20 de Outubro de 2019,

Política

A | A

Sexta-Feira, 20 de Setembro de 2019, 13h:10 | Atualizado:

FORÇA DA MÁQUINA

Campos "crava" Emanuel no 2º turno e vê erro do DEM por não definir candidato

Segundo ex-governador, prefeito "está reinando sozinho" por culpa da oposição


Da Redação

julio-emanuel.jpg

 

Ex-governador, ex-senador e ex-deputado federal, Júlio Campos (DEM) avaliou que o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), é “carta certa” no segundo turno das eleições municipais do ano que vem porque dispõe do uso da máquina pública a seu favor. A avaliação ocorreu em entrevista ao Jornal da Capital, na Rádio Capital FM, na manhã desta sexta-feira (20).

“Não tenho dúvida que ele estará no 2º turno. Um prefeito em exercício vai pro segundo turno, dificilmente você vai tirar”, disse o democrata.

Lembrando pelo apresentador do programa, o radialista Antero Paes de Barros, de que o ex-governador Pedro Taques (PSDB) ficou em terceiro lugar na tentativa de reeleição ao Palácio Paiaguas, Campos não poupou o tucano. “É que o Pedro Taques é um desastre ecológico, diferente do Emanuel, que é muito habilidoso”, comparou.

Sobre a possibilidade do apoio do DEM a uma provável candidatura a reeleição do prefeito, Júlio lembrou da proximidade que a família Campos possui com a Pinheiro. Segundo ele,  apesar de “toda safadeza e traições” que levaram Emanuel Pinheiro a sair do então PFL, isso é perfeitamente "superável". 

 

Contudo, apesar de elogiar o atual prefeito, pontuou que não existe qualquer compromisso em apoiá-lo. “A gente não consegue ser inimigos e também não posso dizer pra você que a administração dele vai mal. Comparando ele com vários outros prefeitos de Mato Grosso, seu trabalho tem que ser reconhecido. Isso não significa que apoiar sua administração, querer o sucesso do seu governo, nos faz ter compromisso de apoiá-lo em reeleição para prefeito de Cuiabá. Já disse mais de uma vez que o DEM de Mato Grosso tem suas metas para 2020”, frisou.

Provocado sobre o disse-me-disse de bastidores dando conta de um desejo dele em ser vice de Emanuel no ano que vem, riu e ironizou, lembrando seu status de ex-governador e senador, além do currículo extenso na vida pública. Assim, vê-lo na vida pública novamente, só se for vencendo uma eleição, pois esnobaria até Mauro Mendes, caso o chamasse pra ser secretário. "Só posso voltar pro Palácio Paiaguás como governador ou como vice, só posso voltar pro Palácio Alencastro se for pra ser prefeito ou vice, mas desde que seja dentro do meu partido. Se for o DEM, que tem um projeto de conquistar a prefeitura de Cuiabá, e nós temos quatro nomes trabalhando esse projeto político", disse, citando o ex-deputado Fábio Garcia, os secretários Gilberto Figueiredo e Mauro Carvalho e ainda o apresentador de TV, Roberto França.

Questionado se, justamente por ter esses nomes, o DEM ainda não tem candidato, o ex-governador atribuiu a decisão a Mauro Mendes, que condicinou a definição a "março ou abril" do ano que vem. Para Campos, a indefinição é benéfica a Emanuel Pinheiro, que está "reinando forte" por culpa da oposição. 

"Como vamos passar à frente do governador? Outra coisa, o Fábio Garcia, que seria o nome principal do DEM, isso foi definido dois anos atrás, foi combinado mais ou menos isso, está morando em Rondonópolis, está presidindo as empresas do sogro, cuidando de interesses particulares. O segundo nome mais bem visto no DEM é o do professor Gilberto Figueiredo que faz um belíssimo trabalho na Secretaria de Saúde, é um ótimo gestor, só que não está nem filiado ao DEM, porque pela lei partidária só pode filiar em março do ano que vem, pois ele é vereador em exercício do PSB. Outro nome lembrado no partido é o atual chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, que sequer também é filiado ao partido, continua filiado no PR. É um hábil negociador toca a Casa Civil com seriedade e competência. O quarto nome lembrado é o ex-prefeito Roberto França que condicionou filiar-se ao DEM desde que ele tivesse um projeto definido de candidatura", expõe Campos.

Houve inclusive a marcação de uma audiência entre Roberto e o governador, mas Mauro dissera ao apresentador que só pode definir isso em abril porque tem um "sério compromisso com Fábio Garcia". "Agora, nós não podemos deixar de reconhecer que Emanuel tem um trabalho bem avaliado pela população e que a gente não pode hostilizá-lo só por isso. Porque ele tem dado aceno de que não quer mais brigar. A gente que é político mais antigo, mais habilidoso, acha que não interessa pra população cuiabana esse atrito permanente entre o governador do Estado, do nosso partido, e o prefeito da capital de um partido aliado, porque não podemos desconhecer que o MDB em nível estadual está aliado com o DEM para manter o governo Mauro Mendes em alta no sentido do apoio da Assembleia Legislativa", continuou Júlio. 

Na contramão disso, sempre na visão dele, Emanuel já está fazendo campanha, ainda que não admita, ao inaugurar obras e mais obras, com ampla divulgação da imprensa. Enquanto isso, o DEM está parado, esperando pra definir sua vida somente em abril do ano que vem, por determinação de Mauro Mendes. "Habilidade política é uma coisa importante. Tem que saber ter".

 

Postar um novo comentário

Comentários (11)

  • Ggm | Sexta-Feira, 20 de Setembro de 2019, 17h26
    2
    0

    Essa imprensa ajuda acelerar o atraso.

  • Robson Souza | Sexta-Feira, 20 de Setembro de 2019, 17h20
    2
    0

    Quem tem esse senhor chamado Júlio Campos, não precisa de adversário. O punhol esta 24 horas nas costas

  • Robson Souza | Sexta-Feira, 20 de Setembro de 2019, 17h20
    2
    0

    Quem tem esse senhor chamado Júlio Campos, não precisa de adversário. O punhol esta 24 horas nas costas

  • Marcos Paulo | Sexta-Feira, 20 de Setembro de 2019, 16h08
    1
    1

    Julio tá Gaga já..Não fala nada com nada!!Tanto que Jaime nem da moral mais pra ele!!kkk só ele não percebe. Força da maquina não existe mais!!!existe a população que pega dinheiro e não vota mais nesses corruptos!!Como foi com Pedro Taques com a maquina na mão e te mais!!Emanuel palito vai sair hj ? Era nessa coisa.só ganhou pq os outros eram pior ainda!!!Nessa vai sair hj ? Era candidato ficha limpa honesto!!Que não tem processos!!!

  • Mauro | Sexta-Feira, 20 de Setembro de 2019, 15h42
    6
    2

    Vaza Mané do Paletó !

  • Zeca | Sexta-Feira, 20 de Setembro de 2019, 15h19
    6
    2

    Clava tbm o paletó, a guela abaixo e outras mazelas, é pra acabar com toda Bocaiuva de Poconé.

  • Ramis | Sexta-Feira, 20 de Setembro de 2019, 15h06
    5
    2

    Candidatos quer vier com o aval desse governinho medíocre desse Mauro Mentes, vai levar tinta, pode escrever!!!!

  • Moreira | Sexta-Feira, 20 de Setembro de 2019, 14h35
    7
    1

    Djulio no Fantástico mundo de Bob dos Campos. Acorda filhão, Cuiabá tem várias forças, muito diferente da currutela de tamanho grande chamado VG.

  • Julio | Sexta-Feira, 20 de Setembro de 2019, 14h35
    5
    0

    Sabendo que o uso da máquina pública é crime. Como pode falar tão descaradamente que o paletó vai cometer mais crimes para se eleger. Mato Grosso somente avançará para o futuro se colocar esses coronéis para fora da política.

  • JUNIOR | Sexta-Feira, 20 de Setembro de 2019, 14h09
    5
    1

    olha so julio campos nas utimos anos não ganhou uma eleição se quer que ele com coreu depois que saio do tribunal de contas dem sai na flente nao apoiado o prefeito do palito nao queremos mais julio campos nao tem o prestigio que o irmao tem o senador jaime campos que tem e muito prestigio e um otimo senador dai se unir a um cara que pega dinheiro sujo e poe no palito e andar pra tras esse prefeito tinha que ta na cadeia issi sim

  • Paulo | Sexta-Feira, 20 de Setembro de 2019, 14h03
    7
    0

    Campos cravando???? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Matéria(s) relacionada(s):

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS