03 de Julho de 2020,

Política

A | A

Quarta-Feira, 12 de Março de 2014, 08h:15 | Atualizado:

POSSE NO DF

Cidinho assume Senado e anuncia recuo de projeto ao Governo

cidinho_senado_interna.jpg

 

Toma posse nesta quinta-feira o suplente de senador José Aparecido dos Santos, mais conhecido como Cidinho Santos (PR/MT). Ele assume a vaga do senador Blairo Maggi (PR/MT), que prefere ficar de fora do processo legislativo e eleitoral para não gerar mais especulações a respeito de sua decisão em não disputar as eleições deste ano.

Para evitar inclusive essa especulação, Cidinho Santos deverá no discurso de posse anunciar que está deixando a disputa pelo Governo do Estado.O nome de Cidinho Santos vinha sendo colocado pelo próprio Blairo Maggi como forma de pacificar os nove partidos do arco de alianças governista (PMDB, PT, PR, PSD, PP, PROS, PCdoB, PSC e PRB), mas como nos últimos dias houve um endurecimento por parte de alguns partidos e disputas internas, Maggi e Cidinho acharam por bem sair da disputa sem com isso deixar de participar dos entendimen-tos e da definição do nome que irá representar todos os partidos.

Eleito em 2010 para oito anos de mandato, juntamente com Pedro Taques (PDT/MT), Blairo Maggi tem se mantido distante do processo eleitoral, mas acompanha passo a passo o desenrolar da situação atendendo a um pedido especial do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva de apoio a presidente Dilma em sua campanha à reeleição e também em busca de uma vitória em Mato Grosso que sempre optou em votar nos partidos de centro-direita.

Ao reassumir o mandato como senador, Cidinho Santos que ocupou em 2012 a vaga aberta com a primeira licença de Blairo Maggi, conseguiu notoriedade e forte influência junto ao Governo Federal e deverá trabalhar no sentido de fortalecer esse laço e assegurar apoio à reeleição da presidente Dilma Rousseff, o que distancia ainda mais o PR de um possível apoio a candidatura do senador Pedro Taques, filiado ao PDT, que é aliado de Dilma em nível federal inclusive ocupando o Ministério do Trabalho, mas em Mato Grosso é oposição ao PT que é aliado do Governo do Estado.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS