28 de Março de 2020,

Política

A | A

Quinta-Feira, 06 de Novembro de 2014, 19h:35 | Atualizado:

Defensores testam e acompanham lacre de urnas eletrônicas

O Defensor Público-Geral, Djalma Sabo Mendes Júnior, na condição de candidato à reeleição, os dois Subdefensores-Gerais da Defensoria Pública e os Defensores membros da Comissão Eleitoral, acompanharam, na manhã desta quinta-feira (06), a averiguação e lacre das urnas eletrônicas que serão utilizadas na eleição desta sexta-feira (07). A preparação das urnas foi realizada na Coordenadoria de Eleições do Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

O pleito para escolha do Defensor-Geral e Conselheiros da Instituição para o próximo biênio (2015/2017), primeiro da história da Defensoria em que será utilizada urna eletrônica, será das 13h às 17h30, na Sede Administrativa da Instituição, em Cuiabá. Djalma Mendes é candidato único ao cargo de Defensor-Geral. Já as seis cadeiras do Conselho Superior, são disputadas por oito Defensores.

Cada eleitor terá um código disponibilizado por ordem alfabética, sendo que 183 Defensores Públicos estão aptos a votar. O voto é direto, secreto, plurinominal e obrigatório para todos os membros da Instituição. A nomeação do Defensor-Geral, por sua vez, é prerrogativa do Governador do Estado, que tem até 30 de novembro para oficializar a decisão.

Acompanharam a averiguação, o Primeiro e o Segundo Subdefensor Público-Geral, Silvio Jéferson de Santana e Caio Cezar Buim Zumioti, respectivamente, e os membros da Comissão Eleitoral, Aline Carvalho Coelho, Jaqueline Maria de Oliveira e Tânia Regina de Matos. 

 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS