12 de Agosto de 2020,

Artigos

Política

A | A

Sábado, 17 de Fevereiro de 2018, 21h:15 | Atualizado:

AÇÃO DE EXECUÇÃO

Juiz manda penhorar R$ 147 mil de ex-governador de MT para pagar dívida com médico

Ação não traz detalhes sobre origem da dívida contraída há dois anos


Da Redação

gilberto-bussiki.jpeg

 

O juiz da Nona Vara Cível, Gilberto Lopes Bussiki, mandou penhorar até R$ 147.127,80 mil das contas bancárias do ex-governador, ex-senador, ex-deputado federal, ex-conselheiro e ex-prefeito de Várzea Grande, Julio José De Campos (DEM), e de sua filha, Consuelo Maria Pinto De Campos, em favor do médico J.E.C.C, que há dois anos tenta receber os valores numa ação de execução. O processo não traz detalhes sobre a origem da cobrança.

A decisão é do último dia 5 de fevereiro. “Defiro o pedido de nova tentativa de penhora on-line, que deverá recair sobre dinheiro na conta dos executados Consuelo Maria Pinto De Campos e Julio José De Campos até o valor do débito existente perfazendo a quantia de R$ 147.127,80”, disse o magistrado

Em sua decisão, o magistrado ressaltou que apesar da ação tramitar já há dois anos ainda não foi possível efetuar o pagamento ao médico. “Conforme se dessume de todo o processado, não tendo os executados adimplido o débito voluntariamente, nem apresentado bens passíveis de penhora, bem como inexistindo qualquer restrição à penhora online e, considerando que a execução já se arrasta por mais de dois anos, é de todo válido o pedido a fim de assegurar o juízo em sua integralidade, devendo, consequentemente, ser deferida a tentativa de penhora on line”, destacou.

Caso a penhora se torne infrutífera o magistrado orientou o médico a informar se deseja tomar outra medida como por exemplo o bloqueio de bens de Júlio Campos. “Oficie-se ao departamento responsável pela Conta Única do Tribunal de Justiça informando sobre a constrição realizada nos autos, fornecendo as informações necessárias para a vinculação do valor penhorado nestes autos. Caso a penhora torne infrutífera intime-se a exequente, para impulsionar o feito, requerendo o que entender de direito no prazo de cinco dias”, decidiu. 

 



Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • Maria Helena Monteiro | Domingo, 18 de Fevereiro de 2018, 16h33
    4
    14

    Quem é esse médico,cujo nome é secreto ? será que não é um médico-picareta, extorquidor ou agiota ? Por que esse SITE só divulgou ou faz estardalhaço com o nome do Julio Campos e da sua filha, e do médico só sai J.E.C.C., voces do Folhamax são super parcial, hein

  • Eleitor | Domingo, 18 de Fevereiro de 2018, 13h58
    7
    5

    No cego ?

  • Cuiabano | Domingo, 18 de Fevereiro de 2018, 12h59
    14
    1

    Parece que Júlio Campos deve até Jajah Neves, é isso mesmo? Lamentável.

  • Germano Alves | Domingo, 18 de Fevereiro de 2018, 11h39
    16
    3

    Julinho Berere, ladrão e corrupto, caloteiro!

  • Sebastião Carlos | Domingo, 18 de Fevereiro de 2018, 11h00
    10
    6

    Começou a metralhadora do Pedrinho malvadeza kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • Luiz Barbosa | Domingo, 18 de Fevereiro de 2018, 08h41
    11
    5

    Meu Deputado Estadual Júlio Campos: Como diz Temer, continue assim não pagando ninguém, mantenha!

  • Verdade | Domingo, 18 de Fevereiro de 2018, 06h40
    3
    7

    Vai falar mal do táques q as mídias pagas dece porrete piro gosto mpé do tá que arrumar um poses só rapidinho kkkk

  • Verdade | Domingo, 18 de Fevereiro de 2018, 06h40
    4
    7

    Vai falar mal do táques q as mídias pagas dece porrete piro gosto mpé do tá que arrumar um poses só rapidinho kkkk

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS