19 de Junho de 2019,

Política

A | A

Sábado, 12 de Janeiro de 2019, 15h:55 | Atualizado:

CALOTE DE R$ 400 MILHÕES

Bolsonaro sinaliza que não pagará FEX para MT no 1º semestre de 2019

União insiste em prejudicar Mato Grosso e aumentar caos nas finanças

bolsonaro-posse.JPG

 

Em reunião com os ministros Onix Lorenzoni (Casa Civil) e Gustavo Bebianno (Secretaria Geral da Presidência), no início desta semana, o senador José Medeiros (Podemos) cobrou o pagamento de R$ 400 milhões do Auxílio Financeiro de Fomento às Exportações (FEX) para Mato Grosso. Medeiros, que coordena a bancada federal de Mato Grosso no Congresso Nacional, fez um relato da situação financeira do Estado e a urgência na liberação dos recursos para amenizar o impacto da crise, principalmente no pagamento do salário dos servidores públicos estaduais.

“É inadmissível que todos os anos a novela do FEX se repita. Coloquei a situação para os ministros, que se mostram sensíveis em resolver o problema. Na próxima semana, pretendo me reunir com o presidente Jair Bolsonaro para expor a situação do estado e cobrar prioridade na liberação do fundo”, disse Medeiros. Ele destacou ainda, o empenho dos parlamentares para a liberação do recurso no final do ano passado. “Pressionamos para que o FEX fosse liberado dentro do prazo, que era 31 de dezembro. Infelizmente, não foi possível. O governo federal não se mostrou sensível em resolver o problema”.

O parlamentar também garantiu ao governador Mauro Mendes empenho da bancada federal em ajudar o estado a sair da crise e retomar os investimentos que tanto a população mato-grossense almeja. “A bancada ajudando o governador Mauro Mendes destravar algumas questões em Brasília, como a liberação de FEX e os outros recursos. Nós vamos atuar para aproximar o governo de Mato Grosso do presidente Bolsonaro”.

O senador lembra que o pagamento do FEX não é uma “esmola” que a União dá aos estados. “O fundo foi criado para compensar financeiramente os estados exportadores depois que a Lei Kandir isentou a cobrança do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) de produtos destinados à exportação. Mato Grosso é o estado que tem a maior participação na distribuição dos recursos do FEX. Por isso, não podemos ficar de pires nas mãos implorando por um direto nosso”, destaca o coordenador da bancada.

No encontro com os ministros, Medeiros discutiu também a importância do governo federal ajudar Mato Grosso a resolver um dos seus principais gargalos, que é a infraestrutura. O parlamentar pediu o compromisso do governo Bolsonaro para destravar as obras da Ferrovia de Integração do Centro-Oeste (FICO) e da duplicação da BR-163.

Postar um novo comentário

Comentários (28)

  • CHARLES | Domingo, 13 de Janeiro de 2019, 20h11
    4
    1

    QUE FALTA DE PROFISSIONALISMO DA FOLHAMAX. COPIARAM A MATÉRIA DA JORNALISTA SANDRA COSTA no "SITE" LEIA AGORA. VOCÊS NÃO TÊM VERGONHA? A MATÉRIA DELA, INCLUSIVE, TEM O TÍTULO DIFERENTE: "Com mi­nis­tros de Bol­so­naro, se­nador cobra FEX para pagar sa­lá­rios de ser­vi­dores de MT". A matéria dela foi escrita no dia 11/01/2019 e a de vocês COPIADA e COLADA em 12/01/2019. QUE VERGONHA, MEU DEUS! QUE VERGONHA! "

  • Cesar | Domingo, 13 de Janeiro de 2019, 14h02
    3
    0

    No texto diz que foi o Temer que não pagou,é agora querem botar a culpa no Bolsonaro? Fala sério. Bando de petista. Chora mais.

  • CHARLES | Domingo, 13 de Janeiro de 2019, 13h44
    5
    0

    Vou denunciar esta matéria que nada tem a ver com BOLSONARO para a ASSESSORIA dele. Comunistas na imprensa têm que levar ferro! Vergonha a FOLHAMAX comportar-se desta maneira! E outra: a FOLHAMAX não faz a mínima questão de que os COMENTÁRIOS tenham uma seleção, um controle, um FILTRO, por CADASTRO prévio com dados particulares dos comentaristas, evitando que FAKES usem do anonimato. FAKES COVARDES! Vocês irão pagar!

  • Paulo medeiros | Domingo, 13 de Janeiro de 2019, 09h34
    3
    1

    O engraçado é que tem um monte de tapados, que não sabem votar e estão nos chamando de idiotas, o que a matéria tem haver com o Bolsonaro? O jornal devia ter vergonha disso.

  • Já pensou. | Sábado, 12 de Janeiro de 2019, 22h14
    1
    2

    Joenes, você pica pau mesmo?

  • Amarantes | Sábado, 12 de Janeiro de 2019, 22h12
    7
    0

    Mas enquanto isso em um Estado q o atual governador disse que está quebrado . O Governo do Estado destinou R$ 300 mil para a produtora Artes Brasil Produções Artísticas realizar um filme no Estado. O filme documental é intitulado “Nós”.

  • Altair Antonio Bedin | Sábado, 12 de Janeiro de 2019, 21h39
    2
    8

    vocês que conhecem a história do caçador de marajás (Color de Melo)pois aí está um caçador de dinheiro, para tornar-se um verdadeiro Príncipe junto com seus educados filhinhos e esposa . Porque não colocar o honesto Pastor Malafaia, juntamente com toda a bancada evangélica e um monte de bispos Católicos da mesma ganância por dólares. Como vocês são inocentes!

  • Paulo | Sábado, 12 de Janeiro de 2019, 21h09
    3
    2

    É melhor Jair se Arrependendo... Mico! Mico! Mico!

  • José França Rr | Sábado, 12 de Janeiro de 2019, 20h54
    3
    0

    Mato grosso nunca sai da fossa. Esse DUODÉCIMO dos 3 poderes. Só aumenta. Exemplo: TJMT ano 2018 era 1bilhão e 18 Milhões. Pra 2019 querem 💯 Milhões a + Aí a VACA vai pro brejo. MPE no mesmo caminho. TCE mesmo rumo. Legislativo na mesma Rota. kkk aí EXECUTIVO servidor tem que ficar sem RGA salários parcelados etc.. ∆ trava essa SEFAZ, Detran, Semana, INDEA etc.. vai ARRECADAR o que??? esses são os EXECUTIVOS que arrecada ... Ahhhh Chupa essa povãooo,

  • CHARLES | Sábado, 12 de Janeiro de 2019, 20h22
    9
    6

    Gente, será que vocês leram o texto direito? Aprendam a ler, seus ANALFABETOS FUNCIONAIS que estão criticando o BOLSONARO. No texto diz que AINDA vão conversar com BOLSONARO. QUEM NÃO QUIS RESOLVER E NÃO RESOLVEU FOI O EX-PRESIDENTE TEMER. E você, Jornalista esquerdinha. Que papelão! Fazendo jornalismo de 5a categoria. Seja ISENTO! Na sua Faculdade de Jornalismo Comunista não ensinaram a falar a verdade? Acredito que não! Só ensinaram a mentir.

  • Dr peninha | Sábado, 12 de Janeiro de 2019, 20h00
    3
    1

    *É crime caluniar ou difamar o Presidente da República com expressões ofensivas à reputação - Pena: Reclusão de 1 a 4 anos.”* Veja bem senhores, o IP da máquina é sua identidade.

  • . | Sábado, 12 de Janeiro de 2019, 19h42
    2
    6

    É melhor já ir se acostumando com o fumo quente no tubifresh. Toma funcionalismo público que elegeu o bozonario!!! Vamos rir porque chorar entope o nariz kkkkk

  • Servidor do Estado | Sábado, 12 de Janeiro de 2019, 19h21
    4
    0

    Gente, a culpa não é de servidores públicos! Aproveitem concursos públicos e tenham oportunidade tbm. Não fiquem remoendo de inveja de servidores! Passem, ainda tem oportunidade! Acredito em vcs, mas não fiquem com ódio de servidores públicos! NÃO É ESMOLA, É DIREITO!

  • Pedro | Sábado, 12 de Janeiro de 2019, 19h18
    1
    4

    Tiro em MT kkk

  • Albert carlos | Sábado, 12 de Janeiro de 2019, 19h17
    2
    4

    Kkkkk.......vota neles bando de babaca..... MM .......falso e traíra......Bolsonaro......Color popular .....kkmmmm.......votam servidores publicos MM.....KKKKK

  • Marcos Justos | Sábado, 12 de Janeiro de 2019, 18h25
    3
    1

    Pelo visto tem muito PETISTA fazendo comentários sobre a matéria, inclusive o editor que a públicou. Bando de asnos!! Vejam que o FEX não foi liberado em 31/12/208, nessa época não era o MITO o presidente. Enquanto o Governo de MT não adequar as despesas às receitas e Honrar seus compromissos FINANCEIROS com a UNIÃO, o GOVERNO FEDERAL não vai pagar a Conta. NÃO se esqueçam que o FEX não foi pago ano passado e que o MITO assumiu só tem 14 dias, o Caus que está aí é resultado de 16 anos de incompetência na gestão FEDERAL. Ahhh, quem não estiver satisfeito, o CAMINHO p VENEZUELA está livre, podem se Mudar!

  • Um homem comum | Sábado, 12 de Janeiro de 2019, 18h11
    2
    0

    O Gov. De MT não fez a sua parte, que é dividir a dificuldade financeira do estado com os demais poderes e taxar o agronegócio, portanto, não tem moral nenhum pra exigir duodécimo do Gov. Federal.

  • Ativista político | Sábado, 12 de Janeiro de 2019, 18h07
    1
    1

    Joenes pica pau, larga de ser ridículo...Teu ídolo e mito Bolsonaro tbm é servidor público,vá estudar!!!

  • alexandre | Sábado, 12 de Janeiro de 2019, 17h44
    2
    1

    Se o governo fosse do PT não haveria FEX, Dilma também atrasou os pagamentos, ou ia tudo pra movimento social... patrocinado.bolsonaro começou agora.

  • JK | Sábado, 12 de Janeiro de 2019, 17h02
    39
    25

    O Estado que deu quase 70% de votos para o cujo chamado de MITO, mostra-se insensível ao pedido de liberação do FEX, bem legal a receptividade do capitão aos seus “eleitores” mato-grossenses.

  • alexandre | Sábado, 12 de Janeiro de 2019, 17h01
    31
    5

    Não tem FEX, ou se trata a questão dos super duodécimos com a seriedade necessária, ou todos vão entrar em greve, por vários meses, não dá para bancar insolvência com megas salários nos poderes, está crise não é minha.. no monte Olimpo tem reservas... Se os estados não consegue pagar, tiro licença e vou trabalhar pro governo federal.tenho que manter minha família..

  • eleitor brasileiro | Sábado, 12 de Janeiro de 2019, 16h58
    34
    31

    os idiotas que votarem nesse presidente trapalhão tá aí o resultado, aprendam a votar!!!!!!!

  • MARILENE DENARDI | Sábado, 12 de Janeiro de 2019, 16h48
    20
    3

    Joenes Pica Cua. Você é uma mirdi. Fex nada haver na sua conotação. Vai estudar

  • alexandre | Sábado, 12 de Janeiro de 2019, 16h47
    30
    2

    Não vem fex, taxa o agronegócio mesmo ICMS, chega de esmolas..

  • Leal | Sábado, 12 de Janeiro de 2019, 16h41
    19
    4

    Caro Folhamax,José Medeiros é Deputado Federal,não Senador...

  • João Batateiro | Sábado, 12 de Janeiro de 2019, 16h36
    32
    2

    Joenes pica pau. Quanto rancor? É recalque por nunca ter sido aprovado em concurso público? Estuda um pouquinho mais que você consegue. Não perca a esperança.

  • Zé mané | Sábado, 12 de Janeiro de 2019, 16h16
    35
    2

    Começou a novela desse bendito FEX... O estado tem grana para tudos os seus gastos... O problema está em não dar a uns mais do que a outros... AL, MPE, e ect, gastam a verba toda do executivo e cia... Aí não há dinheiro que chega...

  • Joenes pica pau | Sábado, 12 de Janeiro de 2019, 16h07
    8
    57

    Servidores públicos idiotas, sanguessugas tem mais é que se ferrar...Bolsonaro neles !!!

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS