03 de Agosto de 2020,

Polícia

A | A

Quarta-Feira, 14 de Fevereiro de 2018, 08h:23 | Atualizado:

NÃO FOI RESGATE

Polícia suspeita que bandidos foram executar preso dentro de UPA em Cuiabá

José Edmilson Bezerra Filho está detido por matar um membro do Comando Vermelho

upa999.jpg

 

A Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) determinou reforço das Polícias Militar e Civil para a prisão dos criminosos que feriram cinco pessoas na tarde desta terça-feira (13), na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Morada do Ouro, em Cuiabá. As primeiras informações apontaram que os criminosos que invadiram a UPA, tinha como objetivo resgatar o preso José Edmilson Bezerra Filho, 31 anos, que recebia atendimento médico na unidade de saúde.

Todavia, informações colhidas no decorrer da noite apontam que, na verdade, os criminosos teriam ido a unidade de saúde para executar o detento. 

José Edmilson não chegou a ser resgatado e permaneceu sob custódia. Ele está detido pelo crime de homicídio. Ele é apontado como autor de um assassinato de um integrante do Comando Vermelho na cidade de Rondonópolis.

O detento já teria até prestado depoimento e dito que era o alvo dos bandidos. O assassinato dele só não concretizou porque o agente prisional reagiu.

No tiroteio na UPA, em meio a pacientes e profissionais, ficaram feridos agente prisional Dirley de Pinho Pedro, 33, o bebê Vítor Hugo Camargo Martins, de apenas 6 meses, a mãe dele, Estefani de Camargo Santos, 22, Dayana da Silva Romão, e Rosimere Sousa da Silva, 51.

Os feridos estão internados no Pronto-Socorro Municipal de Cuiabá e todos estão estáveis. O bebê já foi submetido a cirurgia e passa bem. 

Ainda assim, a Polícia Militar destacou uma equipe policial para acompanhar a situação dos feridos na unidade. Uma equipe da Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh) acompanha a situação do agente prisional ferido.

Cápsulas de projeteis de armas de fogo foram recolhidas no local e serão encaminhadas à Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), que também esteve no local realizando a coleta de vestígios para auxiliar nas investigações da Polícia Civil.

Os criminosos fugiram e as Polícias Civil e Militar trabalham para identificar e prendê-los.

 

Galeria de Fotos

Postar um novo comentário

Comentários (12)

  • Júnior | Quarta-Feira, 14 de Fevereiro de 2018, 14h33
    6
    0

    Sou primo do agente carcereiro que está no coredor do pronto Socorro até agora a secretaria de saúde deu uma entrevista hoje pela manhã falando que todos estão sendo atendido isso é mentira ele se encontra no coredor do pronto Socorro agonizando de dor ainda agorda pra fazer cirurgia Essa secretaria de saúde tem que parar de mentir E largar de ser encopetente E respeitar a nossa familha a minha tia mãe do dirley tentou falar com ela não respondeu gestão humanizada estamos no corredor até agora meu primo foi baleado defendendo a sociedade E isso que ele merece esta no coredor do pronto Socorro se umilhando pra ser atendido ai vem essa secretaria de saúde Elizeth falando que está dando asistecia se vc não tem amor por niguem secretaria pelomesnos respeito a a dor e a preocupação da nossa familha

  • Fpestragado | Quarta-Feira, 14 de Fevereiro de 2018, 12h32
    4
    2

    Esses bandidos sabiam q o meliante estav lá de que forma? Pela informação de alguém da própria instituição. O pior nesse país é a corrupção que está entranhada em todos os setores

  • Emanuel | Quarta-Feira, 14 de Fevereiro de 2018, 12h29
    4
    0

    Lógico que era um resgate e não uma queima, uma vez que eles sabiam que estaria lá...

  • Fabio Ferreira | Quarta-Feira, 14 de Fevereiro de 2018, 12h27
    2
    0

    As faccao mata vagabundo na rua e ate mesmo no presidios agora esse lixo vem fala q o CV queria mata ele se fosse isso eles mataria ele dentro do presidio mesmo nao esperava sair isso ta cheiro resgate mesmo

  • José Arnaldo | Quarta-Feira, 14 de Fevereiro de 2018, 12h17
    1
    0

    E sou primo do agente carcereiro que está no Corredor do pronto Socorro hoje a secretaria de saúde deu uma entrevista falando que ele está cendo tratado e mentira ele está agonizando de dor aqui niguem faz nada um agente público que está defendendo a sociedade defendendo vidas esta baleado com 2 tiros esse é o pagamento que ele leva pelo poder público estava defendendo vidas e agora está lã no corredor do prono Socorro que está lotado de pacientes no corredor também os médicos sem matérias E medicamentos pra atender e essa mulher secretaria de saúde vem dar uma entrevista falando que ele está bem vomos la no pronto Socorro e ve o estado dele no corredor tem que parar de mentir passou a noite inteira agonizando por favor secretaria de saúde respeita pelomesnos a minha familha brigado

  • Cuiabá pede socorro | Quarta-Feira, 14 de Fevereiro de 2018, 10h59
    9
    0

    A B S U R D OOOOOOOO o que aconteceu na UPA!!!! Tragedia avisada pelos profissionais de saúde que clamam por segurança nos postos de saúde e PS de Cuiabá!!!! Irresponsabilidade do chefe do presidio deixar preso sair de la para ir em unidade de saude ou no forum!!!! Ambos atendimento tem que ser dentro do presidio!!! Médico atende la dentro, e audiência o Sr. Juiz vai lá!!!! Irresponsabilidade colocar bandido para atendimento em posto de saúde sem segurança alguma!!!! Os familiares vitimas deste horror deve processar Pedro Taxi, Manoel, Secretario de Segurança Publica, juiz da vara de execução penal.

  • José Luiz | Quarta-Feira, 14 de Fevereiro de 2018, 10h13
    3
    0

    Lamentável né? Agora todas as vezes que chegar um presidiário escoltado os pacientes que aguardam atendimento deverão deixar rapidamente a unidade de saúde somente para o presidiário e a escolta. Com esse tanto de presos existentes na Capital não seria melhor ter um clínico e um cardiologista dentro de uma das unidades, ou ao menos um clínico? Presos das outras unidades seriam deslocados até a unidade que tivesse o profissional. Por outro lado, reiterou, é preciso encaminhar todos aqueles presos, em flagrante, por mandado, ou já presidiários, que alegam ser membros de facções, ou agirem em nome delas, ou fazer apologia à elas, direto para o RDD para o resto do tempo do processo e da pena. O mesmo procedimento deveria ser adotado com quem lidera ou toma parte ativa em rebeliões, assassinato ou tentativa interna, é identificado como tendo encomendado drogas de fora, ou como praticamente de tráfico interno, ou usa de celular para cometer qualquer tipo de delito internamente. Melhorar a situação dos presídios e da criminalidade externa como reflexo das prisões, é só questão de abandonar a demagogia e aplicar a inteligência.

  • ROBERTO RUAS | Quarta-Feira, 14 de Fevereiro de 2018, 10h03
    11
    0

    Bem meus amigos , só há um caminho para este país sair deste estado de descontrole social. REVOGAÇÃO DO ECA imediatamente para começar ; LIBERAÇÃO DE PORTE DE ARMA ao cidadão de bem ( Com renda e residencia fixa - sem passagem por crimes de qualquer natureza - e com teste psicologico minimo) e por fim PRISÃO PERPETUA COM TRABALHOS FORÇADOS a CRIMINOSOS REINCIDENTES. Para isso precisamos mudar a mentalidade de vitimização social . Todos nós , brancos , negros, indios , ou amarelos nascemos com as mesmas capacidades e podemos escolher entre certo e errado, mas por culpa dessa cultura de vitimização de gente que ESCOLHEU ser criminoso estamos perdendo TODOS os prazeres de viver . Nessas merdas de cidades infestadas por criminosos pestilentos e seus clientes drogados , perdemos o direito de sentar em uma praça ; de ir a um barzinho sem ser importunado por "franelinhas" ; não podemos mais pedir uma pizza ser ter que sofrer uma "investigação social" do entregador ; se vamos a uma farmacia fora de hora podemos morrer a bala tentando curar um resfriado ; JÁ NÃO PODEMOS nem mesmo ter determinados tipos de carros ( existe uma lista dos mais procurados para roubo) . CHEGA ! Precisamos reagir ! ESTAMOS SENDO CAÇADOS como coelhos e nada temos feito.NADA! E para que alguns PATIFES defensores dessa ideologia de vitimização social , nao venham com suas baboseiras , olhem esse exemplo da matéria, e digam se TODOS não são prejudicados por querer tratar de vitimas sociais a ESCÓRIA da sociedade.

  • Pagador de impostos | Quarta-Feira, 14 de Fevereiro de 2018, 10h00
    11
    0

    Acorda policia civil, esse lixo ta usando esse pretexto pra se livrar desse crime , de 5 tentativa de homicido, formacao de quadrilha, disparo de arma de fogo , se quisesse matar ele , ja estaria morto na cadeia

  • Sociedade | Quarta-Feira, 14 de Fevereiro de 2018, 09h57
    3
    12

    Nossa, por isso que digo vamos Dar um oportunidade a PEDRO TAQUES 2018 VAI FAZER UM GOVERNO MELHOR.. TAQUES 2018 O MEU GOVERNADOR

  • CIDADÃO | Quarta-Feira, 14 de Fevereiro de 2018, 09h43
    8
    2

    Se os bandidos foram resgatar o criminoso preso, é gravíssimo. Se os bandidos foram matar o criminoso preso, é também gravíssimo. Na verdade, os bandidos não respeitaram as autoridades governamentais. E nem o criminoso preso nem os bandidos invasores sofreram nada. O incrível e inaceitável sacrifício ficou para os CINCO FERIDOS, mais absurdamente para a criança de SEIS MESES que sofreu um TIRO COVARDEMENTE NAS COSTAS e outro na mão. Peço a Deus que salve essas Cinco Vítimas.

  • Contribuinte Indignado | Quarta-Feira, 14 de Fevereiro de 2018, 09h03
    43
    4

    Vendo essas imagens, meu asco pelos políticos safados e corruptos só aumenta, afinal, os bandidos estão nas duas pontas: os criminosos que balearam vários inocentes na UPA e os criminosos que desviam dinheiro público para o seu bel prazer. Com um agravante para os criminosos que roubam dinheiro público: os danos atingem um número muito maior. Suas penas deveriam ser de prisão perpétua.

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS