14 de Novembro de 2019,

Polícia

A | A

Terça-Feira, 22 de Outubro de 2019, 16h:04 | Atualizado:

BRINCADEIRA

Ameaça de massacre em escola causa pânico em MT

Menores foram encaminhados a delegacia por divulgarem "fake news"


Da Redação

massacreescola/folhamax

 

Dois menores foram apreendidos após publicações numa rede social de um possível ataque e pichar um muro da escola Municipal Apolínio, em Paranatinga (338 km de Cuiabá).

O caso gerou pânico nos pais dos alunos que decidiram buscar seus filhos na unidade escolar. A Policia Militar local informou ao FOLHAMAX que as publicações começaram numa página do Facebook. Os autores das mensagens prometiam fazer um ataque à escola. 

O comandante da Polícia Militar na região, Capitão Farias, relatou que as divulgações são de 2018, mas que causou tumulto e pânico nos pais dos alunos. Dois menores foram apontados como divulgadores do “fake” e encaminhados a delegacia para prestar esclarecimentos.

Na manhã desta terça-feira (22), o muro da escola foi pichado com a seguinte frase “POW. MASSACRE 22/10 C.V.”, em alusão a facção criminosa. 

Viaturas da Polícia Militar realizam rondas para evitar que a informação do falso massacre cause mais transtornos. Qualquer denúncia pode ser realizada pelos números das polícias 190, e 197 da Polícia Civil.

 

Galeria de Fotos

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS