25 de Maio de 2020,

Opinião

A | A

Sexta-Feira, 10 de Abril de 2020, 11h:38 | Atualizado:

Lusanil Cruz

Visão de futuro – Uma questão de sobrevivência

lusanil-cruz.jpg

 

Já dizia Joel Barke: “Uma visão sem ação não passa de um sonho. Ação sem visão é só um passatempo. Mas uma visão com ação pode mudar o mundo”.

A melhor maneira de viver o futuro é criá-lo. E como criá-lo se estamos vivendo uma geração que precisa de atenção em todos os aspectos, principalmente o emocional?

Como criar o futuro, se a maioria das pessoas mal sabem em que estágio de suas vidas se fazem presentes e onde querem chegar? Sem planejamento, sem metas e objetivos, sem propósitos, sem nada, parecidas com um barco à deriva!

O futuro não é o lugar para onde estamos indo. É o lugar que estamos construindo e que dependerá daquilo que fizermos no presente.

Então, precisamos acordar para um mundo melhor, ético, cooperador, dinâmico e sobretudo com estratégias bem definidas, pois aqueles que constroem o próprio futuro também constroem o futuro dos outros. Nos dias atuais, a capacidade de empreender o próprio futuro está se tornando uma questão de sobrevivência.

Administrar bem o tempo, os negócios, carreira, é administrar seu futuro. E administrar seu futuro é administrar informações. O futuro não é mais sobre tecnologia. É sobre informação processada como conhecimento.

Se a história testemunhou a triste divisão entre nações ricas e pobres, o futuro pode nos reservar a separação entre quais sabem e as que não sabem.

Então, que sejamos uma geração que planeje e execute seu papel dentro de uma empresa ou organismo público ou na vida particular de cada um.

Que sejamos profissionais com perfis de empreendedor, pois estes serão diferentes, onde todos vêm problemas, enxergam oportunidades. Divagam num carro chamado imaginação, tendo a criatividade como copiloto, a meta como motor e a persistência como combustível.

Enfim, sejamos grandes idealizadores e colaboradores de uma sociedade mais justa e solidária, com visão futurista. Só assim sobreviveremos, é claro!!

Lusanil Cruz, formado em Economia e Direito. Analista em Perfil Comportamental.

 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS