Polícia Sexta-Feira, 04 de Setembro de 2015, 08h:02 | Atualizado:

Sexta-Feira, 04 de Setembro de 2015, 08h:02 | Atualizado:

LUTO NA CASERNA

Sargento da PM morre após ter carro atingido por bandidos em fuga em MT

Ataul Catelan é lotado na Força Tática de Cáceres e deixa 2 filhos

CARLOS DORILEO
CÁCERES

Compartilhar

WhatsApp Facebook google plus

postoataul.jpg

 

O sargento da Polícia Militar, Ataul Angêlo de Oliveira Catelan, 38, morreu em um acidente de trânsito na noite desta quinta-feira no município de Cáceres (250 km de Cuiabá). De acordo com informações da PM, ele estava com sua namorada a caminho de casa, quando o carro em que estava foi atingido por outro veículo ocupado por bandidos que fugiam da polícia.

O acidente aconteceu por volta das 23h, na região central do município. Conforme a Polícia Militar, um carro com três homens em atitude suspeita foi perseguido por uma viatura da polícia. Os bandidos empreenderam fuga e, em alta velocidade entraram na contramão na Rua 6 de Outubro. Neste momento, eles colidiram com a lateral do carro onde estava o PM e a professora Solange Benacchio.

Com o choque, os dois veículos ficaram totalmente destruídos. O policial, que estava no banco de passageiro, foi encaminhado em estado grave para o Hospital Regional, mas não resistiu e morreu logo após dar entrada na unidade hospitalar. A professora, com ferimentos leves, foi medicada e passa bem.

Já os bandidos sofreram ferimentos leves e também foram socorridos pelo Corpo de Bombeiros. Entre eles está Hugo Coberlino Neto, que cumpre pena no regime semiaberto por ter assassinado um jovem no ano de 2010. Ele usava tornozeleira eletrônica.

Os outros dois homens que estavam no carro não tiveram as identidades reveladas. A Polícia Civil está investigando o caso. 

Ataul é lotado no Batalhão da Força Tática de Cáceres. Aos 38 anos, ele deixa dois filhos menores de idade.





Postar um novo comentário





Comentários (3)

  • Povo de Mato Grosso

    Sexta-Feira, 04 de Setembro de 2015, 11h30
  • 23:00horas não era pra estar recolhido?? Se usava a tornozeleira o sistema deveria ter acusado que ele estava fora da determinação do juiz , é hora de ver o que está acontecendo esta semana outro usuário de tornozeleira num domingo assaltou a casa de um magistrado eai vai ficar assim? O que de errado acontece neste monitoramento?
    2
    0



  • Paulo

    Sexta-Feira, 04 de Setembro de 2015, 08h51
  • Sinceramente a lei tem que ser revista... acabar com a tal tornozeleira, crime é crime acabou... não é o primeiro que sai e volta a praticar crimes... o pior que com bandido não aconteceu nada... como o colega abaixo disse ainda tem socorro de urgência... é pra acabar mesmo.
    7
    0



  • Muniz

    Sexta-Feira, 04 de Setembro de 2015, 08h32
  • IMPRESSIONANTE COMO BANDIDO TEM SORTE, NÃO MORRE E AINDA TEM SOCORRO DE URGÊNCIA, É PRA ACABAR MESMO.
    21
    0









Copyright © 2018 Folhamax - Mais que Notícias, Fatos - Telefone: (65) 3028-6068 - Todos os direitos reservados.
Logo Trinix Internet