10 de Agosto de 2020,

Política

A | A

Sexta-Feira, 26 de Janeiro de 2018, 20h:42 | Atualizado:

ACORDO COM OS PODERES

Governo pagará duodécimo atrasado de forma parcelada a partir de maio

Dívida é de R$ 197 milhões; Taques garante que repasses de 2018 serão feitos em dia

taques-poderes.jpg

 

O governador Pedro Taques e o secretário de Fazenda Rogério Gallo, se reuniram nesta sexta-feira (26.01) com os chefes dos Poderes e órgãos constitucionais. Em pauta, o pagamento pelo Executivo dos valores devidos dos duodécimos de 2017. Taques assegurou aos presidentes da Assembleia Legislativa, Tribunal de Justiça, Tribunal de Contas do Estado e Defensoria Pública os repasses do ano corrente de 2018 dentro da normalidade.

Segundo o governador, o Estado prepara uma proposta que deve ser apresentada na próxima semana para regularizar os repasses de 2017. Ao todo, o Estado tem um débito de R$ 197 milhões com os poderes e órgãos constitucionais. Ao longo de janeiro já foram pagos R$ 65 milhões do que ficou remanescente de 2017.

Os valores serão quitados a partir do mês de maio, isso porque em março o governo vai quitar mais uma parcela de U$ 32 milhões com o Bank of America, contraídos na gestão passada. Convertendo os valores com a cotação atual o que dá mais de R$ 100 milhões.

O governador destacou que todos os chefes de Poderes entendem o momento de dificuldade econômica pelo qual o Estado atravessa. “Eles são importantíssimo para que possamos atravessar esse momento de dificuldades”, disse o governador.

Ao lembrar que todos os Poderes são o Estado de Mato Grosso, Taques afirmou que todos fazem atendimentos à população e as políticas públicas precisam ser efetivadas. Todos os detalhes do acordo serão divulgados em decreto na próxima semana.

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho disse que ainda há alguns desencaixes que precisam ser sanados antes da divulgação do acordo. Segundo Botelho, os Poderes entendem a necessidade de pagar a dívida com o Bank of America.

O presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Rui Ramos, lembrou que o Brasil inteiro passa por um momento econômico de dificuldades. Por isso a necessidade de união e dar contribuição para superar a crise.

A reunião durou cerca de três horas e cotou com a participação também do presidente do Tribunal de Contas, conselheiro Gonçalo Domingos Neto, do procurador geral de Justiça, Mauro Curvo, do defensor público-geral, Silvio Santana e do secretário-chefe da Casa Civil, Max Russi.

 



Postar um novo comentário

Comentários (14)

  • Zé Ramalho | Sábado, 27 de Janeiro de 2018, 21h38
    0
    0

    Parece que todo mundo é sem noção . DÚVIDO que o Des. Rui aceitou isso. DUVIDO !!! O pessoal fala e posta comentários de quem não o conhece ! Uma coisa é o que se coloca na mídia e outra coisa muito diferente é inquestionável o Des é como pessoa e profissional ..,que besterol ... vá procura o que fazer .. SEM NOÇÃO !!

  • Said Joseph | Sábado, 27 de Janeiro de 2018, 21h13
    2
    0

    Pelo que observei na foto. Ali só tem BABA OVOS de Pedro Taques. Todos estão encantados com o Governador.

  • joao | Sábado, 27 de Janeiro de 2018, 12h03
    11
    1

    Taques poderia deixar de mandar duodécimos parciais para o TJ e a AL, pois os presidentes estão conformados, deu um grande fôlego para o governador. Agora eu vi que o governador manda nos poderes. Me fez lembrar, tinha um cidadão me devendo, se eu de cobrar, passe ter vergonha do devedor.

  • joaoderondonopolis | Sábado, 27 de Janeiro de 2018, 11h58
    8
    1

    Notícia pior que esta não existe, e o pior que os presidentes dos poderes não falam nada,antes eu falava que era por respeito, mas mudei de ideia, agora eu falo que é por medo. Taques vai entregar o governo no dia 01/01/2019 devendo aos poderes num montante equivalente de 2 repasses para cada. Taques está controlando os poderes com mão de ferro. Parabéns Taques.

  • Cris | Sábado, 27 de Janeiro de 2018, 09h15
    10
    1

    A Impressão que nós da sociedade temos é que a LEI NÃO EXISTE PARA TAQUES !! Que o MPF e MPE estão de quatro pra ele ... e que a PF tem medo dele .. fim dos tempos !!

  • Angelina | Sábado, 27 de Janeiro de 2018, 09h10
    14
    1

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK... bem feito pro JUDICIÁRIO E LEGISLATIVO. LAMBE SACO DE TAQUES ..

  • Gil | Sábado, 27 de Janeiro de 2018, 08h52
    12
    1

    E ainda pretender abrir mais concursos?? O problema não era o inchaço ? Não tô entendendo a sua matemática Sr táxi ,? Ou isso é mais uma manobra eleitoral.

  • Jon | Sábado, 27 de Janeiro de 2018, 08h16
    9
    0

    Kkk quem acredita em caloteiro? Falar até papagaio fala. Vai pagarantir um pouco aí também vai dever fornecedores e vai dizer que a culpa é do silval e da crise. Puts como Pedro Taques é um péssimo gestor! Me arrependo de ter votado nele!

  • Carla | Sábado, 27 de Janeiro de 2018, 07h03
    10
    1

    Todo mundo dominado! Chapéu na mão e falando baixo! Maquiavélico este taques.

  • karlos | Sábado, 27 de Janeiro de 2018, 06h31
    9
    1

    difícil acreditar uma vez que usualmente não costuma cumprir com a palavra dada.

  • Cuiabano | Sexta-Feira, 26 de Janeiro de 2018, 22h03
    9
    0

    Ganhou mais 4 meses. Chegando em maio PEDRO TAQUES, irá dizer que não a culpa é do SILVAL e continuará do mesmo jeito. UMA VERGONHA ESSE PEDRO TAQUES.

  • silva | Sexta-Feira, 26 de Janeiro de 2018, 21h52
    7
    0

    mais um acordo que não será cumprido, e tudo jogada incaiada, desde incompetente do governador.

  • Cuiabania | Sexta-Feira, 26 de Janeiro de 2018, 21h51
    7
    0

    Vão levar calote novamente.

  • Said Joseph | Sexta-Feira, 26 de Janeiro de 2018, 21h20
    12
    1

    Mais uma reunião para nada. Nada vai acontecer, nenhum dos poderes vai receber um tostão. Tem sido assim, assim será.

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS