20 de Setembro de 2019,

Política

A | A

Quarta-Feira, 11 de Setembro de 2019, 10h:50 | Atualizado:

ELEIÇÕES 2020

Campos minimiza atritos de DEM e MDB


Gazeta Digital

juliocampos.jpg

 

Ex-senador e ex-governador Júlio Campos tentou amenizar o desencontro que ocorre entre o governador Mauro Mendes (DEM) e o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), que afirma ter a simpatia do Democratas nas eleições de 2020.

Apesar de Mendes negar palanque a Emanuel, Campos defendeu que, mesmo que o partido já possua nomes para lançar candidatura própria, é importante que haja diálogo com todas as siglas.

“Agora isso não significa que a gente descarta possibilidade de uma coligação, e se não houver possibilidade porque não manter uma porta aberta e discutir politicamente com MDB, que é nosso aliado a nível estadual, com o PSD de Fávaro, com PDT, do nosso vice-governador Pivetta”, afirmou.

Nos bastidores, nomes como o do presidente do Democratas, Fábio Garcia, do secretário Municipal de Educação de Cuiabá, Gilberto Gomes de Figueiredo, do secretário da Casa Civil Mauro Carvalho e do ex-prefeito de Cuiabá Roberto França são citados como potenciais para disputa à Prefeitura de Cuiabá em 2020.

Contudo, Júlio defende que ainda é muito cedo e “qualquer precipitação” pode afetar o cenário político no pleito do ano que vem ano que vem.

“Vamos com calma, vamos com tranquilidade que a sucessão de 2020 que segundo Mauro Mendes e segunda Jayme Campos tem que ser em 2020”, finalizou.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Crítico | Quarta-Feira, 11 de Setembro de 2019, 14h59
    0
    0

    Vai repetir o resultado de1996.

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS