Política Segunda-Feira, 01 de Abril de 2019, 17h:53 | Atualizado:

Segunda-Feira, 01 de Abril de 2019, 17h:53 | Atualizado:

ALARME FALSO

Bope nega que artefato recebido por cabeleireira seja bomba em Cuiabá

 

DIEGO FREDERICI
Da Redação

Compartilhar

WhatsApp Facebook google plus

bomba.jpg

 

Um relatório elaborado por agentes do Batalhão de Operações Especiais (Bope) apontou que o artefato recebido por uma cabeleireira de Cuiabá no sábado (30), não era uma bomba. A Polícia Civil deve investigar o caso já que, junto com o pacote que tinha o material semelhante a explosivos, foi deixado também um bilhete.

A encomenda foi endereçada a uma funcionária de um salão de beleza. Após a denúncia, a polícia isolou a área e levou cerca de 2h para retirar o material.

A situação foi registrada na Rua Joaquim Murtinho, região central da capital mato-grossense.

Segundo a Polícia Militar, uma pessoa teria deixado um pacote ao gerente do salão. A encomenda estava direcionada a cabeleireira Gabriele Campos Castro. O pacote foi deixado às 11h e foi aberto pela vítima às 14h.

Ela, ao abrir e perceber que seriam explosivos, jogou o pacote na frente do salão e ligou para a polícia. Gabriele encontrou uma planta artificial e um pacote embrulhado com guardanapo.

A funcionária afirma que não tinha inimizades ou recebido algum tipo de ameaça. Outras funcionárias, inclusive uma que está grávida, também estavam no salão no momento em que a sacola foi aberta.

 





Postar um novo comentário





Comentários

Comente esta notícia






Copyright © 2018 Folhamax - Mais que Notícias, Fatos - Telefone: (65) 3028-6068 - Todos os direitos reservados.
Logo Trinix Internet