12 de Agosto de 2020,

Artigos

Política

A | A

Terça-Feira, 14 de Julho de 2020, 10h:55 | Atualizado:

DANOS MORAIS

Chamados de "mamadores", servidores processam deputado em MT

Discussão teria ocorrido durante reunião para debater a Reforma da Previdência


Da Redação

wilson-edmundo.jpg

 

O Sindicato dos Profissionais da Área Instrumental do Governo (Sinpaig) entrou com um pedido de indenização por danos morais contra o deputado estadual Wilson Santos (PSDB). A ação começou a tramitar no último dia 10 de julho e está sob responsabilidade da desembargadora Nilza Maria Pôssas de Carvalho, do Tribunal de Justiça de Mato Grosso.

A publicação do TJMT informando a distribuição da ação não revela detalhes do pedido de indenização de danos morais. No dia 18 de junho de 2020, durante uma reunião dos servidores públicos sobre a Previdência no Estado, Wilson Santos teria dito que a falta de UTIs em Mato Grosso teria relação com a aposentadoria dos trabalhadores, chamando-os de “mamadores do Estado”.

Na ocasião, o próprio Sinpaig informou que irá exigir junto à Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) uma cópia das imagens para comprovar o suposto comentário do parlamentar. Segundo as informações, Wilson citou os privilégios recebidos pelos servidores como uma das causas da falta de UTIs em Mato Grosso para enfrentamento ao novo coronavírus.

"Não existem outras maneiras de definir a fala do Deputado Wilson Santos do que asquerosa, repugnante e odiosa", classificou o sindicato.

Na sequência, anunciou o processo contra o tucano. "Nosso sindicato ingressará com Ação de Indenização por Danos Morais coletivos, em nome de nossa categoria e, já colocou a disposição a Assessoria Jurídica da entidade para ingressar com ações de indenização individuais, para aqueles servidores que se sentiram ofendidos pessoalmente com essas falas desrespeitosas e, que nos põe em perigo, inclusive", diz trecho de nota emitida pelo Sinpaig no dia seguinte à ofensa do deputado. 

Wilson Santos negou ter ofendido os servidores públicos. No entanto, defendeu a aprovação da Reforma da Previdência do funcionalismo em Mato Grosso.

"A minha posição enquanto parlamentar na reunião é da necessidade de aprovação da reforma da previdência, pois Mato Grosso não suporta mais lidar com tantos déficits, inclusive de R$ 1,3 bilhão no setor previdênciário".

 



Postar um novo comentário

Comentários (9)

  • Servidor da área meio Sefaz MT | Terça-Feira, 14 de Julho de 2020, 16h01
    1
    0

    Quem está falando a verdade, o deputado Paulo Araújo pediu perdão ao WS da tribuna da ALMT, dizendo que o mesmo não falou o que falou, o sinpaig quer a gravação, e querem que eu digo no que vai dar? Em nada. O Paulo Araújo depõe afavor do WS, e o jurídico do sinpaig, nunca ganhou um processo pra algum servidor sindicalizado, inclusive cobra do servidor pra entrar com ação em seu favor.

  • Sacripanta | Terça-Feira, 14 de Julho de 2020, 15h58
    0
    0

    Neste momento o TJMT, ja se vendeu,aliás sempre esteve dentro do bolso de todos que foram eleitos governadores e deputados federais e estaduais. Infelizmente o SEPAIG vai entender isso na prática. Mas 2022 vem ai "mamadores" que trabalham para viver . Vamos dar a Mauro Mendes e demais deputados de Janaina a Wilson Santos e a todos aqueles que não nos representam a justa paga pela mentira.

  • O atalaia | Terça-Feira, 14 de Julho de 2020, 14h17
    3
    2

    O que ocorre é que esse deputado vem se elegendo em todas as suas candidaturas ao parlamento, e isso, talvez o faz se sentir invencível e imune a derrotas eo torna audacioso o suficiente para cometer abusos. Se nós, os Cuiabanos, tivéssemos um pouquinho de memória e de honra, não venderíamos nosso voto para esses aventureiros...

  • lucas | Terça-Feira, 14 de Julho de 2020, 14h05
    5
    2

    ESSE WILSON SANTOS E SAFADO, CADE O DINHEIRO DE RODOANEL , que ele desviou , se essa justiça fosse seria você estaria preso seu vagabundo corrupto , vc safado , mas em 2022 vc não vai ganha pode esperar , o povo já abriu o olho , , e vamos mudar 90 % dessa câmara de deputado que so olha pros eu rabo ,

  • Panacéia | Terça-Feira, 14 de Julho de 2020, 12h47
    3
    0

    SUBSÍDIO E VERBA INDENIZATÓRIA - A MENTIRA DO MILÊNIO - CRIADOS PELA CÂMARA FEDERAL / SENADO (ATO 62/2001 (AÉCIO NEVES) E ATO 43/2009 (MICHEL TEMER), NA ÉPOCA TAXADA PELO CLAMOR DA SOCIEDADE DE ESPEDIENTE ESPÚRIO PARA AUMENTO INDIRETO DE SUBSÍDIO (FL. SP, PAINEL), COPIADA PELA ALMT (LEI 8.112/2004 (RIVA). LEI 10.296/2015 EM VIGOR, REPUDIADA PELO CLAMOR DA SOCIEDADE MATO-GROSSENSE (O GLOBO, A MAIOR VI DAS AL NO BRASIL, 08/07/2015 E A GAZETA, DISCURSO DE CONTENÇÃO DE GASTOS CAI POR TERRA SE A MEDIDA FOR APROVADA, 12/03/2015). O CINISMO DO ARTIFÍCIO RESTOU DESMASCARADO COM A MANIFESTAÇÃO IRREFUTÁVEL PELA INCORPORAÇÃO DA “VI” POR MAGISTRADOS E MPMT (“TUDO ISSO, NA VERDADE, SÃO SALÁRIOS INDIRETOS”, DR. JOSÉ DE ARIMATÉIA, D. JUIZ DE DIREITO BRAVO EX PRESIDENTE DA AMAMMT, ENTREVISTA, FOLHAMAX, 07/02/2015 E DR. DOMINGOS SÁVIO B. DE ARRUDA, D. PROCURADOR DE JUSTICA, MIDIA JUR, 24/02/2016). TAMANHA A AFRONTA À LEI QUE A EXPRESSÃO “VERBA” FOI EXCLUÍDA DO SISTEMA ORÇAMETÁRIO-CONTÁBIL-FINANCEIRO (LEI 4.320/64 COMENTADA, J. TEIXEIRA E HERALDO REIS, IBAM, 31ª ED., ART. 5º, PG. 21). TODOS OS POLÍTICOS QUE MANIPULARAM O SUBSÍDIO/VI CAÍRAM EM DESGRAÇA POLÍTICA PELA MALDIÇÃO BÍBLICA CONTRA INJUSTIÇAS A VIÚVAS, ÓRFÃOS E POBRES (INATIVOS, ÚNICOS, DE FATO QUE AINDA ESTÃO NO SUBSÍDIO, POIS NÃO RECEBEM “VI PENDURICALHO”. (ZC 7:10, Eclco. 1,1-2, 1Cor.19, 6-7. Lv. 19:15, Jr. 2,2-13, Tes. 2:12, Mt. 5,10-20). SUBSÍDIO COM NOME FALSO DE “VI” É DESLAVADA MENTIRA!!! O DEMÔNIO É O PAI DA MENTIRA (JOÃO, 8:44). CAÍRAM EM DESGRAÇA POLÍTICA: FHC, INSTITUÍU O SUBSÍDIO (EC 19/98) E LULA A INDENIZAÇÃO COM NOME FALSO DE “VI” (EC 47/2005) MAS, CINICAMENTE SEQUER REGULAMENTARAM TAIS INSTITUTOS (OS PL 3123/15 E 6726/16, PERDERAM O OBJETO PELAS INUMERAS EMENDAS E ESTÃO ENGAVETADOS (PARA BENEFICIAR A COMPANHERADA DA ESQUERALHA (PSDB/PT). DILMA E TEMER, LENIENTES E OMISSOS TBM NÃO REGULAMENTARAM. NOS SERTÕES DE MATO GROSSO, O EX GOVERNADOR BLAIRO MAGGI, A PRETEXTO DE LEIS PARGMÁTICAS E QUEBRA DE PARADIGMAS (CLONGELAR PROVENTOS E PENSÕES DOS IDOSOS), COPIOU NO EXECUTIVO A DRACONIANA “VI” ALMT (LC 169/2004 – GTAF). LENIENTES, SILVAL E TAQUES (AINDA DEU AMENTO GTAF). TODOS, OMISSOS E LENIENTES, CONTINUAM PAGANDO O ARTIFICIOSO SUBSÍDIO COMO VI-SALARIO PODRE, DESAFIANDO A CONSTIUIÇÃO, A LEI, A MORAL E A PALAVRA DE DEUS. O E. TJMT, EM RECENTE DECISÃO JULGOU INCONSITUCIONAL A VI DA PREFEITURA MUNICIPAL DE N. SRA. DO LIVRAMENTO, MUNICÍPIO PAUPÉRRIMO DOS QUILOMBOLAS (ENQUANTO A VI DA CÂMARA DE VEREADORES DE CUIABÁ APENAS DIZ SER INUSTO O PERCENTUAL DO SUBSÍDIO, APESAR DE TODAS TER O MESMO PERFIL DA FALTA DE TRANSPARENCIA DA VI-ALMT, DA QUAL SÃO CÓPIAS. VAI ENTENDER CABEÇA DE JUIZ, DEPUTADOS, CONSELHEIROS E MPE!!! . BABILÔN IA CAIU!!!!

  • LEONARDO SILVA | Terça-Feira, 14 de Julho de 2020, 11h44
    12
    1

    Acontece que vcs tem memória curta ou são burros, continuam votando nesse tipo de pessoa e outros vendem seus votos e depois vem reclamar, bem feito, quem sabe assim vcs aprendem a valorizar seus votos

  • julio | Terça-Feira, 14 de Julho de 2020, 11h32
    13
    3

    ha ha ha ha ha ha, e tem servidor que votou e vota nesses caras!!!!

  • Eleitor | Terça-Feira, 14 de Julho de 2020, 11h30
    14
    5

    Parabéns ao Sinpaig pela atitude para que este deputado respeite os servidores, mais o melhor processo é tirar este deputado da vida publica em 2022 vamos ter vergonha na cara e lembrar dessas falas deste deputado e derrota lo nas urnas...

  • Servidor público | Terça-Feira, 14 de Julho de 2020, 11h15
    13
    3

    As próximas eleições estão chegando senhor deputado Wilson Santos. Vou fazer uma campanha eleitoral para o senhor totalmente gratuita pode esperar.

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS