Política Segunda-Feira, 22 de Abril de 2019, 17h:05 | Atualizado:

Segunda-Feira, 22 de Abril de 2019, 17h:05 | Atualizado:

DISPUTA POLÍTICA

Emanuel diz ser vítima de fake news e alerta que oposição faz loucuras em Cuiabá

Prefeito destaca que gestão tem deixado adversários desesperados

TARLEY CARVALHO E WELINGTON SABINO
Da Redação e Da Reportagem

Compartilhar

WhatsApp Facebook google plus

emanuel.jpeg

 

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), avaliou como a “maior fake news da história de Cuiabá” o boato de que seu nome possa ser citado pelo ex-secretário municipal de Saúde, Huark Douglas, numa possível delação premiada sobre o esquema apurado na Operação Sangria, que investiga a prática de monopolização de contratos firmados entre empresas e o Poder Público. A fala foi feita a jornalistas nesta manhã de segunda-feira (22), durante coletiva de imprensa, durante lançamento da campanha de vacinação contra a gripe.

Na ocasião, o prefeito teve questionado seu posicionamento acerca dos boatos de que haverá um pedido judicial de afastamento contra ele, por suposto envolvimento no esquema. “Com a tranquilidade de quem nada deve e com a indignação de quem está sendo vítima da maior fake news da história de Cuiabá. É um absurdo uma pergunta dessas. No que ventila meu nome? Porque ficam nos bastidores numa tentativa louca, desesperada, dos opositores, que não têm nada a dizer contra a minha gestão, nada!”, respondeu.

Emanuel ainda explicou que todo o esquema foi orquestrado e colocado em prática na gestão passada, tanto no município quanto no Estado, quando a Prefeitura era comandada pelo hoje governador Mauro Mendes (DEM) e o Estado estava sob a gestão de Pedro Taques (PSDB). Emanuel ainda afirmou que a oposição está louca por descobrir seu envolvimento no caso, para que possa fundamentar as críticas contra sua gestão. “É toda uma situação deprimente ouvir isso aí, loucos para que meu nome esteja envolvido. Esqueça! Não tem nada envolvido. Vai fazer delação ou não vai fazer delação, estou tocando a gestão de Cuiabá. [Os opositores] nada têm a dizer da minha gestão e querem me envolver numa situação que não existe o qualquer envolvimento da minha parte. Para a tristeza da oposição, não tenho nada a ver com isso”, rebateu.

OPERAÇÃO SANGRIA

A Operação Sangria foi deflagrada pela Delegacia Fazendária (Defaz) em dezembro do ano passado. Ela apura crimes de fraudes em processos licitatórios para que empresas, todas ligadas ao ex-secretário Municipal de Saúde de Cuiabá, Huark Douglas, e a outras pessoas, sagrassem vencedoras em contratos envolvendo prestação de serviços de determinados procedimentos médicos.

Além da fraude, as investigações ainda apontam para o superfaturamento da prestação de serviços e pagamento de propina para a continuidade dos contratos celebrados entre as empresas e o Poder Público. A primeira fase foi deflagrada no dia 4 de dezembro. A segunda fase foi deflagrada após os investigadores tomarem conhecimento de que os envolvidos estavam destruindo provas e coagindo testemunhas.

Foram alvos dos mandados de prisão o ex-secretário de Saúde de Cuiabá, Huark Douglas Correia, Fábio Liberali Weissheimer, Adriano Luiz Sousa, Kedna Iracema Fonteneli Servo, Luciano Correa Ribeiro, Flávio Alexandre Taques da Silva, Fábio Alex Taques Figueiredo e Celita Natalina Liberali.

Destes, apenas seguem presos Huark e os médicos Fábio Liberali e Luciano Correa Ribeiro. Eles foram transferidos do Centro de Custódia de Cuiabá para o Corpo de Bombeiros.

 





Postar um novo comentário





Comentários (8)

  • moreira

    Segunda-Feira, 22 de Abril de 2019, 22h42
  • O vídeo do paletó era eu então..mané paletó safado
    0
    0



  • Observador

    Segunda-Feira, 22 de Abril de 2019, 21h13
  • Vocês do folhamax precisam fazer uma reportagem sobre esse sujeito, o tal do Marco Aurélio Carvalho Cortes, ex funcionário da Proclin, o que está mentindo, ops, colaborando com o MP e a Defaz, nestes Orgãos o cidadão é recebido com cafezinho. Está fácil, só digitar o nome Marco Aurelio Carvalho Cortes no Google. Processo: 8 Vara Criminal de Cuiabá, código 510448. O Ministério Público Estadual, por meio de sua Promotora de Justiça, Dra. Marcelle Rodrigues da Costa e Faria, ofereceu denúncia contra Marco Aurelio Carvalho Cortes, qualificado nos autos, atribuindo-lhe a prática do crime previsto no art. 155, paragrafo 4º, incisos II c/c art. 71, do Código Penal, sob a acusação de que entre os dias 10 de fevereiro de 2017 a 31 de março de 2017, na Imobiliária Veranubia Consultoria, com sede na Avenida Belvedere, Quadra Comercial, Lote 01, nesta Capital, o acusado Marco Aurélio, com abuso de confiança, subtraiu para si, de forma continuada, por 30 (trinta) vezes, o valor aproximado de R$ 14.000,00 (quatorze mil reais), pertencente às vítimas Veranubia Serviços Administrativos e Veranubia Borges Ferreira Simioni. Segundo o Parquet, constatou-se que o Acusado foi contratado, em janeiro de 2017, para ser Consultor Financeiro da empresa vítima e utilizou-se do seu cargo para cometer reiterados furtos, conforme extratos e comprovantes de pagamentos constantes, no Inquérito Policial.
    2
    1



  • Jose Carlos

    Segunda-Feira, 22 de Abril de 2019, 19h39
  • Gestão????? onde e esta essa Gestão??? não fez nada do que ja estava no cronograma, e as coisas novas que prometeu nem toca no assunto... PRONTO SOCORRO nem conseguiu concluir por completo.. acabou com Peixe Santo, não tem coragem de tocar a Licitação do ônibus, e esta aos frangalhos a saúde, sem infraestrutura.. nada... de que adianta colocar pontos novos se andamos nas latas de sardinhas sem contar que ainda não entendi como essa NORTE SUL ainda trabalha... Pelo amor de Deus... Renuncia e mais bonito pra xá cara
    1
    0



  • Pindorama

    Segunda-Feira, 22 de Abril de 2019, 19h26
  • Desde que entrou quantas pessoas morreram em hospitais da prefeitura? Quantos foram surrupiados da prefeitura? Deus não diz que inocente é culpado e nem culpado é inocente. Se fores levado ao tribunal dos justos, seria declarado inocente?
    1
    1



  • Ggm

    Segunda-Feira, 22 de Abril de 2019, 18h08
  • Que oposição?
    2
    1



  • Cidad?o Cuiabano

    Segunda-Feira, 22 de Abril de 2019, 17h26
  • Olha só é fake news o vídeo do paletó, ele atual prefeito guardando o dinheiro? Porque até hoje não houve nenhuma resposta de sua inocência para seus eleitores cuiabanos? Eu votei em Emanuel Pinheiro e, sinto vergonha de mim mesmo.
    7
    6



  • Garimpeiro

    Segunda-Feira, 22 de Abril de 2019, 17h26
  • Emanuel Pinheiro,seu pior pesadelo tem duas letras: MM, ê só ver o q ele fez com João Emanuel e com o Filadelfo. Mto cuidado com esse goiano. .
    6
    0



  • Chico Butija

    Segunda-Feira, 22 de Abril de 2019, 17h08
  • Igual aquelas imagens colocando dinheiro no paletó, não era ele, era o Bozo.
    5
    6









Copyright © 2018 Folhamax - Mais que Notícias, Fatos - Telefone: (65) 3028-6068 - Todos os direitos reservados.
Logo Trinix Internet