24 de Fevereiro de 2020,

Política

A | A

Terça-Feira, 28 de Janeiro de 2020, 17h:28 | Atualizado:

ALTERNATIVA

Governo Federal articula concessão para retomar obra do VLT em Cuiabá e VG

Tarifa seria "rateada" entre os 141 municípios do Estado

vlt-poeira.jpg

 

Símbolo da corrupção que tomou conta das obras da Copa de 2014 em diferentes estados brasileiros, o prometido Veículo Leve sobre Trilhos que ligaria Várzea Grande a Cuiabá, no Mato Grosso, voltou ao radar do governo e, veja só, em pleno ano eleitoral!

A ideia é retomar a obra, um elefante branco que drena recursos públicos dos matogrossenses desde 2014, a partir de uma concessão pública que poderá ser intermediada pelo governo de Jair Bolsonaro.

A negociação corre no ministério do Desenvolvimento Regional. Uma reunião está marcada para o próximo 10 de fevereiro para discutir o assunto. O ministro Gustavo Canuto vai receber o governador Mauro Mendes e os prefeitos de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, e de Várzea Grande, Lucimar Campos.

Quanto a cobrança de tarifas e serviços, estes serão rateados pelos 141 municípios mato-grossenses, por sugestão do governador.

Quem adiantou as conversas em Brasília foi o senador Wellington Fagundes, presidente da Frente de Logística do Senado.

 

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Edmilson rosa | Terça-Feira, 28 de Janeiro de 2020, 21h48
    1
    0

    O presidente e o cara olhou sim para Cuiabá e várzea Grande agradece e Mato Grosso o Turismo o meio ambiente agradece o

  • joão coite diniz | Terça-Feira, 28 de Janeiro de 2020, 21h33
    5
    0

    CHINA (chineses) ASSUMIR esse VLT essa OBRA em 06 MESES está funcionando> COXIPO, VARZEAGRANDE ETC..

  • Edmilson rosa | Terça-Feira, 28 de Janeiro de 2020, 21h20
    1
    0

    O presidente e o cara olhou sim para Cuiabá e várzea Grande agradece e Mato Grosso o Turismo o meio ambiente agradece o

  • Daniel Marques | Terça-Feira, 28 de Janeiro de 2020, 21h20
    0
    0

    Olha, está muito claro que o parecer do Governo Federal é pela retomada. Vamos acordar! O dinheiro já foi reservado e já estamos pagando, inclusive. Não tem porque continuar enrolando. O povo quer essa obra, vamos agir o corpo.

  • José | Terça-Feira, 28 de Janeiro de 2020, 19h46
    3
    0

    Esta obra do VLT só será acabada com a participação do sival Barbosa do Zé Riva e dos ex con$elheiros afastados do TCE ea companhia do Éder Morais?

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS