28 de Janeiro de 2020,

Opinião

A | A

Domingo, 08 de Dezembro de 2019, 10h:00 | Atualizado:

Antônio Fernando Ribeiro

Sua empresa está segura?

antoniofernandoribeiro (1).jpg

 

Você acredita que seus dados pessoais são seguros na internet?  Acredita que alguém possa ter acesso às suas informações pessoais, preferências e até mesmo dados bancários e de cartões de crédito? 

E se ampliarmos este questionamento para os dados da sua empresa?  Dados dos seus clientes, seus fornecedores e todos os seus faturamentos? Você confiaria em divulgar essas informações? 

Pois bem, existe uma Lei que protege (ou deveria proteger) todos estes dados. É a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais em vigência desde agosto de 2018 com objetivo de promover a privacidade dos cidadãos.

A Lei parte do pressuposto que os dados podem ser utilizados e disponibilizados desde que haja consentimento do usuário. Vale refletir que sempre precisamos concordar com os termos virtuais para prosseguirmos em sites, mas será que paramos para ler o que realmente está descrito e o que tornamos disponível?

Não há dúvida que a internet é capaz de fornecer ferramentas extremamente valiosas, porém, poucos empresários ao contratar uma empresa de Tecnologia de Informação (TI) questiona ou coloca em contrato o tamanho da privacidade de informações que está fornecendo àquela empresa.

Portanto, ao contratar uma empresa de TI, pesquise e cobre dela a responsabilidade de acordo com a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais para que seus dados não sejam nem perdidos e nem divulgados.

Antonio Fernando Ribeiro Pereira é CEO da LogLab Digital

 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS