04 de Abril de 2020,

Política

A | A

Terça-Feira, 18 de Fevereiro de 2020, 17h:10 | Atualizado:

ELEIÇÕES 2020

MDB cita gestão como trunfo de Emanuel; em Sinop, deputado disputa pela 3ª vez

Partido ainda admite Bezerra ao Senado, mas não descarta aliança


Da Redação

mdb.jpg

 

Presidente do MDB em Cuiabá, o advogado Francisco Faiad afirmou que o partido vai entrar na guerra aberta que se tornou a eleição suplementar ao Senado — já há pelo menos 13 pré-candidatos — e o provável candidato é o chefe do diretório estadual e deputado federal Carlos Bezerra (MDB).

“Nós temos sim a candidatura do deputado Carlos Bezerra colocada na mesa. Estamos elaborando uma pesquisa para verificar qual é a posição hoje do eleitorado de Mato Grosso, não só com relação aos nomes já colocados, mas principalmente qual é a vontade, a ideia do eleitorado de Mato Grosso, uma pesquisa qualitativa”, contou ao programa Jornal da Capital Primeira Edição.

Faiad, contudo, afirmou que essa candidatura só será definida mediante consenso partidário e conforme o acerto com um possível arco de alianças, além do vaticínio de pesquisas quantitativas e qualitativas. “Estamos conversando com vários partidos e candidatos que são aliados do MDB pra chegarmos a um consenso. Se o nome de Bezerra for o preferido hoje, com certeza estaremos com o nome dele nas ruas. Se não for, nós teremos a humildade de conversar com aquele quadro que for o melhor pra população de Mato Grosso para apoiá-lo”, analisou.

ALENCASTRO

Sobre a eleição municipal, o ex-presidente da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), seccional Mato Grosso disse que a construção das candidaturas à Câmara Municipal de Cuiabá, onde o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) está longe de ser unanimidade. Segundo o advogado, a ideia é não repetir o que ele considerou um erro na eleição passada.

Em 2016, a legenda conseguiu somente um suplente porque aceitou uma coligação ruim para o Movimento Democrático Brasileiro. "Nós, na eleição passada — era possível a coligação proporcional — coligamos com vários partidos na proporcional. Na candidatura a vereador, nossa coligação elegeu alguns vereadores, mas tivemos do MDB apenas a suplência. Então, nessa eleição vai ser diferente. A proporcional não coliga. Nós estaremos com candidaturas próprias à Câmara de Vereadores e com certeza faremos um número expressivo na próxima eleição”, previu.

De acordo com ele, não procedem as informações sobre nomes de vereadores com mandato que chegariam durante o período permitido pela legislação eleitoral. Ele destacou que, até o momento, não há definição de nenhum vereador que vai aproveitar a janela de transferência em março para trocar de legenda. “Temos alguns vereadores que fizeram algumas consultas, Toninho [de Souza] foi um, mas até agora nós temos apenas o ex-vereador Maurélio Ribeiro, que já se filiou ao partido e será um dos candidatos. Mas, vereadores eleitos na última eleição, não tem nenhum até agora”.

Faiad também afirmou que o prefeito será reeleito no que depender da legenda, pois a militância não abre mão de mantê-lo à frente do Palácio Alencastro. “Emanuel Pinheiro hoje é consenso, é unanimidade dentro do MDB. É o nome que nós vamos apresentar à sociedade em outubro deste ano para a reeleição. O ex-deputado Valtenir Pereira também já se quedou a apoiar Emanuel”, garante.

Segundo ele, a candidatura é pautadas em pesquisas, posto que estas revelam uma gestão em Cuiabá “muito bem avaliada” pela população. “Essas pesquisas são feitas mensalmente. Não são pesquisas eleitorais, não são pesquisas para divulgação eleitoral, pois essas são registradas ao TRE [Tribunal Regional Eleitoral]. As pesquisas são de gestão pra verificar cada bairro, cada região, o que a municipalidade precisa investir no bairro”, diz.

Sobre Valtenir Pereira, o plano do MDB é que volte à Câmara Federal a partir de 2021, no lugar de Juarez Costa, que deve ser candidato prefeito de Sinop e almeja comandar a cidade pela terceira vez. O ex-deputado é 1º suplente.

 

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Caveira | Quarta-Feira, 19 de Fevereiro de 2020, 16h40
    0
    0

    Kkkkkkkk só falta combinar com o eleitor, engraçado eles articulam pra e pra cá e o eleitor é o bobão, o trouxa manipulavel, dizer que Emanuel será reeleito e chamar o eleitor cuiabano de otário, hj vimos que ele não vai não kkkkk, Abílio colocou o nome dele na boca do sapo e costurou, kkkkk acho que acabou os argumentos do corrupto. Vou dar uma sugestão ao prefeito do paletó, acione ele no STF diga para os ministros que ele costurou seu nome na boca do sapo, exija que o exercito e a força nacional procurem esse sapo caso contrário vc perderá a eleição bobão, acho isso muito injusto, golpe baixo, costurar nome de prefeito na boca do sapo, bom se achar beije ele quem sabe vire uma princesa. Quanta maldade.

  • Analista Político | Terça-Feira, 18 de Fevereiro de 2020, 18h47
    0
    0

    É verdade que o genro do Faiad está empregado na Prefeitura de Cuiabá na secretaria municipal de saúde?

Matéria(s) relacionada(s):

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS