Polícia Terça-Feira, 09 de Julho de 2024, 18h:15 | Atualizado:

Terça-Feira, 09 de Julho de 2024, 18h:15 | Atualizado:

PODRE

Policial penal tenta entrar com morfina em presídio; PC investiga desvio de medicamentos

Hipótese de desvio de medicamentos de hospitais públicos será investigada

ALEXANDRA LOPES
Da Redação

Compartilhar

WhatsApp Facebook google plus

morfina .jpg

 

O policial penal O.V.F, de 49 anos, foi flagrado nesta segunda-feira (8) tentando entrar com 25 ampolas de morfina na Penitenciária Central do Estado (PCE), em Cuiabá. Ele é lotado na Penitenciária Ahamenon Lemos Dantas, em Várzea Grande, e durante o interrogatório alegou que é amigo dos familiares do detento identificado como J.F.B, recluso na PCE e que foi levar os medicamentos para fazer um "favor".

No entanto, as investigações da Polícia Civil indicam que o servidor possa estar ligado a um grupo de criminosos especializados em desviar medicamentos controlados de unidades hospitalares para comercialização ilegal, mediante a falsificação de receitas médicas.

Das 25 ampolas flagradas com o servidor, 14 estavam inteiras e 11 estavam quebradas por estarem no bolso dele. Além da medicação, o policial penal portava o receituário de um médico do Hospital Municipal de Cuiabá (HMC), que trazia o nome do preso. No entanto, após uma investigação, ficou constatado que a receita apreendida era falsa. O próprio médico que supostamente assinava o documento confirmou que o receituário não era verdadeiro.

Segundo o boletim da Secretaria Adjunta de Administração Penitenciária da Penitenciária Central do Estado, o servidor disse que é amigo há muito tempo dos familiares de J.F.B e que estava fazendo um favor. Por se tratar de medicação de uso controlado, e sua entrada em unidade penitenciária ser restrita, o servidor foi encaminhado para a Central de Flagrantes para as providências cabíveis.

A morfina é um analgésico narcótico potente destinado especialmente para o controle da dor aguda, no entanto, a superdosagem da substância pode levar à morte. O caso segue sob investigação da Polícia Civil.

NOTA

A Secretaria de Segurança Pública informa que o policial penal em questão, de 45 anos, foi detido na tarde desta segunda-feira(08.07),  na Penitenciária Central do Estado(PCE), em Cuiabá, e conduzido à unidade da Polícia Judiciária Civil para a adoção das medidas criminais cabíveis.

No âmbito administrativo, a Sesp-MT informa que está sendo instaurado procedimento para apurar a conduta do servidor.

A prisão se deu por tentativa de entregar, sem a devida prescrição médica, produto medicinal de uso restrito a um reeducando. 





Postar um novo comentário





Comentários (2)

  • Gordo

    Terça-Feira, 09 de Julho de 2024, 20h45
  • Povinho de VG. Só bandidos
    3
    0



  • FAZ O L !!!!!!!!!!!

    Terça-Feira, 09 de Julho de 2024, 19h07
  • POLICIA BANDIDA ESTA DE MT, PRISAO PRA ESTES ANIMAIS!!!!!!!!!!!!!!!
    3
    4









Copyright © 2018 Folhamax - Mais que Notícias, Fatos - Telefone: (65) 3028-6068 - Todos os direitos reservados.
Logo Trinix Internet