02 de Julho de 2020,

Política

A | A

Segunda-Feira, 01 de Junho de 2020, 10h:20 | Atualizado:

EXPLOSÃO DE CASOS

Mauro critica "abre tudo" em Cuiabá e lembra que houve precipitação de Emanuel

Governador defende abertura de lojas no início da pandemia e disse que agora era o momento de discutir paralisações


Da Redação

mauro-coletiva.jpg

 

O governador Mauro Mendes (DEM) criticou a flexibilização da quarentena anunciada pelo prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) na última semana. Na ocasião, ele liberou o funcionamento dos shoppings, bares, restaurantes e similares, em Cuiabá.

Mesmo sendo defensor da retomada comercial, Mendes fez questão de criticar o decreto de Emanuel, com quem tem travado discussões públicas nas últimas semanas. “Eu fiquei contrariado porque quando nós tínhamos um caso fechou tudo. Agora com 700 casos manda voltar tudo? Qual é a lógica disso? Houve uma precipitação? Isso causa um transtorno”, disparou.

As declarações foram dadas em entrevista na manhã desta segunda-feira (1º) na Rádio Mega FM. O chefe do Executivo Estadual questionou o fato da flexibilização acontecer no momento em que os casos aumentam na capital. “Hoje, seria o momento aqui em Cuiabá de começar um processo de paralisação. Nós temos mais de 700 casos oficiais. No começo, as pessoas, os prefeitos e até governadores no Brasil inteiro, pareciam que era moda. Todo mundo queria parar.  Só que está ai hoje as consequências disso. Todo mundo querendo voltar. Os prefeitos vão liberando tudo na hora que os casos estão crescendo”, explicou.

Mendes apontou que as medidas adotadas de forma precipitada causaram um rombo de mais de R$ 200 milhões aos cofres do Estado. “A gente tem uma expectativa de R$ 200 milhões no mês de maio e isso deve continuar acontecendo”, reclamou.

Na semana passada, Mendes e Emanuel trocaram acusações na imprensa. O governador acusou o prefeito de fechar 40 leitos de UTIs exclusivas para a Covid-19, apesar de ter recebido recursos federal e estadual.

Já Emanuel, negou as acusações e acusou o gestor estadual de “politizar” problemas meio a pandemia. Segundo o prefeito, Mauro está antecipando as discussões eleitorais em meio ao desafio de superar a pandemia causada pelo novo coronavírus.

 

Postar um novo comentário

Comentários (12)

  • Lud | Segunda-Feira, 01 de Junho de 2020, 15h25
    2
    0

    Quando o prefeito EP decretou fechar Cuiabá o Mentiroso Mendes (MM) foi contra dizendo que estava triste vendo a av.do cpa fazia tá gravado na midia , é muito cara de pau.

  • Carol Duarte | Segunda-Feira, 01 de Junho de 2020, 14h55
    2
    0

    Qual a dificuldade para entender que se estamos com poucas mortes aqui e até mesmo com poucos casos se comparados a outras capitais foi porque as medidas de isolamento foram tomadas na hora certa? Se lá atrás não tivessem fechado tudo, os casos estariam estourados agora. Os casos vão aumentar, isso é fato, mas agora a rede hospitalar em Cuiabá está preparada pra receber a demanda. O comércio só foi aberto agora pq tinha gente que ia falir se não abrisse. Mas o fato de ter fechado tudo em março está refletindo nos números de agora, que acreditem, estão muito melhores do que quase todas as outras capitais. Mauro Mendes está falando asneira apenas para prejudicar o prefeito. Não tenho político de estimação, mas tenho que admitir que o prefeito acertou na condução da pandemia em Cuiabá.

  • E. O. FIM | Segunda-Feira, 01 de Junho de 2020, 14h19
    2
    0

    O. GOV. DO. MATO. GROSSO.....PIOR. DO. PAIS. NAO. TEM. CONTROLE.....DA. PANDEIA. E. FAZ. POLITCA. RASTEIRA...LIGA. A. TV. UMA. V. E. R. G. O. N. H. A. DE. SER. MATOGROSSENSE.....SOCORRO. FAZER. O. QUE.

  • JANUÁRIO | Segunda-Feira, 01 de Junho de 2020, 13h56
    0
    0

    A verdade é uma só, todos mentem! Tá mais pra briga de facções.

  • Eleitor | Segunda-Feira, 01 de Junho de 2020, 13h43
    3
    0

    Senhor Governador tem que ter mais coerência com suas atitudes, pois, quem primeiro determinou atravès de um Decreto o fechamento de quase tudo foi o senhor. Ai, de repente o senhor começou a vender na mídia o Estado precisa trabalhar e que o senhor não mandou fechar nada. Agora, o prefeito começa a abrir os segmentos dos estabelecimentos na capital ai o senhor volta a mídia para criticar a abertura. Eu peço ao senhor que pare com esse joguinho porque são vidas que estão sendo perdidas mais parece que o senhor só se preocupada em fazer politicagem e querer tirar proveito da pandemia. Governador esquece esse joguinho porque o senhor terá o mandato para cumprir ate 31.12.2022

  • Gonçalo | Segunda-Feira, 01 de Junho de 2020, 13h41
    0
    0

    A realidade é que agiram por efeito manada, sem ter qualquer fundamento científico, agiram como agiram, e que na minha humilde opinião, o governador disse certo, deveriam ter tido mais prudência ao decretar o fechamento de tudo sem base alguma e se com o passar do tempo houvesse aumento, fechasse, assim não teriam ocorrido tantos prejuízos a tantas pessoas.

  • Ernesto | Segunda-Feira, 01 de Junho de 2020, 12h21
    10
    1

    Quer jogar a população contra o prefeito, Cuiabá é a segunda cidade do Brasil que morreram menos pessoas com o Covid-19. Parabéns ao prefeito, enquanto o governador continua omisso e mentindo para população. Ele é mesmice, fraco e incompetente.

  • Sérgio | Segunda-Feira, 01 de Junho de 2020, 12h00
    3
    4

    Como disse o governador, o fechamento do comércio e paralização da economia foi precipitada, deveria desdo começo obrigatório o uso de máscara, medir a temperatura e higienização nas entradas dos estabelecimentos, distanciamento, redução do número de pessoas, limpeza constante do ambiente e a cada uso, restrição de locomoção das pessoas de risco, paralização das escolas.... em último casa a paralisação do comércio e a economia. Agora temos que ter muito mais regras e controle, antes de pensar em fechar o comércio e assim a economia que já está fragilizada.

  • Zé | Segunda-Feira, 01 de Junho de 2020, 11h41
    1
    4

    A culpa tbm é da sociedade e da própria mídia que inflamaram para parar tudo em março , com a desculpa do fique em casa, a OMS e praticamente toda comunidade científica já havia alertado que o vírus iria se espalhar de qualquer forma : Dito e feito. Não sejamos iludidos todo mundo já foi contaminado porém não apresenta sintomas... Deveria ter fechado tudo em início de maio ... Foram dois meses a mais parado completamente desnecessário... Pois existe muitos mais casos do que os oficiais... É um vírus não adianta , tem que se preocupar em ter uma boa imunidade ..

  • Cuiabano | Segunda-Feira, 01 de Junho de 2020, 11h34
    2
    3

    Concordo em partes Governador! Foi necessário no.início e sera necessário novamente agora.....aliás ja passou da hora.....

  • Autêntico | Segunda-Feira, 01 de Junho de 2020, 11h14
    6
    0

    O sujo falando... do mal lavado triste realidade!!!

  • Vitória | Segunda-Feira, 01 de Junho de 2020, 10h44
    13
    16

    o Senhor Governdor esta com toda razão não podemos aceitar essa do Prefeito. No centro esta parecendo festa de final de ano, o povo não esta nem ai.

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS