31 de Março de 2020,

Polícia

A | A

Segunda-Feira, 17 de Fevereiro de 2020, 13h:55 | Atualizado:

AMOR

Em "missão especial", equipe da regional visita crianças que são apaixonadas pela Polícia Civil

crian�as pol�cia.jpg

 

Sensibilizados pela admiração de duas crianças à Polícia, na cidade de Água Boa (730 km a leste de Cuiabá), a Polícia Judiciária Civil do município realizou na manhã de quinta-feira (13.02) uma “missão especial”. O gesto simples de gentileza promoveu sentimentos de carinho e amizade, recíprocos entre os envolvidos na ação social. 

As crianças de quatro e dois anos, moradoras no bairro Guarujá, receberam a visita surpresa dos policiais civis de Água Boa, que foram até a residência dos garotos para realizar o sonho dos meninos.

A ideia surgiu após chegar ao conhecimento da Delegacia Regional a admiração e paixão dos menores pela polícia, principalmente do menino de quatro anos, que tem autismo. Em contato com a mãe das crianças, ela de imediato apoiou a sugestão da “visita especial”.

Assim, na manhã desta quinta-feira, os policiais civis, acompanhados do delegado Valmon Pereira da Silva, chegaram ao endereço de viatura e vestindo uniformes operacionais, deixando os pequenos com sorrisos largos e cativantes.

Durante o encontro, os irmãos não se contiveram e abraçaram e conversaram com os policiais, além das várias posses feitas para as fotos, dentro e fora do veículo oficial da PJC-MT, que certamente marcará o momento único na vida desses pequenos.

Durante conversa com a mãe dos meninos, ela contou da fascinação dos filhos pela polícia e um pouco sobre sua experiência de vida. Ela também contou sobre o mais velho de quatro anos, que há um ano foi identificado com autismo e desde então vem fazendo acompanhamento.

Para a família, o custo financeiro do tratamento médico é alto, porém, a mãe se desdobra para cuidar dos filhos e trabalhar para conseguir pagar os cuidados especiais, necessários para saúde e bom desenvolvimento do garoto.

O delegado Valmon Pereira observa que a ação social busca chamar a atenção da sociedade para a importância da inclusão social, do apoio e incentivo na esperança de um futuro melhor e sem violência.

“Essa é uma das formas de quebrar paradigmas e de aproximar da comunidade. Além do trabalho diário de combate a criminalidade, nos, pessoas públicas atuantes em prol da segurança pública, também somos exemplo e servimos como inspiração para muitas crianças. Esses sentimentos de referência com  toda certeza é grandioso e recompensador”, destacou o delegado regional.

 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS