05 de Agosto de 2020,

Política

A | A

Terça-Feira, 30 de Janeiro de 2018, 15h:03 | Atualizado:

1º DA FILA

Gilmar Mendes faz revisão eleitoral em MT

gilmarmendes-biometria.jpeg

 

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Gilmar Mendes, foi o primeiro eleitor a fazer, na manhã desta segunda-feira (29), o recadastramento biométrico em Diamantino (MT), cidade onde nasceu em 1955.

Ele afirmou que sua visita à cidade natal para se recadastrar tem como objetivo incentivar os eleitores da região a fazer o mesmo. “Espero que aí o prefeito e as autoridades todas trabalhem nesse sentido, até para dar um exemplo. O presidente do TSE veio aqui. O primeiro a se recadastrar. E acho que temos que espalhar para a cidade e dar um bom exemplo. Não só em Diamantino, mas também em Alto Paraguai. De modo a animarmos a população a ter, de fato, esse ativo em termos de cidadania. Isso porque passamos a ter, realmente, certeza de que há uma real coincidência entre a pessoa [que vota] e aquela identificação formal [pelas impressões digitais]”, ressaltou o ministro Gilmar Mendes.

O magistrado destacou o seu laço afetivo com Diamantino. “Fiquei aqui até 1971. E aí é muito interessante. O tipo de vida que nós tínhamos à época era muito integrado, jogando futebol, pescando. Mas um dado que me impressiona é que nós começamos no ginásio aqui, e tenho vários colegas que hoje ainda estão por aí, com 40, 42 alunos. Mas a vida daquelas pessoas para terminar o ginásio aquela época era muito difícil. Muita gente tinha que correr atrás de recursos e trabalhar muito cedo. Nós começamos com 40 e terminamos com 14 [alunos]. Então, nós somos sobreviventes”, lembrou Gilmar.

O presidente do TSE falou um pouco de sua trajetória. “Em 1971 a 1972, eu fui para Cuiabá. Fiz lá o primeiro ano ginasial, Depois, 1973, fui para São Carlos, onde fiz o segundo ano ginasial e, depois, Brasília em 1974. Portanto, até 1971 eu morei e vivi aqui. E tenho, por isso, uma grande identidade com todas as pessoas daqui. As pessoas na rua, como vocês podem ver, me chamam de Gilmar com a maior tranquilidade. E vivo, portanto, muito bem aqui. E gosto das pessoas. E tenho um sentimento mesmo de dívida com Diamantino. De modo que, sempre que posso, estou aí tentando fortalecer Diamantino, ajudar com melhores condições de vida para as pessoas”, disse ele.

“Eu até já disse: a forma que eu posso ajudar Diamantino é dizer que eu sou de Diamantino. E agora, obviamente, eu sempre que posso, lembro as pessoas, os políticos: olha, não se esqueçam de Diamantino. Diamantino é, na verdade, aqui uma metáfora. Diamantino e região, médio norte. Eu cresci em Diamantino, Alto Paraguai. Tanto é que Alto Paraguai disputa também a minha nacionalidade. A nossa fazenda, fazenda de infância, é no município de Alto Paraguai. E a gente tem um compromisso com essa região toda que se desmembrou de Diamantino e se desenvolveu”, recordou o ministro. 

E acrescentou: “Agora deixo o Tribunal Superior Eleitoral também com satisfação. Acho que foi um período bastante rico para todos nós em termos de realização, de participação na vida política do Brasil. Discutimos as reformas. E agora volto para o Supremo, para as minhas atividades acadêmicas com muita força. Essa questão da doação [particular feita à Apae Diamantino - Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais] é quase que um compromisso, vamos chamar assim, familiar. A minha mãe ajudava muito a Apae Diamantino. E sempre me disse: não se esqueça da Apae Diamantino”, finalizou o ministro, emocionado.

 



Postar um novo comentário

Comentários (14)

  • PVA do Leste | Terça-Feira, 30 de Janeiro de 2018, 20h50
    1
    0

    Depois que começaram as delações de Silval, esse sujeito fica mais em Mato Grosso do que no STF em Brasília. Será que está articulando alguma coisa? Raramente vinha ao nosso Estado, agora, acho que vai mudar seu gabinete pra cá.

  • Manoel Ornellas de Almeida | Terça-Feira, 30 de Janeiro de 2018, 20h15
    2
    1

    É um filho que orgulha os diamantinenses , os mato-grossenses e os brasileiros de verdade. Digo porque me orgulho do grande ser humano e eximio jurista que é o Min.Gilmar. Parabéns Diamantino.

  • MORO | Terça-Feira, 30 de Janeiro de 2018, 19h48
    1
    1

    Tranqueira, esse cidadão e a pior merda que existe hoje no Brasil.

  • Antônio | Terça-Feira, 30 de Janeiro de 2018, 19h39
    1
    2

    Como tem gente imbecil em tirar foto com uma desgraça dessa....

  • antunes Silva | Terça-Feira, 30 de Janeiro de 2018, 19h01
    1
    1

    Taca merda nesse bosta, anjo da guarda de bandido

  • Carlos | Terça-Feira, 30 de Janeiro de 2018, 17h55
    2
    1

    Esse pessoal adora criticar o GM... Impressionante... GM defende o direito de responder o processo em liberdade. Apenas isso!

  • piro | Terça-Feira, 30 de Janeiro de 2018, 17h46
    2
    1

    Tem gente que o critica porque não estudou ou nunca conseguiu chegar a lugar nenhum, seja bem vindo sempre MINISTRO, mt tbem é SEU.

  • josé silva | Terça-Feira, 30 de Janeiro de 2018, 16h55
    21
    6

    Tem gente que não tem noção mesmo, desde quando Gilmar Mendes é uma boa referência hoje.

  • Neuman Gomes de Oliveira | Terça-Feira, 30 de Janeiro de 2018, 16h54
    14
    2

    Ministro a elite não precisa de ajuda!

  • TEREZA | Terça-Feira, 30 de Janeiro de 2018, 16h44
    17
    4

    Por esse tipo de gente que deixei de votar, tenho vergonha de dizer que esse MINISTRO é de MT, uma vergonha, se fosse ele nem colocaria pés aki, foi praticamente expulso do voo que o trouxe para MT.

  • Erivaldo | Terça-Feira, 30 de Janeiro de 2018, 16h01
    14
    4

    ser POLEMICO tem o seu preço! no Brasil..... mas vale um sorrisinho falso do que um NAO verdadeiro.

  • cidadão | Terça-Feira, 30 de Janeiro de 2018, 15h53
    20
    4

    ficou horas esperando na fila como qq outro cidadão?

  • José Dias | Terça-Feira, 30 de Janeiro de 2018, 15h40
    12
    42

    Bela atitude Ministro Gilmar Mendes. Vossa Excelência faz toda a diferença em ser mato-grossense e de ser um filho ilustre de Diamantino.

  • mad | Terça-Feira, 30 de Janeiro de 2018, 15h16
    30
    16

    Morre desgraça!!!

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS