07 de Dezembro de 2019,

Polícia

A | A

Sábado, 16 de Novembro de 2019, 09h:18 | Atualizado:

Centro de Ressocialização de Cuiabá inaugura torres de segurança doadas pelo setor atacadista

O Centro de Ressocialização de Cuiabá (CRC) inaugurou nesta quarta-feira (13.11) duas torres de segurança doadas pela Associação Mato-grossense de Atacadistas e Distribuidores (Amad) e o Sindicato do Comércio Atacadista e Distribuidor do Estado de Mato Grosso (Sincad/MT). 

As duas torres de 12 metros irão substituir as quatro existentes que serão demolidas. Toda a mão de obra, desde o projeto à construção foi realizada pelos reeducandos, 22 no total. “As torres existentes estavam condenadas e traziam insegurança aos agentes. Buscamos alternativas e conseguimos através da parceria com a Amad e o Sincad, construir as torres. Agradeço imensamente as duas entidades pela disponibilidade em nos conhecer e atender ao nosso pedido”, disse o diretor do CRC, Winkler de Freitas.

Para o presidente da Amad, João Carlos Sborchia, é importante reiterar à sociedade que os policiais e agentes penitenciários trabalham arduamente para a segurança da população, correm riscos diários e precisam de melhores condições de trabalho e respeito. “Ficamos sensibilizados com o pedido do diretor Winkler e buscamos parcerias para as doações necessárias para a construção das duas torres de segurança. Estamos felizes em contribuir e proporcionar melhores condições de trabalho aos agentes e policiais”, ressaltou.

O presidente do Sincad/MT, Sebastião dos Reis Gonçalves, o Tião da Zaeli, lembrou do trabalho social desenvolvido pelo setor atacadista todos os anos. “Nossas entidades participam de vários projetos na área social. Este das torres, recebemos um pedido da Assembleia Legislativa, que nos explicou sobre a urgência e a necessidade da construção dessa obra, que atende aos agentes e também aos reeducandos. Sempre que possível tentamos ajudar". 

O complexo penitenciário abriga 1080 reeducandos, 128 deles exercem trabalhos fora da unidade, sendo considerada referência pelo sistema prisional em Mato Grosso por proporcionar atividades laborais e de educação aos custodiados, promovendo capacitação e qualificação para que sejam reinseridos na sociedade. “Atendemos um pedido do legislativo, conhecemos a unidade e o trabalho que vem sendo feito no local. As torres irão proporcionar mais segurança e qualidade de vida aos agentes”, reiterou o diretor executivo da Amad/Sincad-MT, Marcos Taveira.

Também participaram da solenidade de inauguração o secretário adjunto de Administração Penitenciária, Emanoel Flores; o defensor público André Rossignolo; o juiz da Vara de Execuções Penais de Cuiabá, Geraldo Fidélis; o delegado e vereador Marcos Veloso; e os representantes dos agentes penitenciários, Gleice de Oliveira e Arthur Rodrigues da Conceição.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS