18 de Fevereiro de 2020,

Polícia

A | A

Sexta-Feira, 24 de Janeiro de 2020, 15h:35 | Atualizado:

RESPONSABILIDADE

Mulher bate em caminhonete e deixa bilhete para dono em MT

Bilhete foi deixado depois de ficar 1 hora esperando do dono aparecer.

Foto: Arquivo pessoal

1.jpg

 

Uma motorista teve um gesto que chamou atenção dos moradores de Comodoro, a 677 km de Cuiabá. Ao fazer uma baliza, a servidora pública Leila Staut Romera Ribeiro bateu no para-choque de uma caminhonete que estava estacionada. Ficou esperando o dono do carro aparecer por 1 hora.

Como ele não voltou para pegar o carro, a motorista decidiu deixar um bilhete, assumindo a responsabilidade do acidente e anotou o número de telefone dela para que ele entrasse em contato.

"Se fosse com o meu carro, eu ia querer ser avisada, então eu decidi fazer o que gostaria que fizesse comigo", disse ela.

O acidente ocorreu na sexta-feira (17), quando Leila, acompanhada da irmã, tinha ido ao laboratório buscar resultados de exames da mãe. Ao manobrar o carro, ela escutou um barulho forte e percebeu que havia encostado em uma caminhonete que estava estacionada atrás.

Ela relatou ao G1 que desceu para ver o que havia ocorrido e percebeu que tinha riscado o veículo. "Fiquei desesperada. Aí comecei a procurar quem era o dono. Fui nos estabelecimentos próximos e não o encontrei", contou.

Depois de procurar, ela ainda ficou esperando perto do carro por 1 hora. Como o proprietário da caminhonete não apareceu, ela deixou um bilhete informando sobre o acidente, assumindo a responsabilidade sobre a batida.

"Fui para casa e chorei. Mais tarde, uma mulher me ligou. Fiquei aliviada porque, antes, tive receio que o dono do carro fosse alguém agressivo", lembrou.

A mulher do outro lado da linha era casada com o dono do carro, um oftalmologista que, de tempos em tempos, faz atendimentos na cidade.

"Fui me encontrar com eles e me propus a pagar o danos. Mas, ele disse que, havia ficado surpreso com meu gesto e, por isso, não precisaria pagar. Fiquei muito feliz. Na verdade, acho que ele foi muito generoso comigo", relatou a servidora.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Lucas | Sexta-Feira, 24 de Janeiro de 2020, 17h08
    11
    0

    E eu já desistindo dos humanos, atitude louvável desse senhor.

  • Observador. | Sexta-Feira, 24 de Janeiro de 2020, 16h20
    10
    0

    Parabéns, é tão bom ler notícias que fogem dos padrões normais da sociedade brasileira. Isto deveria ser o básico, mas vivemos uma época tão distorcida que a pessoa fazer o que deveria ser regra, acaba se tornando exceção.

  • Dona Porfiria de Jesus - aposentada | Sexta-Feira, 24 de Janeiro de 2020, 15h43
    10
    3

    Bela atitude exemplar. Enquanto isso alguns políticos não pagam reposição de perdas salariais aos seus servidores dando um péssimo exemplo.

  • Moacir - VG | Sexta-Feira, 24 de Janeiro de 2020, 15h43
    15
    0

    Parabéns pela atitude, que bom saber que ainda existe pessoas honestas neste mundo!!!

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS