05 de Dezembro de 2019,

Política

A | A

Sábado, 29 de Agosto de 2015, 17h:47 | Atualizado:

FESTA TUCANA

Cinco mil assistem filiação de Taques, que se torna ícone do PSDB

Líderes tucanos exaltam perfil limpo e sério do governador de MT

taques-filiacao

 

Em ato com cinco mil pessoas, o governador de Mato Grosso, Pedro Taques, assinou a ficha de filiação ao PSDB, neste sábado (29.08), em Cuiabá. O mato-grossense recebeu o apoio dos líderes nacionais da legenda, como o senador Aécio Neves e o senador José Serra e dos outros cinco governadores que compõem a sigla tucana, Geraldo Alckmin (SP), Marconi Perillo (GO), Reinaldo Azambuja (MS), Beto Richa (PR) e Simão Jatene (PA).

Com o compromisso de trabalhar por um novo país, Taques chega ao PSDB para ser o sexto governador da legenda. "Me perguntaram porquê eu mudei. Eu mudei, mas fiquei com os meus princípios, minha história e minha luta. Meu projeto político no PSDB é de ser um soldado para ajudar o Brasil junto com o partido", disse.

Em seu discurso, Taques lembrou das grandes lutas que os membros do PSDB travaram na política nacional, como o Plano Real e a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). "Me perguntaram o motivo pelo qual decidi me filiar ao PSDB, nós temos algo que nos une que é a luta por um Brasil mais justo e descente", afirmou.

O presidente nacional da legenda, senador Aécio Neves, destacou a importância da filiação de Taques à legenda. "Hoje nós recebemos um dos mais preparados homens públicos da sua geração. Pedro Taques é respeitado em Mato Grosso e admirado em todo Brasil. Sua trajetória extraordinária no Senado Federal e sua visão moderna da administração pública faz um quadro cobiçado por todos os partidos de qualidade pelo país", ressaltou.

Durante o evento, Aécio afirmou que o PSDB é a esperança do povo brasileiro para recolocar o país no caminho do desenvolvimento. "Nenhum partido do Brasil tem políticos com a mesma qualidade que o PSDB. Pedro não se limita as fronteiras de Mato Grosso, é um homem do Brasil e deverá caminhar conosco pelo país", completou.

No evento, Taques fez diversas homenagens ao ex-governador de Mato Grosso, Dante de Oliveira, falecido em 2006 e propositor da emenda que ficou conhecida como Diretas Já. O evento de filiação do governador ao PSDB foi considerado um ato suprapartidário com a participação de grandes líderes como a senadora pelo Rio Grande do Sul, Ana Amélia (PP).

O senador José Serra declarou que o partido merece parabéns por conseguir atrair líderes como Taques. Para ele, o mato-grossense é um homem íntegro e preparado. "O PSDB se fortalece com um homem público como é Pedro Taques, pelo seu caráter, integridade e espírito público, estamos muito felizes", disse.

Geraldo Alckmin, que comanda o estado de São Paulo, lembrou da importância histórica de Mato Grosso para o Brasil, ressaltando que a Capitania de São Paulo compreendia o hoje Estado de Mato Grosso, formando um só território. Para ele, o chefe do Executivo mato-grossense acertou ao escolher o PSDB para dar continuidade à sua trajetória política. "Taques hoje alarga a esperança e a confiança do país como nosso companheiro do PSDB".

Para o governador do Paraná, Beto Richa, a filiação de Taques foi um momento histórico para a legenda. “Muitos partidos obviamente o assediam, mas foi o PSDB que mereceu a sua confiança pelas qualidades dos grandes líderes da sigla, os bons quadros que temos hoje e, mais do que isso, pelos projetos que o partido tem para o país, para a mudança segura, para atender o clamor popular que quer a ética, decência, competência e verdade na vida pública", comentou.

O governador do Pará, Simão Jatene, avaliou que o Brasil vive uma crise de ética e valores. Defendeu que os políticos lutem por causas e não por coisas. "Este partido já mostrou ao país que tem história, ele se desafia a fazer talvez o que é mais importante que é mais uma vez construir um futuro melhor no Brasil. Seja bem-vindo, Pedro!", disse.

O governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azumbuja, destacou que a gestão de Taques no governo de Mato Grosso já mostra o novo modelo de gestão.  "Pedro Taques traz para o PSDB valores da sua vida toda, o compromisso e, principalmente, agora como governador deste Estado, ao fazer uma política que todos nós esperamos do país, uma política que gasta menos com o governo para poder gastar mais com as pessoas. É isso que nós precisamos: de pessoas que pensem no cidadão, naqueles que mais precisam", afirmou.

Já o governador de Goiás, Marconi Perillo, lembrou que o Centro-Oeste passa a contar com três dos quatro governadores sendo do PSDB. "O governador Pedro Taques é sinônimo de ética, trabalho, competência e de compromisso com o desenvolvimento da nossa região. Ele agrega valor político eleitoral, mas, sobretudo, moral", finalizou.

Galeria de Fotos

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Cidadão | Domingo, 30 de Agosto de 2015, 11h22
    0
    1

    O poder de fato embriaga muita gente. E por ele, vale qualquer coisa, ainda mais pessoas como Pedro Taques, bem como os "figurões" protagonistas do evento. Mas, não me surpreende nessa festa a presença de políticos condenados por improbidade, e outros denunciados de ter recebido dinheiro para atrasar o andamento da CPI da Petrobrás, como Aecio Neves. Parabéns Pedro Taques pela sua postura ética de "mudança".

  • Aloísio Francisco | Sábado, 29 de Agosto de 2015, 21h34
    9
    3

    Agora vai!!!! Drummond em seu poema "Nosso tempo" diz: "Esse é tempo de partido, tempo de homens partidos. / Esse é tempo de divisas, tempo de gente cortada. De mãos viajando sem braços, obscenos gestos avulsos." Creio ser esses versos a explicação para o gesto do Governador, hoje ex-Taques". Infelizmente, está seguindo à risca a cartilha dos políticos brasileiro. Infelizmente, uma promessa política, que já na sua infância de homem público segue o velho roteiro dos ultrapassados políticos. Quero meu voto de volta!!!!!

  • adriano Oliveira | Sábado, 29 de Agosto de 2015, 20h31
    8
    1

    Pode ate honesto o Sr Gov pedro tarques mais tem uma assessores que vamos respeitar o caso do ex de carlos brito esta respondendo na justiça um devio de 6 milhões no caso a Braserv Locações e Serviços Ltda -ME, queria saber os criterios de nomeação

  • Edesio Adorno | Sábado, 29 de Agosto de 2015, 18h33
    4
    7

    O governador Pedro Taques fez a escolha certa e a decisão dele reflete o desejo de mudança já externalizado pelo povo mato-grossense. No PSDB, Taques terá o espaço necessário para projetar Mato Grosso e o respaldo necessário - de um grande partido - para fazer valer a vontade e, acima de tudo o direito de nosso estado de ser respeitado pelo governo federal.

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS