21 de Julho de 2019,

Política

A | A

Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 17h:55 | Atualizado:

DRAMA DOS SERVIDORES

Estado anuncia escalonamento de salários e pagará 13º em quatro parcelas

Salário de dezembro será quitado até 30 de janeiro; 13º de 2019 deixa de ser pago no aniversário


Da Redação

mauro-coletiva-posse.jpg

 

O governo do Estado divulgou nota informando que o pagamento dos salários de dezembro será escalonado. De acordo com a projeção, serão pagos no dia 10 de janeiro todos os aposentados e pensionistas e os servidores da ativa que recebem até R$ 4 mil.

A partir do dia 24, receberão os que ganham até R$ 6 mil. Os demais servidores, cerca de 13 mil pessoas, verão o pagamento até o dia de 30 de janeiro.

Também foi programado pela nova gestão que o 13º salário de 2018 dos servidores que fazem aniversário em novembro e dezembro, além dos comissionados, será quitado em quatro parcelas. Eles serão depositados nos últimos dias dos meses de janeiro, fevereiro, março e abril deste ano.

Mauro Mendes (DEM) também mudou a forma de pagar o benefício. Ninguém mais recebe na data do aniversário, como era feito há várias gestões. Todos agora passam a ter o dinheiro no final do ano, em dezembro.

 

Isso tudo, claro, se as coisas saírem como previsto no novo planejamento do secretário de Fazeda (Sefaz), Rogério Gallo, para aumentar a receita de Mato Grosso, já que ele mesmo anunciou que não conta mais com o auxílio financeiro de Fomento à Exportação (FEX) e estuda maneiras de taxar o agronegócio e arrumar um jeito de retornar com a cobrança do Fethab 2 (Fundo de Transporte e Habitação), enterrada junto com o governo anterior.

A justificativa para o escalonamento e as medidas de parcelamento são dívidas acumuladas “de folha de pessoal, custeio e investimentos no valor aproximado de R$ 2 bilhões”, sem lastro financeiro e agravado pelas citadas ausências de fundos. Tudo foi feito por meio de nota enviada à imprensa. Confira o texto na íntegra:

Nota de Esclarecimento

A respeito do pagamento dos salários de dezembro de 2018, do décimo terceiro salário remanescente de 2018 e do décimo terceiro de 2019, o Governo do Estado vem a público esclarecer o que segue:

1 – O Poder Executivo estadual encerrou o ano de 2018, em dados ainda não fechados, com dívidas acumuladas de folha de pessoal, custeio e investimentos no valor aproximado de R$ 2 bilhões, sem o respectivo lastro financeiro, agravado pelo não repasse do FEX por parte do Governo Federal;

2 – A não renovação do Fethab 2 também acarretará redução de receita no mês de janeiro de 2019;

3 – O Governo do Estado se pautará sempre pelo respeito e transparência no relacionamento com os servidores, que são essenciais para a regular prestação dos serviços públicos ao cidadão, não omitindo ou postergando qualquer informação relevante;

4 – Diante desse quadro, o Governo do Estado informa que o pagamento dos salários de dezembro de 2018 dos servidores ativos e inativos, no valor total líquido de R$ 552.530.556,82, observará o seguinte calendário:

Dia 10/01: a) todos os 33.473 aposentados e pensionistas, independente do valor dos proventos, no valor total de 177.108.626,90; b) aproximadamente 43.000 servidores em atividade que recebem até R$ 4.000,00 (quatro mil reais) líquidos e seus pensionistas, totalizando R$ 168.586.734,02;

Dia 24/01: 16.531 servidores em atividade que recebem até R$ 6.000,00 (seis mil reais) líquidos, no valor de R$ 73.150.206,68;

Dia 30/01: todos os demais 13.063 servidores ativos, no valor total de R$ 133.684.989,22.

5 – Pelas mesmas razões, o décimo terceiro salário remanescente de 2018, no valor de R$ 127.206.023,59, será pago em quatro parcelas, observado o seguinte calendário:

1ª parcela: dia 31/01

2ª parcela: dia 28/02

3ª parcela: dia 31/03

4ª parcela: dia 30/04

6 – Aproveita-se também o ensejo para informar que o décimo terceiro salário referente ao ano de 2019 será pago a todos os servidores ativos e inativos no mês de dezembro do corrente ano;

7 – O Governo do Estado reafirma o seu compromisso de falar a verdade e ser transparente com as informações de interesse da sociedade e dos servidores, não ocultando a dura realidade financeira pela qual atravessa o Estado de Mato Grosso;

8 – o Governo do Estado também ratifica o seu compromisso de restabelecer o equilíbrio fiscal, hoje profundamente desajustado, adotando medidas rígidas de controle do gasto público, incrementando a receita pública e combatendo fortemente a sonegação fiscal, de modo a resgatar a pontualidade no pagamento dos subsídios dos servidores públicos e também dos fornecedores.

Postar um novo comentário

Comentários (139)

  • FALOMESMO | Domingo, 06 de Janeiro de 2019, 11h15
    0
    2

    Ja era esperado o estado ta falido as pessoas tem entender, tem que haver demissões na maquina, Mauro confio nele pois ta pegando um estado diversos problemas devendo funcionários e fornecedores. hoje ta com 6 dias que pegou a maquina e o povo ta cobrando salario que deveria cobrar era do Taques em Dezembro ter saído na rua gritado paralisar os trabalhos antes dele sair ou vcs acham que antes de sair ele não fez o limpa do resto que tinha. E Brasileiro e assim e folgado sempre esperam que outros resolvam os problemas deles.

  • Servidor Temeroso | Sábado, 05 de Janeiro de 2019, 15h54
    2
    0

    bom, pelo menos agora minha patoa sossega na hora de querer gastar o cartão com bolsa e sapatos. Só espero que ela nao largue de mim por isso, o que há grandes chances.

  • Clara Albuquerque | Sábado, 05 de Janeiro de 2019, 14h05
    5
    1

    Que vontade de mandar toda essa corja do governo para a pqp. Só não farei isso pq além de ficar sem salário ainda posso tomar um processo desses inúteis que estão no poder. Obrigada.

  • Consciente | Sábado, 05 de Janeiro de 2019, 13h20
    5
    2

    ESSE É O "BRASIL PASSADO A LIMPO" Governos arrecadando cada vez mais e o trabalhador sem salário! "PARABÉNS" as barulhentos movimentos do muda Brasil!.é bom que se diga que isso que está acontecendo hoje, é resultado da burrice que se instalou nesse país a partir de 2014!

  • Anderson | Sábado, 05 de Janeiro de 2019, 11h30
    11
    1

    Ferrou com minha vida eu usei meu salário para pagar a matrícula de meu filho e pagar algumas dividas e contando com o décimo para quitar as outras no final do ano 3 comprar material, pagar a luz..... ganho pouco e esse vem fazer essa merda ele é rico tem economias e nós.? Vamos ter que trabalhar para pagar dívidas em 2029.

  • Jonas | Sábado, 05 de Janeiro de 2019, 11h08
    8
    4

    Ainda me impressiona como essas pessoas que se julgam inteligentes, independentes e empreendedoras são massa de manobra inconscientemente. A falácia de qq discurso minimalista, duro e radical hj é quase garantia de sucesso eleitoral! Falou de reduzir gastos e cortar privilégios então está eleito! Como se nao fosse obrigação gerir bem a coisa pública. Isso não significa carta branca para autorismo e arbitrariedades! Todos defendem tais discursos, até que nao o sintam na pele. E todo o mal coloquem na conta dos governos passados, ou do PT, o grande curinga de td. O servidor público é o bode expiatório, e na falta de alguém mais fraco, td indica que continuará a ser. "Enxugar a máquina e etc." Como se fosse um discurso moderno. O ser humano adora assistir à desgraca alheia. E quanta prepotência. Sem salário ninguém vive, muito menos se sustentam as empresas desses supostamente liberais empreendedores, principais apoiadores dessa conduta governamental. Sequer parecem entender a história das nações, que continua a se repetir em cilcos. A economia, e a de vcs, depende do dinheiro, que vem de todos os lados, inclusive do funcionalismo público e de suas famílias. E não pensem que conquistaram o que possuem hj na vida sozinhos, muito menos sem a intervenção do Estado. Não sejam ingênuos a esse pto. E nao sejam insensíveis ao outro, estando em uma situação diversa. Se a crise quebra algum comércio por essas cidades, eu jamais tenho ou terei qualquer satisfação nisso, muito pelo contrário. Não deseho isso p nenhuma dessas empresas! Não é solapando a vida de algumas ou de milhares de pessoas, sobretudo sem um diálogo em busca de solução, que td se ajeitará. A participação popular, isso sim, é o que caracteriza os governos modernos e empenhados com o bem comum, não a vetusta prática autoritária decisionista! Verba de natureza alimentar tem privilégio em qq lugar. E se acreditam que alguns maus exemplos maculam a classe toda, imaginem se o raciocínio fosse o mesmo?! Quantos nao sonegam impostos na atividade comercial e vem aqui tachar o servidor público de desonesto, preguiçoso ou incompetente? Quanta hipocrisia e miopia social! O Estado somos todos, meus caros. E se está ruim para os servidores e vcs apoiam essas medidas desrespeitosas, o mesmo acontecerá com vcs logo, logo! Continuem fechando os olhos p os outros, que vcs fecham os olhos p si mesmos e dessa forma jamais atingiremos o interesse público. Trata-se de "funcionalismo publico", nao particular...pensem nisso...

  • Lucia | Sábado, 05 de Janeiro de 2019, 11h08
    6
    8

    AOS QUE ACHAM QUE FORAM ENGANADOS !!! Faça me o favor.. Taques segurou as pontas e vcs nunca reconheceram, eleger MM era o retorno dos Campos Bezerra Riva Silval e todos eram cientes. Agora aguentem a bronca quietos e vão TRA-BA-LHAR !!

  • ARREPENDIDO | Sábado, 05 de Janeiro de 2019, 09h48
    15
    3

    TÁ pintando greve geral !! Segura Mauro!!! Já me arrependi em ter votado em voce. Antes Wellingtin Fagundes!!

  • analista social | Sábado, 05 de Janeiro de 2019, 09h17
    17
    2

    milhares de servidores sequer conseguiram dormir esta noite, e com razão, estão preocupados com o que pode acontecer em suas vidas, dividas para pagar não esperam a agenda do escalonamento, situação muito complicada gera frustração, depressão e descontrole emocional, prejudicando inclusive sua produtividade no trabalho, não consegue se concentrar. essa medida desse governador foi avassaladora na vida de milhares de pessoas, e com certeza já está afetando a saúde de muita gente, a demanda por tratamento de saúde vai aumentar, e muito. e o comércio vai sofrer muito também. é importante ressaltar que a insensibilidade desse governador em adotar repentinamente essa medida - sem avaliar melhor suas consequências - revela que ele limita a visão do ato de governar. para ser governador não pode só se preocupar com o equilíbrio da economia, tem que preocupar com a vida das pessoas, com o bem estar dos funcionários publicos, afinal são eles que carregam esse estado nas costas, não se pode esquecer que são os servidores publicos que arrecadam os impostos e atendem a população em geral em diversos setores de governo, e se eles não estão bem, em consequencia, as politicas publicas não serão bem executadas. o servidor publico é sim o motor propulsor da economia do estado. um bom governante é aquele que coloca a gestão de pessoas como prioritário, e não friamente os números expressos no orçamento. mauro mendes conseguiu em apenas uma semana de governo instalar um clima de instabilidade social no estado, de desesperança e de revolta coletiva. com um clima desses não há como fazer crescer a economia ou criar um cenário que atraia novos investimentos. governar não é só usar a razão, ter a sensibilidade de tomar decisões pensando no próximo, gerando um clima de harmonia e bem estar coletivo. está faltando sensibilidade no atual governo, e sem querer profetizar nada, mas, com certeza sem o apoio das pessoas não há como dar certo.

  • Wesly | Sábado, 05 de Janeiro de 2019, 09h17
    17
    3

    Quero saber aonde está nossos representantes cadê pelo Amor de Deus nossos deputados que se entitulam representantes do povo, cadê nosso sindicatos, não vão fãzer nada simplesmente aceitar guela abaixo . NOs servidores não somos culpados pela desequilíbrio financeiro do Estado.

  • SERVIDORA DESESPERADA | Sábado, 05 de Janeiro de 2019, 08h36
    11
    2

    ESSE DESGRAÇADO FUDEU MINHA VIDA!!!!!!!!!!!DESEJO O DOBRO PARA SUA VIDA!!!!!!!!!!!!!

  • UNI-VOS SERVIDORES | Sábado, 05 de Janeiro de 2019, 08h32
    15
    3

    entendo isso como uma declaração de guerra contra o servidor público. eu já sabia que mauro mendes e otaviano PIVETE não teriam vontade nenhuma de valorizar o servidor. foram mais longe, com essa medida do escalonamento estão prejudicando milhares de familias matogrossenses, que estão preocupados agora em como se manter até o final do mês de janeiro, o que vai aproximar de dois meses de salários atrasados. parece algo orquestrado, que vem desde o governo anterior, pois o atual manteve o mesmo secretário da fazenda, responsável por esse drama na vida dos milhares de funcionários públicos. é preciso denunciar que são dezenas de milhares, ou até centenas de milhares, que estão sendo prejudicadas, além de vários segmentos, como o do comércio, que vai paralisar suas atividades com a queda abrupta e acentuada do poder aquisitivo do servidor publico. a atividade do senhor mauro mendes, apoiado por algum pivete, só revela que este alcançou o poder para fazer valer apenas os seus interesses empresariais, e tirar suas empresas da falência, pouco se importando para a vida do servidor público. servidores, uni-vos, pois está só começando esse desastroso governo!!!!!!!!!!

  • Servidor indignado | Sábado, 05 de Janeiro de 2019, 08h05
    16
    2

    Estranho esses comentarios de reserva de dinheiro..e esse ai embaixo dizendo que os servidores ganham no minimo 5 mil kkkkkk recebo 1800 e ainda terei meu decimo parcelado em 4 vezes...Vocês acham que vivemos de agua e de luz solar?? Nem que se tivesse divida o decimo nao é opcao é lei...Eu sempre trabalhei e produzi e tambem trabalhei 10 anos na iniciativa privada,nao nasci servidor..Como podem generalizar que somos encostados?? Nao tenho nenhum auxilio,recebo somente o meu salario..Se vocês desconhecem nem empresa posso ter,é proibido,ou seja dependo do Estado...e só para lembrar NÓSSSS que compramos no seu comercio...como podem essas pessoas virem aqui e destilar um veneno a troco de nada...fique sem seu decimo tambem ou doe no asilo...viva de ar...vou trabalhar parcelado e ver se o MM aprova essa decisao...affe!!! Saco cheio de tudo que acontece...queria ter carro oficial para ir trabalhar...kkkkkkk

  • MT mais forte | Sábado, 05 de Janeiro de 2019, 07h44
    6
    6

    Infelizmente este descompasso na gestão do estado foi provocado por má gestão. Não existe mágica mas sim planejamento. E por isso que estado tem fazer a tão sonhada reforma administrativa e gestão, reduzindo o tamanho da máquina e oferecer eficiência para a população Matogrossense. 1. Medida enérgica e retorno imediato de todos os servidores CEDIDOS sem exceção para voltar a sua atividade profissional pois só aí automática e reduzido número de contratados para estado. 2.convocação imediata de todos os servidores CEDIDOS militares pra seu retorno operacional e inadmissível ter um grande número em desvio de função ou cedido pra outro órgão pra ser responsável pela guarda patrimonial dos órgãos. 3. Fim da verba indenizatória para todos. 4. Reduzir ou extinguir as empresas públicas ou economia mista pois não faz sentido o estado ter. 5. Reduzir número de prédios públicos alugados, veja um exemplo alugar um hotel pra ser órgão público . 6. Reduzir número de contratos terceirizado e veículos alugados pra área administrativa, usar uber ou táxi. 7. Fim da escala de 24x72 não existe sentido. O máximo será 12 horas

  • Gregório | Sábado, 05 de Janeiro de 2019, 07h43
    13
    3

    TRAIÇÃO, não tem outro nome. Começou muito mal, más, era de se esperar, é só olhar quem está ao seu redor!!!

  • Luiz Alberto | Sábado, 05 de Janeiro de 2019, 03h37
    11
    5

    Como existem anencéfalos falando sobre a perda da estabilidade dos servidores públicos... a estabilidade foi cru criada para proteger a sociedade e o interesse público... se servidor vier perder a estabilidade vai ficar na mão de político para fazer coisa errada, pois senão fizer a coisa errada ele irá passar no recursos humanos e pegar as contas. Os rolos acontecem com cargos exclusivamente comissionados, pois estão pela indicação política... então parem de falar besteiras alguns anencéfalos, pois quem sai perdendo é a população...Também é direito de qualquer trabalhador receber em dia... não temos nenhuma outra fonte de renda pois dedicamos ao Estado e a população mato-grossense.

  • Daniela Ferreira | Sábado, 05 de Janeiro de 2019, 00h57
    66
    2

    Quem estava em Miami semana passada, quem compra um vestido de 50 mil, NUNCA VAI entender o transtorno que é para uma mãe de família, ter seu salário atrasado e não receber o 13º.

  • Roberta | Sábado, 05 de Janeiro de 2019, 00h51
    44
    2

    Engraçado esses comentários sobre a reserva financeira. A gente paga: Aluguel, Luz, Água, Cesta Básica, prestação de carro, combustível, seguro, plano de saúde. Como faz reserva com o pouco que recebo? Ahh, pobre não pode se atrever a financiar um veículo popular e nem ter plano de saúde...

  • Servidor | Sábado, 05 de Janeiro de 2019, 00h51
    54
    2

    ONDE ESTÃO OS DEPUTADOS SERVIDORES PÚBLICOS DE CARREIRA ELEITOS??? SOMENTE VIMOS ELIZEU NASCIMENTO, JOÃO BATISTA MAS CADÊ DELEGADO CLAUDINEI E PAULO ARAUJO DA SAÚDE? TÃO CALADINHOS OU JÁ MUDARAM DE LADO??? ESTAMOS DE OLHO EM VOCÊS

  • Roberta | Sábado, 05 de Janeiro de 2019, 00h51
    26
    1

    Engraçado esses comentários sobre a reserva financeira. A gente paga: Aluguel, Luz, Água, Cesta Básica, prestação de carro, combustível, seguro, plano de saúde. Como faz reserva com o pouco que recebo? Ahh, pobre não pode se atrever a financiar um veículo popular e nem ter plano de saúde...

  • Jonas Seymour | Sábado, 05 de Janeiro de 2019, 00h31
    14
    69

    Falou tudo Bastter. Esse povo tem que aprender a poupar. Queriam a todo custo receber o salario em dia e a população que se exploda. Taí o resultado. kkkkk rindo ate 2022. Vai ficar igual ou pior que o RJ. Vi alguns comentários de uns enroladores públicos dizendo: vamos parar, vamos cruzar os braços, como se isto já não fosse uma rotina deles. Não fazem nada, não produzem nada é só quererem saber de salários em dia e RGA. E se preparem porque a estabilidade está próxima de ser extinta pelo congresso ai quero ver neguinho se virando nos trinta pra mostrar produtividade.

  • Servidor Lesado | Sábado, 05 de Janeiro de 2019, 00h16
    49
    3

    Pedro Taques não te ensinou nada mesmo heim Governador?? O Gallo enterrou Pedrinho e vai fazer a mesma coisa contigo!!! Até lá, vamos pagando os juros, multas e todas outras coisas que os bancos insistem em cobrar de nós, servidores, até porque, não tem como sonegar, descontam direto da nossa conta, quando o salário cair, atrasado!!! Mato Grosso, se cuida!!! Aiaiaiaiaiaiiaiaiai.........

  • Aladir Leite Albuquerque | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 23h36
    39
    2

    Eu nunca tive duvidas das três candidaturas ao governo por MT. Em minha campanha para o Senado da Republica fiz vários alertas sobre os planos A B e C enfatizando que as três candidaturas eram farinha do mesmo saco. Ai esta a prova eles se protegem uns aos outros e nem um deles sai perdendo. Uma pergunta! Por que o Mauro Mendes manteve a permanência do Secretario de Fazenda do governo anterior no cargo? Pois é infelizmente o povo votou errado de novo, por não mudar as oligarquias. Agora só em 2022 chomano

  • Analista | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 23h32
    39
    7

    Ele está fazendo mágica para deixar o funcionalismo de cara no chão, tal e qual nos tempos idos da década de 90 (lembram até das "cara-crachás"?....) onde salários atrasavam meses. Quando muito pai e mãe de família infartar de nervoso ou pular de viaduto por causa dos arrochos e atrasos, aí outros estarão motivados a deixar o serviço público, tal e qual preconiza esta verdadeira merda satânica de ESTADO MÍNIMO. Não abaixem agora servidores, ou o cabresto nunca mais soltará. Ele tentará ganhar tempo para ter carta branca para demitir à vontade os servidores, conforme a conveniência. Busquem nos editoriais deste jornal que há provas para este argumento, pois ele se juntou a outros governadores eleitos para pedir livre direito de exonerar ao Bolsonaro. Os sindicatos não se abaixem a gestores puxa-sacos desse governador. Se todos disserem Amém agora, começará um festival de ruindades. E não se esqueçam sindicatos: VOCÊS DEPENDEM DO FUNCIONALISMO PARA EXISTIR E SE PROVER. Fica a dica.

  • samanda | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 23h29
    33
    1

    E os reajustes de nós professores, os mais prejudicados nessa história, como que fica???

  • Paulo Bandeira Pontes | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 23h27
    40
    4

    É galera. Agora não tem mais jeito, a tarracada já entrou (MM) e ainda arranhou as beirada tudo. Vou ter que parar de ir na Cristal, voltar a tomar Skol e comer peixe que eu mesmo pesquei. Triste fim do funcionalismo.

  • Julio | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 23h12
    35
    1

    Povo aprendam a ter vergonha na cara nenhum desses politicos mentiroso não valem nada passou a eleição ai mostram quem realmente são fomos enganados mais uma vez avisados fomos mais não acreditamos dividi 13 em 4 vezes ele fez isso o dele não é dividido tô com uma raiva desse povo.

  • Servidor Solidario | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 23h06
    35
    1

    Eita o trem ficou mais feio que o diabo com diarréia MM não se esqueça que votos de algumas secretarias de Cuiabá você não teve pois sabemos quem são cada um dos seus companheiros que estão no primeiro escalão e outros que podem entrar no segundo e principalmente VOCE . COMPARTILHAMOS SOLIDARIEDADE COM nossos colegas do estado pois irá ser pesado o fardo deles e dou uma dica pesquisem com amigos e parentes que são da prefeitura quem são cada um deles para terem noção do que vocês têm em seu local de trabalho.MM seu plano louco ou tesão idiota de implantar iniciativa privada deixa para você pq agora aí no estado de tua empresa tiver algum lucro ou facilidades vai ficar feio se cuida viu

  • Bruno lima | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 23h05
    43
    2

    VOTEI NO ARTHUR NOGUEIRA 18 EU JA CONHEÇO ESSE M.M SÓ FEZ CAGADA EM CUIABÁ. ESTOU COM CONSCIÊNCIA TRANQUILA. tô fazendo bico no mercado de segurança esperar salário vai ser foda .

  • Mario | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 23h04
    36
    1

    Lembro de Mauro Mendes em época de campanha onde arrotava que tinha as respostas pra todos os problemas desse estado. Seria digno da sua parte voltar as seis horas onde ao menos o servidor economizará com o almoço e condução. Mas prefere jogar pra plateia onde nas secretarias está uma pindaiba dizendo que não tem grana pra nada .Quero ver o orçamento que vai destinar pra secretaria que Carlos Bezerra vai por trás comandar. Mauro Mendes o servidor público está tão esculachado que pra te odiar não custa muito...começou bem.

  • roberto | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 22h54
    25
    1

    Servidores unam-se contra esse tirano de plantão! fez um grande estrago nas mesas de suas famílias, lhes tirando o sustento de cada dia!!!

  • thiago | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 22h51
    36
    2

    Greve geral ou passar fome, recebendo a cada 60 dias e olha lá.

  • vicente | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 22h51
    30
    1

    hora da greve geral chegou!!!

  • Zeca | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 22h50
    32
    1

    Bem feito, avisados foram, o cara que não cuida do seu próprio patrimônio vai esquentar logo com quem, servidor, de quebra tem piveta que não gosta de servdor.

  • alana | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 22h48
    25
    0

    ESSE PATIFE E O SEU PIVETTE VÃO TER QUE ANDAR NA RUA, CANALHAS, VERMES, SEM VERGONHAS!!!!!!!!!!!!

  • escravo de mauro e virginia | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 22h45
    34
    2

    NA SEGUNDA FEIRA VAMOS FORRAR DE OVO PODRE O PALACIO PAIAGUÁS!!!!!!!!!!!!!!!

  • Ricardo | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 22h40
    43
    4

    Vou trabalhar parcelado também viu governador do estado de Mato Grosso.

  • Serva | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 22h32
    45
    6

    Além de voltar a carga horária para 8h esse MM ainda me vem com uma dessa Burro é ele de pensar que o servido q vai ficar 10h na repartição ( 8 h + 2h de almoço) vai produzir mais do q produz nas 6h. Vai é ter mais gasto com consumo isso sim.

  • Mévio | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 22h22
    43
    4

    PORRA DO SINDICATO NÃO VAI FAZER NADA TUDO MEDROSO

  • Pm | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 22h21
    26
    1

    Quero ver oque as associação sem futuro vão fazer ....

  • Pm | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 22h19
    41
    4

    EU NÃO VOTEI NO MAURO ENTÃO N VOU CARREGAR ESSA CRUZ .

  • Carlos Roberto | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 22h06
    20
    1

    Resposta ao Bastter. Larga de ser sardinha. Cuida do seu.

  • Servidor Impaciente | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 22h02
    34
    4

    quem é esse %$@# que vem aqui encher de comentario aqui sobre ter reservas... pegue essas suas reserva que voce tanto fala e enfia no rabo.

  • Nelito | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 22h00
    23
    10

    VOLTAAAAAAAAAA TAQUES CADEIAAAAAAAAA RIVA CADEIAAAAAAAAA SILVAL

  • Maxmiliano | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 21h45
    44
    2

    Sinceramente não votei nesse governador e avisei pro pessoal...esse Mauro n gosta de servidor ...pensa como empresário, é complicado, agora vamos se arrebentar contas atrasadas, sem dinheiro pra fazer compras, ferro....

  • Maria Silva | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 21h43
    46
    5

    Cadê o discurso de dialogar com as categorias??? Começou mau!!

  • Abelardo Figueiredo | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 21h42
    48
    4

    Tem que chamar o Marcel de Cursi para da uma aula pro Galo de como se gere a Sefaz. Com menos arrecadação, com às falcatruas ainda pagavam em dia e concedia o rga haha

  • Luiz Alberto | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 21h34
    55
    6

    Mauro está saindo pior do que o Taques!!! Até o Taques encontrou 84 mil na conta única pagou os servidores dentro do mês!!! Fora Mauro Mendes!!! Leve junto o Gallo porque avisado foi, mestre em direito ambiental o que quer com a Sefaz MT

  • Servidor público | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 21h19
    37
    4

    Tudo bem seu filho de um p. Eu quero é so ver sr vao prender os sonegadores de impostos e obrigar esses marajá da soja pagar imposto e parar de pagar duodécimo. Porque eu quero ser um filho da p se eu for trabalhar.

  • Servidora de Atitude | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 21h18
    47
    5

    Não sei vocês, mas já não irei trabalhar segunda feira em protesto, e farei a minha greve. Porque sei que se depender desses sindicatos que temos aqui, só teremos greve daqui 6 meses, quando todos tiverem beirando a morte por fome.

  • Bastter | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 21h17
    21
    65

    Acabou o milho acabou a pipoca ! Vcs fazem concurso para nunca mais trabalhar, se encostam nas costas do contribuinte . Prestam um péssimo serviço. Ganham muito acima do que um contribuinte ganha. E não tem uma reserva financeira para esses imprevistos? Tem que sofrer mesmo.

  • Benhur | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 21h08
    57
    4

    Cadê a DEPUTADA JANAÍNA RIVAS e o DEP ALLAN KARDEC, vocês eram o Defensor dos Funcionários Públicos Estadual, o MM comeu a suas Línguas ou colocou vocês no BOLSO.

  • mariza | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 21h08
    43
    3

    NÃO HÁ OUTRA SAÍDA, NÃO TEM COMO FICARMOS INERTES, PASSIVOS, NÃO!!!!!!!!!!vamos paralisar já, o governo não nos deu outra alternativa com essa decisão truculenta e abrupta. ninguém trabalha e ninguém produz até resolver a questão dos nossos salários. ou façamos isso, ou aceitamos a condição de escravos durante os 4 anos de governo desse empresário tirano.

  • Paulo preto | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 21h07
    45
    5

    COMEÇOU !!!! PREPARA O COURO CAMBADA. ISSO É SÓ O COMEÇO. AINDA FALTA AS MEDIDAS DO VICE GOVERNADOR. SÓ FUMO. O QUE FUNCIONÁRIO PÚBLICO PODE ESPERAR DE UM FAZENDEIRO CHUCRO E UM EMPRESÁRIO MANDÃO

  • Grampola | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 21h06
    34
    4

    Tinham opção, não votaram, não elegeram, agora aguentam!!!

  • Janaína Xavier | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 21h04
    42
    2

    Essa é uma estratégia para fazer a Assembleia Legislativa aprovar rapidinho o Fethab II e as outras propostas do novo governo.

  • Mario | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 20h57
    32
    3

    O pior é o se seguinte: É o mesmo Secretário de Fazenda. Isso quer dizer que está endossando a incompetência do antecessor. 💩💩💩

  • Matogosse | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 20h44
    41
    2

    #cadeJanaina? Defensora dos servidores públicos. Ahhhh!!! Lembrei. Ela pediu para os servidores terem Paciência!!!! Éeeee, Paciência, como se as contas pudussem esperar. Agora, podemos ter muita PACIÊNCIA para as próximas eleições. E pela amor de Deus servidores param de reeleger esses polticos de carreia, o certo é renovar 100% a cada eleição!!!!!

  • Carlos | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 20h44
    37
    4

    Governador covarde , suspende os repasses da AL , tribunal de contas , que vaii sobrar dinheiro pra os pais de famílias cuiabano, que ja nao tem saúde, e agora o senhor condena eles a passa fome. É o fim da sua carreira politica covardão, desgraçado!!! Greve ja

  • Mc | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 20h40
    39
    1

    Se esse governo continuar assim dáqui 4 anos será expulso igual Pedro Taques. Se não for antes dos 4 anos. GREVE GERAL de novo

  • james f. pereira | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 20h38
    24
    1

    Agora chega! Aguentamos aquele #$%¨&* do Pedro Taques 4 anos e agora outro #$%¨&* por mais 4 anos não dá. GREVE GERAL1

  • Sc | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 20h33
    46
    3

    Já começou muito mau,estou percebendo que vai ser igual ou pior que Taque.

  • Carlos | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 20h32
    24
    2

    Esse mauro mendes é canalha, vamos fazer greve gerall, vaii atrás de dinheiro la em brasilia , faz emprestimo, da um jeito , vamos para tudo , vamos fazer greve geralll

  • Juliana | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 20h28
    32
    1

    Cade o sindicato para tomar frente e não aceitar esse parcelamento?? Gente o Estado arrecada o suficiente para pagar aa contas.... Ja começou errado esse Governador...

  • Luciano | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 20h27
    21
    36

    Rindo litros e litros dos servidores que acham que são os donos do mundo. Sifuuuu bem feito! Injustiçaram Pedro Taques agora tomaram na tarraqueta!

  • Brenner | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 20h23
    43
    1

    QUEREMOS A PRISAO DE TODOS OS RESPONSAVEIS PELOS ESQUEMAS DE CORRUPCAO EM MT NOS ULTIMOS ANOS, UMA HORA A CONTA IA CHEGAR E QUEM VAI PAGAR INFELIZMENTE SERA O FUNCIONALISMO! SOMOS MUITO LENIENTES COM ESSA CLASSE POLITICA PODRE DE MT !!! RIVA CONDENADO A MAIS DE 100 ANOS DE PRISAO, SOLTO E ORIENTANDO SUA FILHA NA AL, EDER MORAES DE BOA NO FLORAIS, EMANUEL PINHEIRO PREFEITO PEGANDO DINHEIRO NO PAIAGUAS, ETC ETC.

  • Amiga | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 20h21
    31
    2

    Ainda bem que não votei nesse desgraçado eu sabia que esse aí será pior para o servidor que o anão, nunca me enganou bestas dos servidores que votaram nele.

  • Servidor decepcionado | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 20h16
    46
    2

    Fui enganada !!! Inacreditável inadmissível e imoral essa decisão, início de gestão Com essa medida, como será daqui até o término de seu mandato?!? fiquei com vergonha de votar em Vossa Excelência, escalonando 13 salário, salários recebendo quase 01 mês de atraso, em 25 anos de Servidora publica nunca passei por tamanha situação. Tenho que honrar meus compromissos. Não abro mão dos meus direitos!!!! Não nos cabe outra saída senão paralisar ... greve já !!! Chega de ser punidos !!!

  • contribuinte | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 20h14
    50
    5

    INFELIZMENTE VCS VAO FICAR AI LATINDO LATINDO LATINDO PQ AS CATEGORIAS QUE PODERIAM FAZER A DIFERENCA NUMA GREVE GERAL, QUE SAO AS POLICIAS E A SEFAZ ESTAO CAGANDO PARA O BAIXO CLERO, OU SEJA, A SEFAZ VAI CONTINUAR ARRECANDO IMPOSTO PARA PAGAR DUODECIMO DOS PODERES E A POLICIA AINDA VAI LARGAR O PORRETE, GAS DE PIMENTA E PRENDER QUEM MANIFESTAR. O JEITO E PREPARAR UMA GALINHA PRETA ALI NA ESQUINA DO DETRAN COM UMAS OFERENDAS ESPECIAIS PARA ESSE GOVERNADOR. #FICAADICA

  • O observador | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 20h13
    41
    5

    Kkkkkk.... Já tinha falado Mauro Mendes não tem palavra, falou que ia pagar em dias, já tô com saudades de Pedro Taques, esse Mauro não ganhou meu voto mesmo, tô com medo desse governo o Júlio tá chegando quer cargos bando de pilantras

  • . | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 20h13
    34
    1

    Sindicatos, É AGORA OU NUNCA. Sou sindicalizada há mais de 18 anos e nunca passei por uma enrascada dessas... Tenham como ameaça ou não, chamo aos colegas servidores a DESFILIAR MACIÇAMENTE se o fórum sindical não articular uma greve. E greve para travar absolutamente tudo. Nada de 30%.

  • coreano | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 20h06
    40
    1

    Vamos fazer uma campanha para que ninguém compre nada, somente coisas básicas, e greve geral já, vamos mostrar para esse canalha vagabundo que ele está governando um Estado com mais de 100 mil servidores e não um Município com meia dúzia de gatos pingados que ele bate o pé e todo mundo corre

  • Servidor Publico | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 20h05
    23
    74

    Rindo demais desses servidores descontrolados. Foram burros duas vezes, primeiro por não guardar dinheiro, regra básica é no minimo investir 10% do que vc recebe. Outra burrice ou acerto, Mauro Mendes quando prefeito foi super caxias, ele não solta dinheiro atoa, ele é empresario. Se esqueceram que ele foi contra o próprio aumento de salario. Servidor do estado não tem um que ganhe menos de 5 mil, enquanto a população mal ganha mil reais. Servidor não pode ver limite que quer usar, empréstimo consignado etc, burro que se fude mesmo.

  • Luciano | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 20h05
    48
    2

    Esse negócio de atrasar salários, escalonar e outras barbaridades começaram quando o Gallo foi para a Sefaz. É só lembrar. Agora o Mauro Sem Noção Mendes coloca o mesmo incompetente no cargo. Será que irão culpar o Silval? A Dilma? O Lula? Hugo Chavez? Jesus Cristo?

  • alexandre | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 20h01
    43
    1

    reserva financeira e uma coisa, Hecatombe nuclear é outra., já recebemos dia 19, com 30 dias de atraso nunca...todas as contas vencidas,, todas..do que adiantou mudar as datas pra depois do dia 10, se o governo paga com 30 dias de atraso ?

  • mobilização inteligente | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 19h56
    30
    2

    pessoal, vamos "trabalhar" no mesmo ritmo dos nossos salários...porque vamos nos dedicar para mostrarmos serviço, a tal produtividade????vamos ser inteligentes, essa máfia de empresários falidos e caloteiros que assumiram o governo do estado estão acostumados a escravizar os seus servidores do setor privado, agora desejam adotar a mesma estratégia conosco do serviço público. só que conosco isso não vai funcionar, vamos resistir de forma inteligente pessoal, e isso vai depender de nós aceitarmos passivamente essa escravização da nossa força do trabalho, ou nos mobilizarmos e utilizarmos táticas inteligentes de paralisação, muito simples. eles não podem exigir produção ou cumprimento de jornada de trabalho para quem não consegue subsistir com atraso do salário. não podem exigir que nos desloquemos para o local de trabalho se falta comida em casa. vamos dançar conforme a musica governador incompetente!!!!

  • Nara | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 19h49
    48
    1

    Traidor.....mentiroso....mudou o discurso rapidinho.

  • pai de familia | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 19h42
    47
    1

    Vamos parar pra não conseguir arrecadar nem um centavo a mais. A lei permite greve por falta de salário e não vem com essa de 30%. Vamos parar pra não arrecadar grana nem pra pagar os duodécimos, pra atrasar salário de juiz, desembargador, MPE, TCE, Deputados, tudo. Quem arrecada somos nós. Já que não tem pra nos pagar que todos fiquem sem dinheiro.

  • Cuiabana | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 19h42
    43
    1

    Ele falou que pagaria todo dia 30, só esqueeu de falar que seria COM 30 DIAS DE ATRAZO!!!! Rindo até 2022. Kkkkk. O Taques pelo menos pagava todo dia 10 que o último dia que a lei permite.

  • Salário Atrasado | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 19h34
    29
    1

    Tem que trabalhar idêntico com o décimo parcelado e fodasse a sociedade....

  • alexandre | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 19h33
    44
    0

    tem que judicializar salários e o juiz dterminar sequestro na conta unica, salario é de natureza alimentar está acima de duodecimos ... atraso de 30 dias.. não dá

  • BMS | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 19h32
    10
    46

    Isso que dá as pessoas serem extremamente consumistas e não possuírem uma reserva financeira. Ficam todas estéricas! E olha que vai pagar (atrasado, mas vai). Vamos ver se vão aprender e fazer uma reserva financeira. Ou vão contar com a previdência pública? Gritar por sindicato? Isso não resolve não. Longe de mim defender ilegalidades como estas, mas o povo brasileiro precisa urgentemente de educação financeira e está protegido. Reflitam.

  • EX ELEITOR DE TAQUES | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 19h30
    31
    0

    MT VAI FICAR IGUAL RORRAIMA RN MG

  • Daniel Boone | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 19h28
    41
    0

    desgraçado

  • Marcelo | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 19h28
    36
    1

    Vamos parar tudo meu povooooo, vamos cruzar os braços não vamos aceitar esse parcelamento pq não é justo, esse Galo SEFAZ é outro incopetente, fora Mauro, fora Galo, fora mentirosos, acorda Mato Grosso, vamos fazer enquanto esta só no começo, cade o discurso bonito de campanha? sr. Mauro Mente, a mim nunca enganou, quero o que é meu por direito e sem parcelamento ois não trabalho parcelado, cumpro com meus deveres e obrigações todos os dias, fiz compromisso e agora?

  • Rener oliver | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 19h27
    21
    0

    E os prestadores de serviços de empresas terceirizadas. Como a CORECO PRESTADORA DE SERVIÇOS TERCEIRIZADAS. QUE ATE O MOMENTO NÃO PAGOU .NEM O SALÁRIO E NEM O DÉCIMO. alegando que não recebeu o repasse. E seus funcionários estão passando fome .minha esposa presta serviços no comando geral. E ate o momento não há nem previsão. Pra receber. Assim como eu ha muitas famílias passando pelo mesmo .problema. Todo fim de ano essa empresa CORECO faz essa .sacanagem com seus funcionários.

  • Jorge | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 19h24
    43
    0

    governador ja edita uma medida fazendo o ipva tambem em parcelas igual ao nosso salario. todo politico e igual faz algumas promessas para enganar o povo depois q ganha o povo e q se fod... quem vai pagar o juro de minhas contas sera q sera vc gorvernador

  • GILCELIO | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 19h21
    42
    1

    SE FICARMOS QUIETINHOS, ESSE CANALHA PISA EM CIMA DA GENTE. ASSEMBLEIA GERAL PRA ONTEM!!!!!!!!!!!!!!!

  • Onofre | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 19h18
    44
    1

    Por que não esperar pagar o décimo quando o dinheiro do FEX ser depositado em MT??? Parcelar não é viavel,coitados dos servidores.O governador deveria rever esse parcelamento.Enfim,vamos aguardar.

  • Onofre | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 19h18
    24
    0

    Por que não esperar pagar o décimo quando o dinheiro do FEX ser depositado em MT??? Parcelar não é viavel,coitados dos servidores.O governador deveria rever esse parcelamento.Enfim,vamos aguardar.

  • Cristiano | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 19h17
    44
    1

    E O DE JANEIRO???? PAGARÁ DEPOIS DO CARNAVA????

  • Cadê o 13° | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 19h15
    51
    0

    Isso e o fim....MAURO MENDES ESTA PIOR QJE O PEDRO TAQUES .....DECIMO TERCEIRO ATRASADO 14 DIAS E AINDA VAI DIVIDIR 30 60 90 120 NUNCA MAIS MAURO....JOGUEI MEU VOTO FORA...

  • Servidor | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 19h14
    64
    0

    Greve geral já!

  • JAIR ARRUDA | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 19h13
    59
    1

    DEIXA EU SÓ ENTENDER....O DINHEIRO DO FEX QUE ERA PRA CHEGAR AGORA NO COMEÇO DE JANEIRO VCS VÃO COLOCAR NO KU DE UMA TRAÍRA, É ISSO ?

  • agroépop | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 19h10
    42
    2

    TAXAÇÃO DO AGRONEGÓCIO JÁ.... - Não pagam impostos; - Pegam dinheiro a 2% ao ano e são especialistas em dar calote em banco; - Responsáveis pela desigualdade social no estado; - O que gera emprego é industria, sem bla bla bla que agro gera emprego (pura mentira)

  • Fatima | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 19h10
    41
    1

    Mauro se não der pra c pede pra sair, não votei em vc mesmo, mais quero meu decimo integral sem parcelamento

  • Marc | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 19h09
    51
    0

    Já vi este filme!

  • Do Interior | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 19h09
    83
    3

    Parabéns governador Mauro Mendes. Conseguiu superar o antecessor. Bastaram apenas 5 dias de governo para conquistar toda a antipatia de mais de 100 mil servidores. É claro que o resto da sociedade também sentirá os efeitos nefastos da retirada de todos os servidores esraduais do meecado de consumo. Aguardem que muito desemprego será gerado em MT.

  • ESTOU FERRADA | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 19h09
    62
    0

    BAGUNÇOU MINHA VIDA CANALHA MALDITO!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Contribuinte | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 19h09
    49
    0

    Certamente não está priorizando os servidores públicos. Não podemos aceitar isso.

  • Marcelo | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 19h07
    39
    0

    Eu quero meu decimo integral, fiz compromisso e agora? Cade o sindicato que passou a gestão de Taques comendo nas mãos dele e não fizeram nada, não é justo só nós aniversariantes de Novembro e Dezembro sermos prejudicado, não confio mais no Judiciário, são todos comprados pelo rico salario que recebem integral. Sabia que esse Mauro Mente ia fazer isso, como não ter dinheiro um Estado que arrecada tão bem? Quero meu salariooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooo

  • Sargento do Boa | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 19h05
    44
    0

    CANALHA, PILANTRA, LADRÃO...VEIO PRA ROUBAR e tentar ajeitar suas empresas falidas depois vai desaparecer da vida publica...

  • PUTO DA VIDA | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 19h04
    51
    1

    VAMOS CRUZAR OS BRAÇOS, AI VAMOS PARAR O ESTADO DE UMA VEZ POR TODAS!!!!!!!!!!EU SÓ VOU TRABALHAR QUANDO RECEBER O QUE É MEU POR DIREITO, GREVE JÁ!!!!!!!!!!!!!!!

  • Observador | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 19h04
    39
    0

    Cheiro de greve...

  • Puts | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 19h02
    58
    4

    Kd aquele ANÃO!

  • Alfredo | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 18h57
    43
    3

    Pelo amor de Deus, o sindicato não pode cruzar os braços, greve geral já, meu carro esta empenhorado por falta de dinheiro para passar o Natal e Ano Novo com minha família, com esse parcelamento não terei como tirar, não é justo só nós de Novembro e Dezembro recebermos parcelado, poe exemplo quem ganha doze mil compensa, e os que ganham menos governador? Cade o Ministério Publico? A eles não estão nem a e né, estão todos com dinheiro no bolso, pra cima deles não vamos aceitar esse parcelamento, socorrooooooo esse Mauro Mente, tira esse galo de la, fora Galooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooo.

  • Misericórdia | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 18h56
    52
    2

    Então os servidores que fazem aniversário em Janeiro ficarão sem décimo. Ficamos o ano inteiro aguardando e vamos ficar na mão.

  • Monica | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 18h54
    39
    2

    E quantos por cento de juros por este fracionamento do 13° salário?... Vão vendo a merda que será o terço de férias, se pagarem. Quem não tem reserva até os dias 24 e 31/01, simplesmente ficará com uma enxurrada de juros para pagar e sem um centavo para ir trabalhar.

  • Indignada | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 18h53
    57
    3

    Parcelar o décimo em 4 vezes, pq e do governo passado? Não existe governo passado, existe governo de Mato Grosso ...qdo se candidatou já sabia a situação do estado. Esse Secretário acabou de afundar com o Estado e Ainda está na Gestão. Os salários dos servidores voltam pro estado, na forma de impostos e gastos. Isso é mostrar que não é prioridade manter os salários em dias, e contribuir mais e mais pra afundar o estado pois movimentamos grande parcela da economia. Me poupe!

  • Severino Penteado | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 18h53
    34
    1

    MDS DO CEU MEU 13º EM 4 PARCELAS.......QUE ABSURDO É ESSE GENTE....EU NÃO SOU RICO, PRECISO DO MEU DINHEIRO PARA PAGAR AS CONTAS JÁ VENCIDAS, COMO É QUE VAMOS NOS VIRAR DESSE JEITO, TODOS DO LEGISLATIVO E DO JUDICIARIO, QUE ALIAS DIGA-SE DE PASSAGEM ESTAO KGANDO PARA NÓS RECEBERAM, INCLUSIVE DO EXECUTIVO JANEIRO-OUTUBRO E NÓS SOMOS OBRIGADOS A PAGAR O PATO POR INCOMPETENCIA DE POLÍTICO VAGABUNDO....FAÇA UM FAVOR, RENUNCIE ANTES DE COMEÇAR PQ JA TA FEIO...

  • Luana | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 18h53
    44
    1

    Como vou receber meu decimo parcelado, se recebo 1800 reais ?? Em 4 vezes..decepção por essa noticia.. fico pensando como tem politico cara de pau, falar em parcelar...Um balde de agua fria em mim e ainda votei nesse governador. E o RGA ??? Urgente uma reforma politica,administrativa e tributaria..somente os servidores do executivo que sofre...Como o governador nao se pronuncia sendo que foi eleito,deveriamos ter ficado com Taques. Que desespero e que situação estamos...nao era para pagar o decimo com o dinheiro do fex e agora ??? uma lastima todo esse teatro.

  • Márcia M. | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 18h51
    49
    4

    Sai ano ...entra ano ....pra nós funcionários do executivo (a maioria nem ganha 5 mil líquidos) não vem uma notícia boa ... só fumo!!!

  • Albert carlos | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 18h48
    49
    2

    Canalha......Canalha....Canalha....falso.mentiroso

  • Felipe Almeida | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 18h46
    46
    3

    Prepara-se para enfrentar uma greve geral! Não somos Palhaços, quero meu décimo integral que não recebi , isso é injustiça! Quero meu salário no dia 10. Receber dia 24 vou pagar tudo com juros. Vamos entrar de greve sim! E vamos derrubar esse governo sim!!! Salário e prioridade, vc pode ver tudo menos o salário, pois é a nossa dignidade!

  • hector | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 18h46
    38
    1

    UMA MERDA ESSES POLÍTICOS,, MAS O POVO CONTINUA VOTANDO EM QUEM FOI FILMADO RECEBENDO DINHEIRO AFFFFFFFF

  • Servidor endividado | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 18h45
    57
    1

    Tá "serto"..Vou ligar nas empresas que tenho conta a pagar e pedir para escalonar meu débitos também sem juros. Será que vão escalonar para o legislativo e judiciário também? Ou só executivo que não tem vez?

  • Gilson | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 18h42
    58
    3

    Todo governo é o mesmo mimimi. Mauro malandro será pior que Pedro malvadeza?

  • Patricia | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 18h42
    30
    1

    13° parcelado, como assim,?

  • Eleitor | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 18h40
    38
    2

    Agora tenho certeza que ele é Homem de palavra: "DISSE QUE PAGAVA O SALÁRIO NO DIA 30 E VAI CUMPRIR".

  • Oliveira | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 18h39
    39
    3

    I fudeu MM apareceu...

  • LEITOR | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 18h38
    36
    3

    NÃO VAI PUBLICAR OS COMENTÁRIOS IMPRENSA GOVERNISTA????????????????????

  • Teka Almeida | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 18h36
    43
    2

    Só faltou dizer a hora que o pagamento vai estar nas contas dos servidores, pois se for pagar após horário bancário, não vejo respeito nenhum para com o servidor. E vou te dizer mais MM esse seu secretário Gallo vai ferrar com o seu governo. Espere prá ver.

  • zoador | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 18h34
    57
    12

    Acho é pouco...Achavam que estava ruim com o Pedro Taques, quero ver agora que terão que negociar com um empresário, acostumado a lidar com empregado e nao com servidor publico. Quero só ver o que os Deputados que são servidores publicos de carreira farão agora! Vão lutar pelos direitos dos servidores, ou se esconderem em seus gabinetes?

  • Servidor, lascado pelos juros | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 18h34
    47
    2

    O jeito é pagar juros...mesmo. E esperar o calote do 13° em dezembro de 2019.. Ja estou a ate vendo a novela... Para pagamento do salario hj a folha esta em 550 milhoes... Em dezembro será de 1 bilhão sera que vai ter esse valor ?

  • Servidor | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 18h34
    50
    2

    FDP...quero meu decimo integral...voces acham que mexem com adolescente?? Somos pais de familia...passei meu natal e ano novo sem nada. Quero meu dinheiro todo do decimo na minha conta, porque é GREVEEEE....O estado arrecada muitooo...trabalho pra sustentar regalias de outros poderes e quando chega fim do ano nao recebo meu decimo...É DIREITO...E como fica meu salario?? Trabalho direitinho, bato meu ponto certinho,nao tenho faltas...putz ...pra que MM quer manter esse secretario incompetente???Como vcs ira me pagar parcelado se recebo uma mixaria de subsidio...E com esse horario o dia todo,vou levar almoço para o serviço, nao sei que almoço pois nao temos dinheiro nem pra comprar alimentos..Ja passou da hora de rever esse duodécimo e a Lei Kandir...chega de incentivo..até parece que vai conseguir pagar o decimo desse ano em dezembro para todos os servidores...affe, ai parcela de 2019 em 2020...CANALHAS....O estado é forte e arrecadador...chega desse terrorismo todo dia na internet...Falaram que quando entrasse a merda do fex iria pagar...Nas proximas eleicoes MM vc tera o troco nas urnas....

  • Benhur | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 18h26
    33
    1

    Rapadura é doce mais não é mole, já mostrando para que veio , serviço público não te RJ , Governador e equipe.

  • jose florencio | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 18h25
    49
    3

    Meu Deus que absurdo. Tomamos o calote em um salário mensal. E minhas dívidas, alimentação, contas? E sem décimo terceiro. que CAOS. GREVE! GREVE!

  • profundamente indignada | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 18h25
    50
    3

    cafajeste, traiu os servidores que apoiaram a sua eleição, recebemos uma punhalada nas costas!!!!!!!!!!!

  • Rafael | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 18h25
    42
    2

    Greve Geral!!!!

  • Flor | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 18h24
    38
    1

    Isto é uma vergonha

  • Ricardo | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 18h23
    44
    3

    Acabou a gasolina que está no tanque da minha moto já não vou mais trabalhar.

  • nikita | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 18h20
    42
    2

    mexeu nos direitos dos servidores é GUERRRAAAAAAA!!!!!!!!!!!!!

  • Sandra | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 18h19
    62
    2

    AOS PASSIVOS E INERTES DO FORUM SINDICAL TAI UM TAPA NA CARA DE VCS! ABRIRAM AS PERNAS PARA O TAQUES QUE COMECOU A PARCELAR TUDO, AGORA VEM M.M E USA DAS MESMA ESTRATEGIA, JOGA TUDO MAIS PRA FRENTE COM PARCELAMENTOS A PERDER DE VISTA, ATE O SERVIDOR ESQUECER E NAO SABER MAIS NEM O QUE O ESTADO ESTA LHE DEVENDO. INFELIZMENTE EM MT, OS SERVIDORES AINDA NAO PERCEBERAM O PODER QUE POSSUEM E FICAM TERCEIRIZANDO SUAS DEMANDAS PARA ESSES ENCOSTADOS DO FORUM SINDICAL ATE DAR ESSAS MERDAS, ESTAO TODOS NO BOLSO NO GOVERNADOR ENQUANTO AS CATEGORIAS FICAM A VER NAVIOS. OU OS SERVIDORES PARAM ESSE ESTADO OU O ESTADO VAI PARAR COMPLETAMENTE A VIDA DE VCS.

  • MAGALI | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 18h18
    37
    1

    LUTAR É PRECISO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • servidor empobrecido | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 18h16
    44
    1

    camaradas, vamos para as ruas, é hora de luta!!!!!!!!!!

  • alexandre | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 18h15
    58
    4

    Greve geral, não vou receber dia 30 de janeiro. não tem como manter combustível e comer fora com 50 dias de atraso.

  • EDSON LIMA | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 18h10
    41
    2

    Na verdade os políticos de MT saquearam os cofres.o estado está quebrado e a culpa são dos corruptos e corruptores. Agora que paga são a sociedade do bem que pagará 2x .aonde que estavam os promotores de justiça de MT.nao viram os assaltos aos cofres públicos de MT. O ministério público choraram quando os políticos corruptos não queria que o ministério público fizesse as investigações agora eles estão com a faca e o queijo na mão e não faz seu papel de investigar os corruptos. Não entendo

  • trabalhador explorado | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 18h08
    45
    2

    senhores sindicalistas, assembléia geral já!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • servidor indignado | Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019, 18h04
    64
    4

    PILANTRA, SAFADO, FILHO DA P..., QUERO MEU SALÁRIO CONFORME A LEGISLAÇÃO DETERMINA, TENHO COMPROMISSOS, JÁ ESTOU ATRASADO, SEU DESGRAÇADO!!!!!!!!!!!!!!!GREVEEEEEEEEEEEE JAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!!!!!!!!!!!!!!

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS