26 de Abril de 2019,

Política

A | A

Sexta-Feira, 13 de Março de 2015, 15h:53 | Atualizado:

CONTA ÚNICA

Estado notifica 53 por desvio de R$ 101 milhões na Sefaz

Auditoria aponta que 12 empresas e 41 pessoas físicas foram beneficiadas

sefaz-mt.jpg

 

O secretário de Fazenda de Mato Grosso, Paulo Brustolin, anunciou nesta sexta-feira (13.03) que o governo cobrará judicialmente, por meio da Procuradoria Geral do Estado (PGE), as empresas envolvidas no esquema que desviou R$ 101,1 milhões da Conta Única, no período de 2003 a 2011. Auditoria realizada no Tesouro Estadual detectou que 12 pessoas jurídicas foram beneficiadas com dinheiro público, além de 41 pessoas físicas. 

O resultado do trabalho realizado pela Controladoria Geral do Estado subsidia Inquérito e Ação Penal conduzida pelo Ministério Público do Estado. Os apontamentos indicam que as causas da fraude foram vulnerabilidades operacionais e tecnológicas no âmbito da Secretaria-adjunta do Tesouro. A CGE, antiga Auditoria Geral do Estado, fez as devidas recomendações para que as fragilidades fossem sanadas, no entanto, elas não foram acatadas pelas administrações passadas. 

O esquema foi identificado em 2011 por meio da denúncia de que pessoas sem nenhum vínculo com o Estado estavam recebendo dinheiro público. Em 2012 apurou-se que mais de R$ 100 milhões haviam sido pagos irregularmente. A conclusão da auditoria realizada pela atual gestão constatou que “pouquíssimas recomendações sugeridas pela CGE ao longo dos anos foram implementadas”. 

Diante da situação, a Sefaz adotou um plano de providências com uma série de ações que serão desenvolvidas para solucionar as vulnerabilidades encontradas, sendo que algumas delas já foram colocadas em prática pelo secretário. O documento será protocolado junto ao Ministério Público, Tribunal de Contas e CGE. “Além disso, o governo não descarta a possibilidade de uma consultoria de porte internacional para revisão detalhada de vários processos, conforme o Decreto nº 04/2015, assinado pelo governador Pedro Taques”, completa Brustolin.

As ações terão o apoio do Comitê Interinstitucional de Recuperação de Ativos (CIRA), criado em fevereiro desde ano com a finalidade de propor medidas judiciais e administrativas para o aprimoramento das ações e da efetividade na recuperação de ativos de titularidade do Estado.

Postar um novo comentário

Comentários (10)

  • Cristina | Sexta-Feira, 13 de Março de 2015, 21h41
    2
    2

    Valhacoutos disse tudo. Onde estavam o TCE, AGE, PGE, DEFAZ, MP e até o STN? Onde estavam os Deputados? As safadezas rondaram por todos os Poderes. As manobras da Fonte 100 eram impostas, enfiadas goelas abaixo pela SEPLAN e SEFAZ, e com anuência, é claro, dos representantes das duas pastas. Mas oque está parecendo, é que mudou o governo e a mesmice continua. Tem Secretário que não sabe nem como dar um parecer, acham que estão na iniciativa privada. Uma coisa é promessa de campanha, outra é sentar na cadeira, fazer e acontecer. E a tão falada transparência? Com todo respeito pela pessoa que é, mas botava mais fé em você, D. Adriana Vandoni. Tá patinando, hem! A expressão que tanto usavam " Pau que bate em Chico, bate em Francisco" não tá funcionando bem no começo desse governo. É uma pasta com belíssimas atribuições, mas é uma das únicas que depende de todas as outras. E aí, fica muito difícil! Infelizmente as escolhas dos gestores para representá-las, só por Deus! Acham que estão na iniciativa privada.

  • Servidor | Sexta-Feira, 13 de Março de 2015, 21h39
    2
    3

    ACHO INTERESSANTE O GOVERNADOR PEGA O TRABALHO DO AUDITORIA GERAL DO ESTADO AGORA CGE DIVULGA E EM SEGUIDA DIZ QUE PODERÁ CONTRATAR UMA AUDITORIA INTERNACIONAL. EU PERGUNTO É PORQUE TÁ SOBRANDO DINHEIRO? SE AUDITORIA FOI CAPAZ DE INVESTIGAR E DIVULGAR ESTE DADOS É MESMA AUDITORIA NÃO SERIA CAPAZ DE FAZER QUALQUER TRABALHO DE FISCALIZAÇÃO? PORTANTO, VAMOS PARÁ DE DEMAGOGIA E VALORIZAR OS TÉCNICOS DO ESTADO . E IGUAL A QUESTÃO QUE GOVERNADOR IRIA NOMEAR COMO SECRETÁRIO SÓ PESSOAS DE MUITO CONHECIMENTO E APOLÍTICOS, OU SEJA QUE OS ESCOLHIDOS SERIA OS SUPRASSUMOS DO CONHECIMENTO E AGORA O GOVERNO ESTA CONVOCANDO OS GESTORES PARA NOS DIAS 14 E 15 DE MARÇO PARA SEREM TREINADOS PELOS SERVIDORES DE CARREIRA DO ESTADO QUE TEM CONHECIMENTO NAS ÁREAS DEFINIDAS PARA TREINAR OS SUPRASSUMOS, DESTA FORMA, ALGO ESTA ERRADO PORQUE SERIA OS SUPRASSUMOS QUE DEVERIAM ENSINAR OS SERVIDORES. OLHA É MUITO BLA,BLA,BLA......

  • matogrossenseroxo | Sexta-Feira, 13 de Março de 2015, 19h17
    7
    1

    quais sao as empresas

  • Anselmo | Sexta-Feira, 13 de Março de 2015, 18h13
    8
    1

    Porque não falam nada sobre essa pilantragem do secretário adjunto da fazenda: http://www.muvucapopular.com.br/noticias/?NoticiaCod=2040

  • Celso | Sexta-Feira, 13 de Março de 2015, 17h21
    11
    0

    Sempre roubaram os cofres públicos deste Estado. Muita gente que ocuparam cargos públicos relevantes neste Estado, hoje, estão ricos, com muito patrimônio. Infelizmente, este é o Brasil, país da impunidade. O que fizeram nesse governo de 12 anos em Mato Grosso é brincadeira. Sabe por quê? Porque tinham a certeza de que nada iria acontecer, ou melhor, nada acontecerá. Ao final, nenhum dinheiro será restitido aos cofres deste Esttado.

  • Ana Cristina | Sexta-Feira, 13 de Março de 2015, 16h42
    44
    4

    Ficaria melhor esse titulo "Procuradores, Auditores, Governador e Secretario fecharam os olhos na SEFAZ. DÁ UM POSITIVO QUEM CONCORDA! Cadeia nesse povo!

  • NOMES ???? | Sexta-Feira, 13 de Março de 2015, 16h37
    19
    0

    E OS NOMES ?????????????????????????????????????????

  • JOCA | Sexta-Feira, 13 de Março de 2015, 16h20
    16
    2

    ACREDITO QUE O PROPRIO MINISTÉRIO PUBLICO E A JUSTIÇA DEVAM OUVIR PRIMEIRO OS ACUSADOS PARA DEPOIS EVENTUALMENTE ACEITAR A DENUNCIA , ISSO É PRUDENTE, PORQUE ESSE GOVERNO SÓ FAZ BARBEIRAGENS. HÁ QUEM VAI INVESTIGAR A CONSIGNUS - ATENCAO CONTROLADOR GERAL - VC ESTA ALERTADO PARA O CASO CONSIGNUS QUE ESSE GOVERNO TA MAMANDO 500 MIL POR MES ( CASA CIVIL)

  • VALHACOUTOS | Sexta-Feira, 13 de Março de 2015, 16h18
    18
    5

    ATENÇÃO AOS COMPONENTES DESSE GOVERNO DE VALHACOUTOS E PELINTRAS: 1 - CUIDADO COM ACUSAÇÃO FALSA E CITAR NOMES QUE NÃO TEM NADA A VER COM ISSO 2- QUANDO VOCES VAO COMEÇAR A GOVERNAR 3- ESSE CONTROLADOR GERAL DE HOJE , ERA DA AUDITORIA DE ONTEM, PORTANTO DEVE SER TAMBEM RESPONSABILIZADO. 4 - HAVIA NA SEFAZ UMA DELEGACIA FAZENDARIA, UM PROCURADOR DO ESTADO FIXO , UM AUDITOR DO ESTADO FIXO.... ENFIM TODOS TEEM QUE SER RESPONSABILIZADOS... 5 - CHEGA DESSA MANOBRA DE MASSA , INVESTIGUEM O PROPRIO BRUSTOLIN POR DESVIOS DE RECURSOS DO FETHAB EM FUNÇÃO ERRADA. 6 - POR USO DE FUNDOS NA FONTE 100, SEM AUTORIZAÇÃO... 7 - POR CONIVENCIA COM RENUNCIAS FISCAIS 8- POR GESTAO TEMERÁRIA 9- PRA ENCERRAR TEM QUE INVESTIGAR DESDE O GOVERNO DO PSDB

  • Luis | Sexta-Feira, 13 de Março de 2015, 16h05
    23
    3

    Acredito que a chamada da matéria não ficou legal, pois o governo não descobriu o desvio, apenas revelou que as empresas foram beneficiadas, pois a descoberta foi pela Delegacia Fazendária, cuja investigação está com o MPE.

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS