21 de Julho de 2019,

Opinião

A | A

Quarta-Feira, 26 de Junho de 2019, 14h:09 | Atualizado:

Arnaldo Justino da Silva

Tempos modernos

arnaldojustino.jpg

 

Hoje meditei sobre os que têm bola de cristal. Muito bom. Tomara que as previsões boas se realizem.

Tomara que somente a parte boa da história se repita. As profissões antigas estão de exaurindo. Novas estão aparecendo: aquelas com substrato na inteligência artificial, que depende do domínio do computador, dos softwares, hadwares, algoritmos.

Você já reparou seu filho de 10 anos? Viu como ele domina a máquina muito melhor que você? Não se preocupe, é bom se atualizar, mas os novos tempos são deles.

Você deve se esforçar e aprender, mas jamais aprenderá o suficiente para alcançá-los. 

Cada tempo e sua construção, história, lembranças, saudades.

Brindemos o futuro que chega. Tudo que uma máquina pode lembrar, reconhecer, decifrar, fazer comparações instantâneas para decidir, deixa o cérebro humano perplexo.

Fica só a consciência de não conseguir acompanhar o movimento do calendário crescente.

Para ser feliz temos que ser senhores do nosso tempo! Será?

É o tempo da inteligência artificial. Para nós, cinquentões, parece ser muito para nossa cabeça.

Contudo, brindemos tudo isso, pois se para nós é demais, nossos filhos estão adorando. É o tempo deles. Devemos apoiá-los, e não retraí-los nas chuvas das águas do futuro.

Arnaldo Justino da Silva é Promotor de Justiça em Mato Grosso.

 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS