09 de Dezembro de 2019,

Política

A | A

Segunda-Feira, 18 de Novembro de 2019, 23h:08 | Atualizado:

MARCO HISTÓRICO

Emanuel reúne Mauro, 5 ex-governadores e inaugura maior hospital de MT

HMC passa a operar com 100% da capacidade a partir desta terça-feira


Da Redação

inauguracao-ps2.jpg

 

Em um evento concorrido, que reuniu os principais nomes da política estadual das últimas décadas, o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) inaugurou nesta segunda-feira a última etapa do Hospital Municipal de Cuiabá (HMC). A nova ala consiste no setor de urgência e emergência.

O evento reuniu cinco ex-governadores - Júlio Campos (DEM), Carlos Bezerra (MDB), Jayme Campos (DEM), Blairo Maggi (PP) e Pedro Taques (PSDB) -, além do atual, Mauro Mendes (DEM). Também estiveram presentes diversos deputados federais e estaduais, além dos vereadores da capital. 

No evento, o prefeito Emanuel Pinheiro informou que, a partir desta terça-feira, todos os pacientes socorridos pelo Samu serão levados diretos ao novo pronto-socorro. Porém, uma equipe enxuta ainda permanecerá no atual pronto-socorro para dar atendimentos aos pacientes que se deslocarem a unidade em busca de atendimento. 

“Temos que compreender que há 40 anos aquele local recebe as demandas de urgência e emergência, está na cultura do cidadão. Então, mantaremos uma equipe lá para fazer os atendimentos das pessoas que ainda buscarem aquele local. Mas as ambulâncias só encaminharão pacientes ao HMC”, explicou. 

Declarando estar realizado com a entrega da obra, que passa a ser a maior unidade de saúde do Estado, Emanuel fez um resgate histórico e agradeceu a todos que colaboraram para que o HMC se tornasse realidade. Lembrou desde a idealização do projeto pelo atual governador Mauro Mendes, no período em que ocupou o cargo de prefeito, aos aportes financeiros garantidos pelo ex-governador Pedro Taques. Citou ainda os esforços do ex-ministro Blairo Maggi e do senador Wellington Fagundes para que o novo PS fosse incluído no programa Chave de Ouro, com aporte de R$ 100 milhões. 

“É um sentimento de realização, de missão cumprida, uma alegria muito grande, uma obra importantíssima, a maior obra em saúde pública da história do Estado”, assinalou.

 

Galeria de Fotos

Postar um novo comentário

Comentários (17)

  • raul | Terça-Feira, 19 de Novembro de 2019, 11h42
    2
    0

    Administração publica e isso mesmo, ações de continuidade, porque muitas vez algo que começa no mandato de um vai ter que terminar no mandato de outro, o político que entra nao pode querer destruir e parar tudo que o outro começou porque o dinheiro e do povo não do político que saiu e do que esta entrando, não se pode desperdiçar dinheiro publico com orgulho e ego. E apesar de não ter votado no prefeito Emanoel Pinheiro e não votar nele para reeleição, esta me surpreendendo, fazendo o simples, o facil , nao inventa, chamou todos que ajudaram e deu os créditos a cada um independentes da corrente política... ...como iremos fazer para derrota-lo na próxima eleição? Temos que começar a pensar ja.

  • Humberto Coophamil | Terça-Feira, 19 de Novembro de 2019, 09h47
    5
    0

    Muito lindo ver todos esses q passaram e nada fizeram pelo povo. Rindo e comemorando algo q nem precisaria de festa, afinal: o que deve fazer um politico com nosso dinheiro??? Levantar paredes é fácil. Vejam outras obras paradas há decadas. Vamos ver daqui uns 2 anos se o Hispital vai estar funcionando como deveria. Será q teremos profissionais médicos, enfermeiros, operadorador de RX, etc,etc?? Recursos não serão desviados? Teremos leitos suficientes? Lembrem se de tantos outros casos. E afinal cbá está no brazil. Quem viver, verá. Oremos.

  • jorge | Terça-Feira, 19 de Novembro de 2019, 08h38
    3
    3

    José você é o tal do critico babaca, vc deve ser eleitor do Lula, não importa quem esteve presente o importante é que esta funcionando e salvando vidas, vá trabalhar babaca ao invés de falar besteira.

  • Mister | Terça-Feira, 19 de Novembro de 2019, 08h08
    9
    2

    Marco Histórico: Reunir a velha política e a bandidagem tudo no mesmo palanque. Estejamos vigilantes pois o volume de dinheiro é maior vindo do ministério da saúde e o Emanuel Paletó que é o dono da chave que abre o cofre. Estejamos vigilantes sempre.

  • Pedro | Terça-Feira, 19 de Novembro de 2019, 08h06
    7
    2

    Um bom local para prender todos os larápios dos cofres públicos, incluindo o homem do paletó.

  • Zumbi | Terça-Feira, 19 de Novembro de 2019, 07h55
    7
    2

    Cade a policia , todas as raposas reunidas para o banquete , excelente oportunidade para passar algema em todos ali...não sobra um ...de Botelho a Carlos Bezerra..

  • Djuca Paletó | Terça-Feira, 19 de Novembro de 2019, 07h45
    8
    2

    Bando de demagogos, brincam com a cara do povo. Foram de Paletó?

  • luiz | Terça-Feira, 19 de Novembro de 2019, 07h42
    6
    2

    Mais uma inauguração né ? esperemos que seja a última, mas essas várias inaugurações demonstram em verdade o que a classe politica quer: APARECER. Espero de verdade que a população esteja aprendendo todos os dias, com essa turma que quer só ficar no poder.

  • octavio augusto regis de oliveira | Terça-Feira, 19 de Novembro de 2019, 06h19
    2
    9

    Emanuel habilidoso politicamente, sabe o que faz , com certeza sera o nosso prefeito novamente com Julio na vice

  • Yuri | Terça-Feira, 19 de Novembro de 2019, 06h19
    1
    1

    Credo! Tive enjôo até. Só o Taques já acabou com tudo. Amigos. Eu não te perdido, você não me persegue?

  • Yuri | Terça-Feira, 19 de Novembro de 2019, 06h19
    2
    1

    Credo! Tive enjôo até. Só o Taques já acabou com tudo. Amigos. Eu não te perdido, você não me persegue?

  • Jandirson | Terça-Feira, 19 de Novembro de 2019, 06h17
    5
    1

    Tudo uma turma só...kkk QUANDO É QUE SERÁ INVESTIGADO O DESGOVERNO PEDRO TAQUES ? O DESGOVERNO PEDRO TAQUES QUEBROU O ESTADO POR CAUSA DOS MAIS DE R$25 BILHÕES DE IRREGULARIDADES EM 2015 A 2018. Até agora não foi apurada a responsabilidade de todos os membros do desgoverno taques quanto aos desvios e fraudes do desgoverno da transformação do estado em caos e roubalheira, cujas irregularidade somadas já ULTRAPASSARAM OS $25 BILHÕES. Só para lembrar aí vai a lista detalhada dos mais de $25 bilhões em irregularidades pendentes de serem apuradas: R$69 milhões em desvios na caravana da transformação; perdão de R$645 milhões em dívida da petrobrás; perdão de R$5 milhões de reais em dívidas da unimed cuiabá; a operação Rêmora por desvio de R$57 milhões na SEDUC; operação Bereré por desvio de R$30 milhões no Detran; operação Grampolândia na segurança pública usada para chantagear adversário; delação de Alan Malouf sobre Brustolin recebendo R$80 mil por fora todo mês; delação de Alan Malouf e Perminio indicando que secretários (Permínio, Brustolin, Julio Modesto e etc) recebendo mensalinho de R$30 mil/mês; mensalinho R$100 milhões por dentro para os deputados; rombo de R$4 bilhões no caixa e desvio de $500 milhões do Fundeb; desvio de R$1,2 milhões no fundo de trabalho escravo; desvio e apropriação de R$300 milhões dos municípios; desvio e apropriação de R$300 milhões dos poderes; aumento de $2 bilhões nos Incentivos Fiscais; aumento de milhares de cargos políticos comissionados, aumentou da folha de pagamento pela contratação de mais de 10.000 pessoas; uso da justiça para proteger seus amigos e secretários conforme disse o cabo Gerson; delação de Alan Malouf tratando de 12 tipos de corrupção entre elas os $10 milhões de caixa 2 administrados por Alan Malouf e Julio Modesto; licitação irregular de 11 bilhões para transporte interestaduais; desvio de R$58 milhões em pontes na SINFRA; $300 milhões em vantagem cobrada de quem recebeu antecipado no decreto do bom pagador; crédito de R$100 milhões para o primo Paulo Taques; maracutaia com a juizá candidata para ferrar o Silval e a família dele; irregularidades de R$3 bilhões no Edital nº 02/2018 da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra) sobre rodovias MT 246, MT 343, MT 358 e MT 480. Além disso, apropriação indébita de R$70 milhões descontado dos salários dos servidores públicos para pagar empréstimos consignados, estouro da folha pagando vantagens para apaniguados políticos que receberam salários acima de R$100 mil, contratação irregular de 2000 cabos eleitorais na SEDUC para fazer campanha para o ex-secretário Mahafon, peculato ao gastar R$10 milhões em telefone por secretaria do estado durante a campanha eleitoral para o governo 2018; R$180 milhões em indenizações irregulares pagas em 2018 as empresas supostamente prestadoras de serviços na Secretaria de Estado de Saúde Secretaria. Pedro Taques e Gallo cometeram crime de responsabilidade de R$3,7 bilhões ao deixar restos a pagar para o próximo governo sem a devida provisão de fundos exigida na Lei de Responsabilidade Fiscal.

  • alexandre | Terça-Feira, 19 de Novembro de 2019, 05h46
    6
    4

    Emanuel faz , sem terrorismo e sem prejudicar os servidores, MM só gosta de legislativo e judiciário..jorra dinheiro pra eles, o restante passa fome..

  • J.José | Terça-Feira, 19 de Novembro de 2019, 05h30
    5
    2

    Gravar outros nos EUA é crime gravíssimo. Taques tá solto pq? Será que é pq era da pgr? Se bem que nem indiciado foi né.

  • Paciente | Terça-Feira, 19 de Novembro de 2019, 04h48
    4
    1

    Quando vai ser a inauguração da 7ª etapa do HMC ...?

  • José | Segunda-Feira, 18 de Novembro de 2019, 23h25
    26
    2

    “Marco histórico”. Emanuel reúne ... essa velha politica, a mesma mídia.

  • Conseg conselho de segurança | Segunda-Feira, 18 de Novembro de 2019, 23h25
    18
    11

    Taques da GRAMPOLANDIA

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS