24 de Agosto de 2019,

Polícia

A | A

Domingo, 21 de Julho de 2019, 22h:39 | Atualizado:

CHURRASCO CANCELADO

TJ manda soltar homem preso por furtar 8 picanhas em Cuiabá

J.P.M.N. tentou furtar oito peças de picanha do Fort Atacadista no início deste mês de junho. Ele foi preso mas teve a prisão substituída nesta terça-feira por outras medidas cautelares


Da Redação

picanha.jpg

 

Um homem que tentou roubar oito peças de picanha num supermercado de Cuiabá saiu da prisão após acórdão (decisão colegiada) da 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça (TJ-MT). Os magistrados seguiram por unanimidade o voto do desembargador Orlando Perri, relator do habeas corpus que pedia a liberdade do homem que tentou furtar os 8 quilos de picanhas, cujas iniciais são J.P.M.N.

Mesmo apresentando antecedentes criminais, Perri ponderou que seria mais adequado substituir a prisão por outras medidas cautelares – como a obrigação de recolhimento noturno em sua residência, por exemplo. “É um furto simples tentado. Ele roubou aqui neste caso 8 picanhas do supermercado. A prisão foi decretada como garantia da ordem pública. Ele tem registros criminais anteriores. Ele responde por receptação e um furto qualificado. Eu, neste caso, 8 picanhas... Eu estou substituindo a prisão senhor presidente”, resumiu o desembargador Orlando Perri.

De acordo com informações do processo, J.P.M.N., de 23 anos, trabalha e é morador de Várzea Grande, na região metropolitana. Ele teria se dirigido a uma das unidades do Fort Atacadista, na Capital, e escondido as oito peças de picanha dentro de sua mochila.

Ao sair do estabelecimento comercial ele foi abordado pelos seguranças privados do supermercado. A tentativa de furto ocorreu no dia 8 de junho deste ano.

 

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Contribuinte Indignado | Segunda-Feira, 22 de Julho de 2019, 08h05
    0
    0

    Para esse que furtou 8 peças de picanha, todo rigou da Lei. Para os corruptos que defraudaram o Estado, a lei não existe. Cadê o criminoso Éder de Moraes, o Rica e o Silval. Ninguém vai pra cadeia? O Éder de Moraes, por exemplo, se recusa a devolver o dinheiro roubado do contribuinte.

  • José | Segunda-Feira, 22 de Julho de 2019, 07h18
    0
    0

    Se já está em liberdade aquele que roubou um bilhão porque não soltar quem tentou roubar oito picanhas?

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS