09 de Dezembro de 2019,

Política

A | A

Segunda-Feira, 02 de Dezembro de 2019, 16h:05 | Atualizado:

DEU NA VEJA

Aposentado, coronel de MT articula para ser presidente da Embrapa

Novacki conta com apoio do agronegócio brasileiro

Eumar-Novacki1.jpeg

 

O coronel da reserva da Polícia Militar de Mato Grosso, Eumar Novacki, articula para ser o novo presidente da Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária). A informação é da coluna Radar, da Revista Veja.

Ex-secretário-geral do Ministério da Agricultura, no período em que Blairo Maggi comandou o órgão, Novacki tem simpatia do setor ruralista. Segundo a Veja, esse “apoio” é considerado pelo presidente da República, Jair Bolsonaro.

Contudo, pesa contra o mato-grossense a “resistência” da ministra Tereza Cristina em nomear um quadro técnico para o cargo. “Para assumir a Embrapa, há quem diga que é necessário qualificação – leia-se mestrado e/ou doutorado. Não é o caso de Novacki”, diz a coluna.

Coronel da PM de Mato Grosso, Novacki atua em cargos políticos há mais de uma década. Na gestão de Maggi no Governo do Estado, ocupou as secretarias de Comunicação e da Casa Civil. Quando o ex-governador se elegeu senador da República, em 2010, Novacki se tornou um de seus principais assessores no Congresso.

Em 2016, quando Maggi assumiu o Ministério da Agricultura na gestão de Michel Temer (MDB), o coronel da PM se tornou secretário-geral do órgão, o principal nome depois do ministro. Por mais de uma vez, assumiu como titular da pasta, nas ausências de Maggi.

Com o fim da gestão Temer, Novacki foi nomeado, em janeiro deste ano, como secretário da Casa Civil do governo do Distrito Federal, sob gestão de Ibaneis Rocha (MDB). Ele deixou a função em maio deste ano.

OUTRO LADO

Eumar Novacki afirma que jamais fez qualquer movimento para ser indicado à presidência da Embrapa. Apesar de ser bacharel em direito e Mestre em administração, acredita que para presidência da Embrapa, nomes melhores estão na própria Instituição.

novacki-embrapa.jpg

 

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • Benedeti | Segunda-Feira, 02 de Dezembro de 2019, 19h58
    2
    0

    A imprensa parcial funciona assim : pagando bem que mau tem. Nenhuma novidade sob o lambe lambe do tio mágico.

  • Adriana Soares | Segunda-Feira, 02 de Dezembro de 2019, 19h21
    0
    2

    Seria a melhor escolha sem dúvida. Agradaria o setor. O cara sabe o que faz. Mas duvido muito que ele aceitaria. Ele vai é brilhar na iniciativa privada

  • Armindo de Figueiredo Filho | Segunda-Feira, 02 de Dezembro de 2019, 19h17
    3
    0

    Sempre mamou nas tetas do Governo ...!! Não quer largar nunca. Foi demitido do Gov. do GDF.....não fez NADA!!! aliás, nunca Fez. Sempre nas barras da saia do Blairo...deveria seguir seu padrinho, ou seja, levantar as chuteiras...apesar de ser jovem, MAS, não tá com NADA!!! Fim de Papo....

  • Adriana Soares | Segunda-Feira, 02 de Dezembro de 2019, 19h02
    0
    2

    Seria a melhor escolha sem dúvida. Agradaria o setor. O cara sabe o que faz. Mas duvido muito que ele aceitaria. Ele vai é brilhar na iniciativa privada

  • alex | Segunda-Feira, 02 de Dezembro de 2019, 16h54
    6
    0

    Infelizmente isso acontece caro Raimundo; infelizmente; tal cargo haveria de ser ocupado por servidor qualificado, mas, é bem provável que será ocupado por algum PUXA-SACO de alguma RAPOSA velha da política; certamente tal cargo será ocupado por certo CHEIRADOR DE SACOOOOO DO BLAIRO MAGGI

  • Raimundo | Segunda-Feira, 02 de Dezembro de 2019, 16h12
    16
    2

    Brasil é complicado, país de gente atoa, cargo que deveria ser ocupado por funcionários de carreira é ocupado por quem não tem o mínimo perfil, é imoral, um absurdo.

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS