Polícia Domingo, 05 de Maio de 2019, 10h:50 | Atualizado:

Domingo, 05 de Maio de 2019, 10h:50 | Atualizado:

APÓS DENÚNCIAS

Quadrilha é presa traficando drogas entre duas cidades de MT

 

RODIVALDO RIBEIRO
PEIXOTO

Compartilhar

WhatsApp Facebook google plus

traficantes peixoto azevedo

 

Uma suposta quadrilha de traficantes formada por jovens entre 18 e 22 anos foi presa na noite de sexta-feira (3) em Peixoto de Azevedo (675 quilômetros de Cuiabá) quando, diz a Polícia Militar, eles realizavam um transporte de pasta-base de cocaína e maconha vindos da cidade de Matupá localizada cerca de nove quilômetros à frente.

De acordo com o boletim de ocorrência, após várias denúncias anônimas de que os jovens estariam incumbidos de distribuir os entorpecentes de um presidiário conhecido como “Maestro” e que estes estariam em posse de armas e volume considerável das substâncias citadas, a inteligência militar resolveu acompanhar a movimentação dos jovens.

Souberam então que M.R.C.R., 22 anos; L.R.S., 20; I.C.F., 20; T.S.L., 18; C.P.N., 18; e T.R.G., 19, levavam 2,5 quilos de pasta-base pura e 5,5 quilos de maconha para Matupá, no Setor Industrial, e que a entrega seria feita neste sábado (4).

Abordados por uma equipe ainda em Peixoto, no bairro Mãe de Deus, não chegaram a realizar o translado. Três deles foram detidos e contaram onde estava o restante do material apreendido, entre as quais algumas que chamam a atenção por ser de uso corrente de jovens: um console de videogame de fabricação japonesa Playstation com dois controles e um tablete.

Além dos eletrônicos, também foram apreendidos 244 pinos cheios de cocaína, maconha divididos em pequenas porções, 792g de pasta-base dividida em pequenas porções, três balanças de precisão, 250g de cocaína, uma espingarda adaptada para calibre 22, duas sacolas contendo diversos pinos para embalagem de cocaína e uma televisão 42 polegadas.

Segundo os militares, chamou a atenção o fato de “Maestro” ligar a todo instante da cadeia para saber como estava a movimentação e se tudo já “tinha sido distribuído para as demais bocas de fumo”. Todos os presos e o material apreendido foram levados para a delegacia de Peixoto de Azevedo para a Polícia Civil fazer as autuações devidas. 





Postar um novo comentário





Comentários

Comente esta notícia






Copyright © 2018 Folhamax - Mais que Notícias, Fatos - Telefone: (65) 3028-6068 - Todos os direitos reservados.
Logo Trinix Internet