20 de Outubro de 2019,

Polícia

A | A

Domingo, 15 de Setembro de 2019, 13h:00 | Atualizado:

TEXTO NO WHATSAPP

Veja mensagem em que namorado confessa ter matado empresária


Gazeta Digital

valdir-assassino1.jpg

 

Em mensagem enviada ao WhastApp de um amigo, Valdir Gomes de Lima, 49, afirma que matou a namorada Maria Lúcia Lustosa Sabino, 48, após ela ter feito muitas cobranças. O conteúdo da mensagem já está com a Polícia Civil, que segue investigando o feminicídio. Corpo de Maria Lúcia foi encontrado no começo da tarde de sábado (14), em um apartamento no bairro Jardim Aeroporto, em Várzea Grande.

No entanto, a Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) estima que ela estava morta há pelo menos 10 horas. E a estimativa bate com a linha do tempo da investigação, já que Valdir foi visto deixando a casa da mulher às 3h em uma motocicleta vermelha. 

Minutos depois, encaminhou uma mensagem ao amigo, dizendo que havia matado Lucia e que iria se matar. As mensagens começaram às 3h08 da madrugada. “Oii. Matei Lucis (sic). Vou me matat (sis). Amo você”, diz trecho da mensagem.

Já às 3h11, ele retoma, dizendo que Lúcia estava fazendo muitas cobranças e que havia o mandado embora de casa. “Jogou como cachoeo (sic)”. Ele continua às 3h24, “Lembra que te falei hoje, vou matar Lúcia vou me matar. Muitacovranca (sic)”.

Sem respostas, já às 8h54 retomou a tentativa de diálogo. “Urgente”, disse. Polícia fez buscas por locais apontados por amigos, mas Valdir não foi encontrado. 

A investigação da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) segue. Corpo de Lúcia começou a ser velado na madrugada de domingo (15), na capela Santo Antônio, em Várzea Grande. O sepultamento foi marcado para o período da tarde.

mensagemwhatss.jpg

 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS