06 de Agosto de 2020,

Política

A | A

Segunda-Feira, 06 de Julho de 2020, 14h:30 | Atualizado:

DILEMA DEMOCRATA

Governador quer lançar deputado em Cuiabá, que evita enfrentar EP

Mauro Mendes deseja que Botelho seja candidato governista na capital


Da Redação

botelho-emanuel.jpg

 

Com a confirmação das eleições municipais para os dias 15 e 29 de novembro, o deputado estadual Eduardo Botelho (DEM), que acabou de ser reeleito para o terceiro mandato como presidente do Legislativo Estadual, voltou a sinalizar que pode entrar na disputa pela Prefeitura de Cuiabá. Disse que já teve uma conversa com o governador Mauro Mendes (DEM) na qual trataram sobre o assunto, embora nada ficou definido. 

"Eu não estou trabalhando focado nisso. Agora pode acontecer, não estou descartando também a hipótese de participar da eleição. Depende de diversos fatores, evidentemente", ponderou o democrata.

Ao  longo de 2019, ele teve o nome aventado para a disputa por diversas vezes, mas alegava que não tinha interesse em ser o sucessor do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), que está apto a buscar a reeleição e é seu amigo.  Na conversa com o governador, Botelho afirma ter deixado claro que seu foco não é a disputa para a Prefeitura da Capital, mas se houver condições favoráveis e consenso no grupo político, a ideia pode ser avaliada.

"O governador me perguntou se eu poderia ser candidato, se eu teria interesse. Eu disse que a princípio poderia ser, se vários fatores acontecessem. Não estou focado nisso, mas pode ser que nós venhamos a participar lá na frente dessa eleição", comentou o deputado. 

A prioridade no momento, diz Botelho, é terminar o semestre e votar projetos importantes e de interesse do Governo, como a conclusão da reforma da Previdência. Somente depois do recesso parlamentar é que ele pretende discutir melhor o tema eleições municipais. 

Eduardo Botelho deixa claro que caso o prefeito Emanuel Pinheiro confirme que disputará a reeleição, ele está fora. "Foi uma das coisas que eu coloquei, não para o governador, mas pra mim. Especialmente por conta da relação de amizade que tenho com o prefeito Emanuel, construída aqui dentro dessa Casa e eu não gostaria de entrar num embate com ele. A disputa eleitoral é um pouco dura e passa, inclusive, para agressões e discussões pessoais e não gostaria de ter isso com um amigo. Então, foi uma colocação que eu fiz sim", justificou Botelho.

FÁBIO GARCIA

Dentro do Democratas, o presidente estadual da legenda, o ex-deputado Fábio Garcia, continua sendo a principal aposta de Mauro Mendes, seu padrinho político. Ele foi secretário de Governo na gestão de Mendes como prefeito de Cuiabá  e a partir de 2013 coordenou os principais projetos que marcaram a gestão de Mendes no Palácio Alencastro. 

Com a projeção política que conseguiu, Garcia disputou as eleições de 2014 e foi eleito deputado federal. Em 2018, recuou de buscar a reeleição e aceitou ser o primeiro suplente do senador Jayme Campos.  Botelho sabe da preferência do governador pelo nome de Garcia. "Do grupo, existem outros nomes. O deputado Fábio Garcia é um nome forte. Por enquanto é o nome mais cotado, eu diria assim, para disputar a eleição aqui de prefeito", disse Botelho em entrevista ao Resumo do Dia.

Pesa também a favor de Garcia o fato de outros nomes do DEM - como os secretários Mauro Carvalho e Gilberto Figueiredo -, não estarem aptos a disputa. Eles não se desincompatibilizaram dos cargos a tempo de poder concorrer a eleição.

 



Postar um novo comentário

Comentários (9)

  • Indignado | Segunda-Feira, 06 de Julho de 2020, 17h32
    0
    0

    Governador fica ai discutindo política ao invés de agir pra cuidar do povo de MT que o elegeu ele culpa o Emanuel outro irresponsável para queima lo,O deputado traidor do povo Eduardo Botelho se for msm se candidatar irá sentir oque o Wilson Santos sentiu em 2016 o desprezo o ranço dos servidores e seus familiares.O poder para eles sempre mais importante do que a vida do povo seja de MT seja de Cuiabá .

  • Ggm | Segunda-Feira, 06 de Julho de 2020, 17h30
    0
    0

    Fora cambada corrupta.

  • Analista Político | Segunda-Feira, 06 de Julho de 2020, 17h14
    0
    0

    Não basta o Dr. Jaime Campos ser Prefeito da VG e Senador, agora quer ser também Prefeito de Cuiabá, lamentável.

  • Cleyton | Segunda-Feira, 06 de Julho de 2020, 16h41
    4
    0

    Péssimo candidato a qualquer cargo eletivo.

  • Octávio Augusto Regis de oliveira | Segunda-Feira, 06 de Julho de 2020, 15h25
    4
    0

    Botelho não e bobo e sabe do desgaste do governador CANOA. FURADA

  • Antônio | Segunda-Feira, 06 de Julho de 2020, 15h11
    6
    0

    Isso deputadozinho pilantra candidata aí... Mas concorre com jumento para vê se vc ganha seu lixo...

  • Carlo | Segunda-Feira, 06 de Julho de 2020, 15h02
    7
    0

    Botelho, Mauro Mendes ou Emanuel Pinheiro, é dificil escolher quem é o pior. Só porcaria, os cuiabanos estão f.......🥺

  • Zeca | Segunda-Feira, 06 de Julho de 2020, 14h57
    7
    0

    Vixe será que os eleitores de Cuiabá jogou pedra na cruz e acertou, misericórdia.

  • Eleitor | Segunda-Feira, 06 de Julho de 2020, 14h38
    9
    0

    Governador respeite a dor daqueles que morreram pela Covid19, ao invés do senhor esta preocupado com o poder se preocupe em instalar mais UTI porque tem uma fila de mais de 100 pessoas esperando que com certeza muitos não alcançaram esta suas UTI. O senhor é o prefeito tiveram 4 meses para agilizar tudo que fosse necessário e vocês ficaram fazendo showzinho na mídia, agora estão até falando em se juntar para tentar o poder. Governador, espero que o povo de Mato Grosso em especial de Cuiabá tenha vergonha na cara e não vote nem no seu grupo e nem no grupo do Prefeito de Cuiabá porque vocês mostram que a vontade de continuar nas tetas do poder fala mais alto do que o desejo de salvar a vida do proximo.

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS