23 de Fevereiro de 2020,

Política

A | A

Terça-Feira, 28 de Janeiro de 2020, 12h:15 | Atualizado:

R$ 75 MIL POR MÊS

Justiça bloqueia R$ 8 mi de ex-conselheiro que recebia 4 salários ao mesmo tempo

MPE comprovou que Humberto Bosaipo recebia muito mais que ministro do STF, cujo salário é o teto do funcionalismo público

Rep.Internet

Humberto Bosaipo

 

Juíza Célia Regina Vidotti, da Vara Especializada em Ação Civil Pública e Ação Popular de Cuiabá, determinou o bloqueio de R$ 8 milhões de bens do ex-conselheiro do Tribunal de Contadas do Estado (TCE), Humberto Bosaipo. Ele foi condenado em 2016 por ultrapassar o teto permitido por lei após receber salários que somavam um total R$ 75.273,05 mil, de em diversas funções esfera pública.

A decisão é do dia 16 de janeiro. Entre os bens a serem penhorados constam um imóvel (sem especificar o valor) em Cuiabá e dois veículos. 

A decisão faz parte da Ação Civil instaurada pelo Ministério Público Estadual (MPE), que afirmou que Bosaipo era remunerado através de quatro fontes de rendas do Poder Público. Somadas, elas ultrapassavam o salário de um ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), que é o teto remuneratório do serviço público no país. 

Segundo a denúncia, Bosaipo recebia R$ 22.111,25 como conselheiro do Tribunal de Contas; R$ 12.384,07 pelo FAP (Fundo de Assistência Parlamentar); R$ 28.483,41 de aposentadoria voluntária do cargo de carreira de Técnico de Apoio Legislativo; e R$ 12.294,32 por ter exercido, durante 3 dias de novembro de 2002, o cargo de governador do Estado, já que era o substituto legal por estar na presidência da Assembleia Legislativa.

Na ocasião, o MP argumentou que o “caracterizou malversação da verba pública, já que desfalca dos cofres públicos, todo mês, a diferença absurda de R$ 53.161,80, mais que o dobro do teto geral”. 

Em junho de 2011, a Justiça condenou Humberto Bosaipo a restituir os valores recebidos de forma irregular. 

 

 

Postar um novo comentário

Comentários (11)

  • ZEZO AFONSO | Terça-Feira, 28 de Janeiro de 2020, 18h13
    3
    0

    CONDENAR É FACIL. QUERO VER RECEBER

  • joana | Terça-Feira, 28 de Janeiro de 2020, 16h14
    4
    0

    agora la vem aquela parte que procuram o dinheiro e não encontram nada. uma palhaçada

  • ana | Terça-Feira, 28 de Janeiro de 2020, 16h12
    4
    0

    28 mil pra tecnico de apoio ???? aposentadoria de politico???? so VERGONHA

  • Fim da Corrupção | Terça-Feira, 28 de Janeiro de 2020, 14h01
    9
    0

    O MPE deveria investiga o Professor Osvaldo Sobrinho tbm, recebe 3 aposentadorias, outro ladrão do dinheiro publico, ficou milionario roubando o estado.

  • Paulo | Terça-Feira, 28 de Janeiro de 2020, 13h56
    5
    0

    E DEPOIS, DIZEM QUE NÓS SERVIDORES PUBLICOS, QUE QUEBRAMOS O ESTADO................ E OUTRA COISA, ELE VAI CONTINUAR RECEBENDO, ........ESSA MATERIA NAO IRÁ MUDAR NADA, E CAPAZ DE ELE TER MAIS UMA RENDA, DEPOIS DESTA REPORTAGEM. E SOMOS TODOS NÓS CONTRIBUINTES, QUE IREMOS PAGAR AS RENDAS, OS SALARIOS GORDOS, DO HUMBERTO BOISAPO. ENQUANTO, ELE CURTE FERIAS INDETERMINADAS. POR CONTA DA MOROSIDADE DA JUSTIÇA. 3 (tres) DIAS NO EXERCICIO DE GOVERNADOR, E JA SE APOSENTOU COM UM SALARIO DE QUASE R$ 13.000,00. ESSE É O NOSSO BRASIL.!!!!!!!!! ENQUANTO ISSO, BRIGAMOS PELOS 2% DO NOSSO RGA. E O GOVERNO AUMENTA A ALIQUOTA DA PREVIDENCIA DOS SERVIDORES, DE 11 PARA 14%.

  • José | Terça-Feira, 28 de Janeiro de 2020, 13h54
    4
    0

    Parece que a justiça que acompanhava o hino nacional começou acordar ( a quela parte deitado eternamente em berço expendido)

  • Observador. | Terça-Feira, 28 de Janeiro de 2020, 13h31
    6
    0

    Enquanto um escroto destes se apropria daquilo que eu pago de impostos, professores, policiais, enfermeiros e outros funcionários públicos que estão na base da pirâmide acabam tendo que pagar o pato por ele.

  • Fim da Corrupção | Terça-Feira, 28 de Janeiro de 2020, 13h27
    7
    0

    O MPE tbm deveria investigar o Professor Osvaldo Sobrinho, recebe 3 aposentadorias, outro ladrão do dinheiro publico.

  • Armindo de Figueiredo Filho | Terça-Feira, 28 de Janeiro de 2020, 13h25
    4
    0

    QUE POUCA V E R G O N H A !!!!!!! Prisão perpétua é o mínimo>>>Até quando vamos deparar com esses ESCÁRNIOS????? Comentar MAIS O QUE????? SOL QUADRADO PRA ESSE ""CARA""" É POUCO!!!!!! Fazer DEVOLVER TUDO oque foi INDEVIDO....CHEGA DESSAS ABERRAÇÕES....NINGUÉM AGUENTA MAIS!!!!Fim de Papo .........

  • alberico | Terça-Feira, 28 de Janeiro de 2020, 13h10
    5
    0

    "determinou o bloqueio" NÃO significa que BLOQUEOU......... A reportagem, poderia se aprofundar, e divulgar, se a justiça conseguiu bloquear, Um único e miserável real da contra deste "cidadão", ou algum bem !!! o que eu duvido muito.........

  • Trabalhador Honesto | Terça-Feira, 28 de Janeiro de 2020, 12h29
    19
    0

    Esse sujeito deveria estar é preso, és USURPADORE DO ERÁRIO!!!! LADRÃO DO DINHEIRO PÚBLICO!!!

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS