14 de Agosto de 2020,

Política

A | A

Segunda-Feira, 29 de Janeiro de 2018, 10h:16 | Atualizado:

ÁGUA E ÓLEO

Lúdio considera difícil aliança PT e MDB em MT


Gazeta Digital

ludio.jpg

 

Ex-vereador e médico, Lúdio Cabral (PT) afirmou que no próximo mês deve definir se entrará na disputa eleitoral deste ano e um possível cargo a concorrer seria definido pelo grupo. “Estou dedicado à minha profissão que é a medicina, cuidando dos meus filhos e afastado desde as eleições de 2014 da militância. Estou avaliando e refletindo e vou aguardar e reunião estadual para me apresentar e dizer se estou disposto ou não e caso esteja, ai sim avaliar um cargo de acordo com a necessidade do grupo”.

O petista ainda avaliou a saída do deputado federal Ságuas Moraes (PT) da vida política. Segundo ele, a militância deve perder caso ele não queira mais disputar um cargo eletivo. “O Ságuas é hoje o homem do PT de Mato Grosso no Congresso e vamos tentar mantê-lo. Ele é um grande nome para cargos na majoritária, como Senado e Governo”.

Alianças

Cabral afirma que a aliança entre MDB e PT no estado é algo que pode não se concretizar. De acordo com ele, a disputa nacional deve se reproduzir no estado. “O MDB é o partido que comandou o golpe e o desmonte do nosso país. É muito difícil enxergar o PT junto do PMDB nestas eleições”.

Ele ressalta que os partidos de esquerda do estado precisam construir uma nova alternativa para apresentar na disputa das eleições para governador, para as chapas de deputados federais e estaduais.

“Seria interessante o diálogo com o PSOL, PDT, PSB, PC do B que já está junto com nós historicamente e mais aqueles partidos que no plano nacional têm uma posição contrária ao governo golpista e a esta política ultraneoliberal que está sendo implementada. Temos que estar junto aqui no estado nas eleições de 2018”, finalizou.



Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • alexandre | Segunda-Feira, 29 de Janeiro de 2018, 13h53
    0
    1

    governo sindicalista do PT, MST e demais movimentos, to fora....

  • tom cpa | Segunda-Feira, 29 de Janeiro de 2018, 12h45
    1
    1

    esse ai e um safado petista ainda bem que aqui no estado o pt nunca teve vez BOLSONARO 20018

  • eduardo | Segunda-Feira, 29 de Janeiro de 2018, 10h47
    2
    5

    sou eleitor do PSOL, tenho admiração pelo lúdio e também pelo mandato popular do sagúas, não vejo nenhum problema das diferenças ideológicas serem superadas em prol de um projeto de governo popular e antielitista, que tenha como fundamentação basilar o combate aos privilégios, a sonegação fiscal, a isenção de impostos, a redução da desigualdade social e a sustentabilidade ambiental. dentro desses princípios é possível sim construir o dialogo e a formatação de um plano de governo popular, voltado prioritariamente para atender as demandas da classe trabalhadora.

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS