimento, Altos da Serra I e Deva Fonseca, Altos da Serra II, em parceria, com a senhora Terezinha Nascimento, esposa do deputado estadual Elizeu Nascimento.

Quebraram paradigmas, ao criar um projeto piloto, ofertando à população carente desses bairros periféricos, uma plêiade de cursos profissionalizantes gratuitamente, entre os quais: Manicure  Pedicure e Cabeleireiro, sendo ministrado pela    senhora Paulina Cavalleiro,  uma senhora de idade avançada, que poderia estar  em sua casa curtindo sua família,  porém, está prestando trabalho comunitário. O de Artesanato, com utilização do material EVA, foi ministrado pela senhora Terezinha Nascimento.

Fui in loco, confirmar a realização desse evento social de cunho humanista, senti na população carente, satisfação e acolhimento em estar sendo prestigiada, pela Associação Comunitária; uma vez que, alguns deles poderão através do mesmo, complementar seus ínfimos salários, não esquecendo, a grande maioria dessas pessoas, estão desempregadas, fazendo parte, dos 13 milhões de desempregados, existentes em nosso país.   

Sei também, que muitos críticos de plantão, não irão entender nossa visão humanista, ao analisar e avaliar, a importância desse trabalho social, que visa apenas, resgatar a dignidade e elevar a autoestima dessas pessoas que se encontram em vulnerabilidade social.  

Professor Licio Antonio Malheiros é geógrafo   

 

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Siqueira | Segunda-Feira, 15 de Abril de 2019, 15h23
    1
    0

    Ótimo artigo em conjunto com esta ação social, todos estão de parabéns...

  • Elidio | Segunda-Feira, 15 de Abril de 2019, 11h57
    1
    0

    Valeu professor, excelente artigo, o povo vive sofrendo com falta de politicas publicas por ineficiencia do porder publico quando alguem faz algo diferente as vezes sofre criticas.

  • marcelo | Segunda-Feira, 15 de Abril de 2019, 11h53
    1
    0

    gostei professor, temos sim que mudar este pais, nao aguentamos mais desmandos e roubalheiras, quando alguem se propoe mudar sofre criticas.

  • Mato-grossense | Segunda-Feira, 15 de Abril de 2019, 11h51
    1
    0

    Excelente artigo, o social em nosso pais esta esquecido o poder publico nao cumpre o seu papel constitucional, deixando as pessoas humildes sofrendo, abandonados a sorte.

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS